terça-feira, 22 de outubro de 2019

Árbitro para o FC Porto x Rangers

Encontro da terceira jornada do Grupo G da Liga Europa disputa-se esta quinta-feira (17h55), no Estádio do Dragão

O Comité de Arbitragem da UEFA designou Nikola Dabanovic (Montenegro) para arbitrar o FC Porto-Rangers, a contar para a terceira jornada do Grupo G da Liga Europa. A partida realiza-se esta quinta-feira, a partir das 17h55, no Estádio do Dragão.

O árbitro de 37 anos terá como assistentes os compatriotas Milutin Djukic e Vladan Todorovic, sendo Milos Boskovic, igualmente montenegrino, o quarto árbitro.

Árbitro: Nikola Dabanovic (Montenegro)
Assistentes: Milutin Djukic e Vladan Todorovic (Montenegro)
4º Árbitro: Milos Boskovic (Montenegro)

domingo, 20 de outubro de 2019

Taça de Portugal FC Porto não facilita e elimina Coimbrões

Profissionalismo a 100 % - A equipa portista não facilitou, respeitou o adversário durante os 90 minutos, e, com 6 futebolistas formados no Clube, bateu o Coimbrões por 5-0 na terceira eliminatória da Taça de Portugal

Sérgio Conceição, que na antevisão do encontro prometeu uma equipa motivada e a respeitar o Coimbrões, não podia ter pedido um melhor arranque no encontro.

Vitória inteiramente justa dos azuis e brancos, que terminaram o encontro com seis jogadores formados no clube. A presença na quarta eliminatória da Taça de Portugal ficou garantida, antes de novo desafio europeu no Estádio do Dragão, frente ao Rangers (quinta-feira, 17h55).

Os Golos

Luis Díaz 6' e 12'
Soares 8' e 68'Mbemba 12'
Fábio Silva 81'


Ficha Oficial do jogo - Estádio de Pedroso - 19 de Outubro de 2019


Resultado final - SC Coimbrões 0 FC Porto 5

SC COIMBRÕES: 24Fábio Mesquita
2Ricardo Pedrosa, Pedro Caeiro, 25Diogo Portela, 17Raul Martins
8Mário Pereira, 40Nikiema 74', 7Pedro Tavares 67'
23Alex Tanque, 20Guilherme 86', 29Ivo Lucas

SUPLENTES : 12Daniel Pires, 10Clever Jansen 67', 6Miguel Ângelo 86'
66Igor Santos, 9Nieto, 11Rúben Gonçalo, 19Daniel Silva 74'

TREINADOR : Pedro Alves

FC PORTO : 31Diogo Costa
24Renzo Saravia, 19Mbemba, 4Diogo Leite, 18Wilson Manafá
15Mamadou Loum, 6Bruno Costa, 25Otávio 64'
49Fábio Silva, 7Luis Díaz 71', 29Soares 76'

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín
5Marcano, 27Sérgio Oliveira 71', 8Romário Baró 64', 9Aboubakar 76'
20Zé Luís, 10Nakajima

TREINADOR : Sérgio Conceição

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Porque Pinto da Costa não deixa a galinha dos ovos d’oiro

Porque Pinto da Costa não deixa o barco (a galinha dos ovos d’oiro)

Extracto do artigo de Miguel Sousa Tavares n'A Bola sobre o desempenho financeiro do administrador da FC Porto-Futebol,SAD Fernando Gomes


...tudo está do lado da receita, nada do lado da contenção de despesas – que aumentam sempre, haja crise ou falência técnica ou não haja. É o caso dos próprios vencimentos dos administradores da SAD, aumentados mesmo quando o clube está sob as restrições financeiras impostas pela UEFA: Pinto da Costa, por exemplo (e suponho que também os restantes) viu o seu vencimento anual aumentado em 5%, de 609 mil para 641 mil euros. Pior ainda é a questão dos prémios, de que já aqui falei em outras ocasiões. Custa-me a entender a justificação para que os administradores da SAD recebam prémios de desempenho quando o clube de futebol conquista alguma coisa. E dantes, (suponho que agora já não), até recebiam prémios por um terceiro lugar no campeonato! E custa-me a entender por quarto razões fundamentais: porque não foram eles que estiveram em campo ou no banco a conquistar títulos; porque não é legítimo que uma Sociedade Anónima ande a pagar prémios aos administradores sem jamais ter pago um euro de dividendos aos accionistas; porque, se ganham prémios quando são campeões, então deviam igualmente ser penalizados quando o não são; e, finalmente, porque me parece insustentável que recebam prémios numa empresa que vive cronicamente endividada e que, ano sim, ano não, está sob iminência de falência técnica. A isto acresce que, se eu acho que os administradores devem ser remunerados num montante que pague a sua dedicação exclusiva à SAD, acontece que as remunerações da SAD do FC Porto já são mais do que suficientes para garantir isso. Segundo escreveu A Bola (e, até agora não vi que fosse desmentido), entre vencimento e prémios, Pinto da Costa recebeu, no último exercício, um total de €1, 141 M – ou quase 100.000 euros por mês. E cada um dos outros administradores, para além do seu generosíssimo vencimento anual, ainda recebeu 280.000 euros em “prémios de desempenho”. Incluindo (petulante e vaidoso economista) Fernando Gomes, o responsável directo por este lindo desempenho financeiro. Será possível?!
* As palavras em itálico são da minha autoria

