quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Adelino Caldeira e Mário Figueiredo, sócios do mesmo gabinete de advogados

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, e o advogado do clube, Mário Figueiredo, estiveram ontem reunidos com o advogado do Benfica Paulo Gonçalves, ao que tudo indica para preparar as batalhas jurídicas com o FC Porto e o Atlético Mineiro em torno do futuro do brasileiro Kléber. Mais do que o alinhamento Marítimo-Benfica ou os antecedentes jurídicos - Carlos Pereira fez referência, em entrevista a "A Bola", a um pretenso saco azul do FC Porto no quadro das negociações por Kléber e o FC Porto ripostou com o anúncio de uma acção por difamação -, a maior curiosidade é saber quem irá ganhar o caso no gabinete de advogados de que é sócio o administrador da SAD portista Adelino Caldeira. É que Mário Figueiredo, genro de Carlos Pereira, também é sócio desse escritório.

1 comentário:

FernandoB disse...

há outro mistério no caso, para lá do caso do gabinete ser o mesmo... tendo o Betecourt ido anunciar ao balneário, que os €€€€ da venda do Liedson serviam para pagar os salários, depois de deduzidos, claro, os valores que os kalimeros deviam atrasados ao levesinho... pergunta - ! com que dinheiro é que iam pagar o Kleber ??? será que o alberto joão, do bolo da reconstrução do Funchal, ia tirar algum para o scp ??!!!