segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Relógio da esposa desmente defesa de Uribe

Como um simples relógio desmonta uma tentativa de justificar o injustificável...!
            

Boavista x FC Porto - Tribunal de OJogo

O Tribunal de OJogo analisa e classifica diversos lances do jogo...!
Conclusão: eles não se entendem...!

Boavista x FC Porto - Um tiro selou a festa do compromisso

Alex Telles aos 9' de jogo arrumou a questão, ou seja, resolveu o jogo

Fábio Silva um menino de 17 anos

Fábio Silva, um menino de 17 anos que luta e joga como um homem
                 

Rescaldo do Boavista 0 FC Porto 1

Sérgio Conceição e o atual plantel portista
      

domingo, 10 de novembro de 2019

Dragões vencem no Bessa não obstante Nuno Almeida "O Ferrari"

Nuno Almeida fartou-se de inventar faltas contra o FC Porto à entrada da área dos azuis e brancos, e, utilizou durante o jogo uma dualidade de critérios gritante, os cartões só saíram do bolso para intimidar os portistas, quanto aos do Bessa puderam bater à vontade...!

Nuno Almeida e o VAR (o inerte) Vasco Santos foram nomeados por gente conotada com o Benfica para agradar aos seus patrões...!!
O Ex-Árbitro Carlos Duarte perito de arbitragem do Porto Canal baseado nas imagens das faltas mais significativas  do jogo cometidas contra os Dragões classificou de "CALAMIDADE" o desempenho/trabalho do árbitro do jogo Nuno Almeida e do VAR: o inerte Vasco Santos.


Ficha oficial do jogo - Estádio do Bessa - 10 de Novembro de 2019

O FC Porto venceu este domingo o Boavista (1-0), no Estádio do Bessa, em partida referente à 11.ª jornada do campeonato. Alex Telles (9m) apontou o golo dos azuis e brancos, que seguem na segunda posição da tabela, com 28 pontos, menos dois do que o SLB.

Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Venâncio Tomé
4º Árbitro: Marcos Brazão.
VAR: o inerte Vasco Santos

BOAVISTA FC: 1Bracali
6Marlon Xavier, 18Fabiano, 22Ricardo Costa, 27Neris
13Gustavo Dulanto, 88Ackah, 23Rafael Costa, 9Mateus 76'
19Stojilijkovic 87', 91Heriberto 70'

SUPLENTES : 90Helton
30Paulinho 76', 17Carraça, 4Obiora, 39Cassiano 87'
11Yusupha Njie 70', 8Gustavo Sauer

TREINADOR : Lito Vidigal

FC PORTO: 31Diogo Costa
18Wilson Manafá 78', 19Mbemba, 5Marcano, 13Alex Telles
15Mamadou Loum, 22Danilo Pereira, 25Otávio
17Tecatito, 49Fábio Silva 76', 11Marega 91'

SUPLENTES : 51Mbaye, 4Diogo Leite 91', 6Bruno Costa
9Aboubakar, 10Nakajima 78', 20Zé Luís 76', 29Soares

TREINADOR : Sérgio Conceição

FC Porto - Convocatória para o Bessa

Diogo Costa, Bruno Costa e Otávio devem jogar nas respetivas posições. No caso do guarda-redes trata-se mesmo da estreia na I Liga, depois de já ter somado jogos na Taça de Portugal e Taça da Liga. Mbaye será o guarda-redes suplente.

Equipa provável - FC PORTO:
Diogo Costa,
18Wilson Manafá, 19Mbemba, 5Marcano, 13Alex Telles,
25Otávio 74', 22Danilo Pereira, Bruno Costa,
17Tecatito, 29Soares ou 20Zé Luís, 64', 11Marega

SUPLENTES : Mbaye,
10Nakajima, 20Zé Luís, 49Fábio Silva, 15Mamadou Loum

Colombianos do FC Porto Profissionais da "TRETA"

Escândalo, estes pseudo-profissionais são a vergonha dos profissionais de futebol...!!

Quatro reforços, quatro sul-americanos, três deles habituais titulares. Marchesín, Uribe, Luis Díaz e Saravia foram afastados do dérbi deste domingo com o Boavista por terem infringido as regras disciplinares internas do clube, ao terem estado na na festa de aniversário da esposa do médio Uribe até altas horas da madrugada [5.00 da manhã, segundo o jornal O Jogo].

Os jogadores acabaram involuntariamente denunciados pela própria esposa do médio colombiano, Cindy Alvarez Garcia, que publicou vários vídeos na rede social Instagram, nos quais eram visíveis os quatro jogadores, adianta o jornal desportivo.

Os quatro sul-americanos foram retirados da lista de 23 convocados para o dérbi portuense de domingo, frente ao Boavista, no Bessa.

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Rescaldo do Rangers 2 FC Porto 0

Sérgio Conceição admite ter-se enganado na estratégia adoptada 
                                                   
A estratégia do FC Porto foi um elogio para nós

Regozijo dos adversários 
                                                                                                                                                                
Manuel Queiroz





quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Liga UEFA - Confirmaram-se as expectativas mais pessimistas

Primeiras impressões ao fim dos primeiros 45' de jogoInfelizmente no 2º tempo confirmaram-se as expectativas mais pessimistas.
Já aqui, várias vezes, fiz referencia à má condição física actual de alguns futebolistas da equipa azul e branca. Os dragões são neste momento uma equipa de rastos...!
E consequentemente: abaixamento de forma técnica traduzida em fraco rendimento individual e coletivo.


Não há duvida, a equipa do Rangers apesar de individualmente até não ter melhor plantel, é actualmente muito mais equipa, melhor conjunto e dispõe de mais disponibilidade para correr, condição em que é muito superior à dos dragões...!
Importante também notar que por exemplo "Morelos" o principal desequilibrador dos escoceses [ele sozinho praticamente, conseguiu nitidamente desbaratar (aterrorizar) toda a defesa portista] , e foi visto, constantemente, a descer ao seu meio campo para auxiliar os seus colegas da defesa, e, ainda teve folgo, pernas, suficiente velocidade e técnica, para marcar o primeiro golo e fazer a assistência de bandeja para o segundo.
Os portistas são actualmente uma equipa sem consistência. Defendem sim, sempre com determinação mas atabalhoadamente, por conseguinte falham muitas vezes, e se a defesa não assegura eficácia e o ataque não justifica um rendimento positivo capaz de produzir jogadas consistentes e marcar golos então está tudo mal...!

Rendimento da equipa portista - Falha o entrosamento falha tudo

Os mais -
Marchesin não teve qualquer culpa nos golos que sofreu
Pepe enquanto jogou muito bem!

Os menos -
Todos os restantes estiveram abaixo do seu rendimento normal !


Ficha oficial do jogo - Estádio Ibrox - (Escócia) 07 de Novembro de 2019

O FC Porto perdeu esta quinta-feira com o Rangers (2-0), no Estádio Ibrox, em Glasgow (Escócia), na quarta jornada do Grupo G da Liga Europa. Os Dragões continuam a somar quatro pontos, menos três do que Young Boys e Rangers, que contabilizam sete.

Àrbitro: Davide Massa (Itália)
Assistentes: Alberto Tegoni e Daniele Bindoni
4º Árbitro: Michael Fabbri

RANGERS FC: 1Allan McGregor
31Barisic, 2James Tavernier, 6Connor Goldson, 5Filip Helander
8Ryan Jack, 21Brandon Barker 65', 18Glen Kamara, 14Ryan Kent 83'
10Steven Davis, 20Morelos 85'

SUPLENTES : 13Foderingham, 15Jon Flanagan, 4Edmundson
37Scott Arfield 65', 11Sheyi Ojo, 17Ayodele-Aribo 83', 9Jermain Defoe 85'

TREINADOR : Steven Gerrard

FC PORTO: 32Agustín Marchesín,
19Mbemba, 3Pepe 49', 5Marcano, 13Alex Telles
18Wilson Manafá, 25Otávio 74', 22Danilo Pereira
16Matheus Uribe, 29Soares 64', 17Tecatito

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 24Renzo Saravia, 6Bruno Costa
7Luis Díaz 49', 10Nakajima, 20Zé Luís 64', 49Fábio Silva 74'

TREINADOR : Sérgio Conceição

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

No Bessa a violência do Boavistão para intimidar

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, lançou sério aviso sobre o dérbi com o Boavista, marcado para o próximo domingo.

"Os jogos no Bessa têm tido uma característica preocupante, que é a violência do nosso adversário. "


Foi assim no ano passado e há dois anos, com faltas sucessivas e muito duras. É preciso ter muita atenção, não pode repetir-se a permissividade dessas arbitragens, que transformaram o jogo numa batalha campal», disse, em declarações no Porto Canal.

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Liga dos campeões- Lyon 3 Benfica 1

Quando é que os dirigentes responsáveis deste País que mais parece uma "república das bananas" resolvem intervir e decidir que é preciso pôr um mínimo de ordem nas estruturas e instituições de modo a garantir a verdade desportiva (licitude/legitimidade) em Portugal...?!
É evidente e mais uma vez fica provado de que o facto do Benfica conseguir fazer bons resultados no campeonato interno se deve à proteção que lhes é concedida pelos árbitros portugueses, e, de controlar os bastidores da arbitragem, ou seja, as regras do futebol que deviam ser iguais para todas as equipas que disputam o campeonato português, na realidade não são. E a prova do que acabo de escrever, é que o Benfica só consegue ganhar no campeonato interno porque beneficia de tratamento excepcional dispensado pelos juízes do apito portugueses aos seus futebolistas, e, por conseguinte, o Benfica ganha em Portugal com árbitros portugueses mas já não consegue igualmente ganhar nas provas europeias em que são dirigidos por árbitros estrangeiros...!