terça-feira, 15 de outubro de 2019

FC Porto-Futebol,SAD_Vencimento dos principais dirigentes

No blogue dum grande portista aqui do burgo sob o título - Portismo pago a peso de ouro - são realçados os vencimentos e prémios exorbitantes dos principais dirigentes do FC Porto-Futebol,SAD...! Ora, a mim também, atendendo às dificuldades financeiras que o Clube Azul e Branco atravessa, também me parecem exagerados... Mas têm a palavra os sócios do FC Porto. nos quais me incluo.
Recordo-me que há uns anos atrás, aquando da constituição da SAD, quando alguém se apercebeu dos valores elevados dos ditos/cujos, perguntaram ao Presidente Pinto da Costa o que achava do assunto tendo ele referido: olhe não tenho nada a ver com isso, pois quem estabeleceu os valores dos vencimentos foi uma Comissão encarregue de tratar do assunto...!!
Conclusão! Claro está que o Jorge Nuno desinteressado como é, se calhar até não queria ganhar tanto, os aduladores incondicionais que gravitam à volta dele é que foram os responsáveis...!
   


segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Ucrânia uma equipa raçuda e com melhor conjunto vence Portugal

A equipa ucraniana defende sempre com muitos atrás da linha da bola e quando de posse do esférico desfere contra ataques rápidos, com três quatro jogadores muito velozes...
Resumo: vitória da equipa com melhor conjunto, (jogam ao primeiro toque com passes teleguiados) mais raçuda e que defende melhor...!
Os avançados portugueses bons tecnicamente, precisam de também aprender a defender e têm de mentalizar-se que têm de ter grande disponibilidade para correr...

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

A Justiça no País do Benfiquistão

Enquanto que Rui Pinto está na prisão em Portugal, procuradores de nove países (incluindo a França, Bélgica, Espanha, Holanda e Inglaterra) abriram investigações baseadas nas revelações do "Football Leaks" , assinala a magistrada Eva Joly...

E isto porque Portugal é o País do Benfiquistão, ou seja, um país onde os políticos parecem ter receio de investigar as trapalhadas em que estão envolvidos os actuais dirigentes do clube da águia, o SL Benfica, Luís Filipe Vieira e seus acólitos...!!
                                                             

sábado, 5 de outubro de 2019

UEFA - Rescaldo da Banheira de Roterdão

Ainda sobre o desaire dos portistas no Feyenoord Stadium Rotterdam
Análise e depoimentos do líder e dos artistas

Segundo Sérgio Conceição faltou à equipa azul e branca estar ao seu mais alto nível

Ora o que significa a equipa estar ao seu mais alto nível?

Na minha opinião significa estar num bom momento de forma, ou seja, estar a 100% técnica e fisicamente. O que me parece que não aconteceu. Então na 2ª parte deu nitidamente a impressão que a equipa portista se encolheu, atemorizou, perante a fogosidade, velocidade, capacidade de choque dos holandeses! Possivelmente devido a cansaço que retirou concentração e discernimento aos jogadores azuis brancos...?! É que a precipitação, o desacerto de alguns jogadores portistas foi de tal ordem que deu a impressão de que estavam atemorizados perante a impetuosidade, agressividade, acutilância dos contrários... Autênticos "cavalões" a correr e a sprintar, a alardearem exuberantemente a sua força, uma condição física notável não acessível aos atletas do FC Porto...!!
     
       

                                                                
                                                                 
                                                                       




quinta-feira, 3 de outubro de 2019

UEFA - O futebol dos Panzers impôs-se ao dos "Brinca na areia"

Fim dos primeiros 45' de jogo - Feyemoord 0 FC Porto 0

Está a ser difícil para os portistas pois os holandeses do feyenoord autênticos "cavalões" jogam forte e feio; e, não estão com meias medidas se for preciso pontapear a bola e o adversário...!
Tempos atrás alguém disse que o futebol é 90% de transpiração e 10% de inspiração.
E não há dúvida que a superior condição física dos holandeses: disponibilidade para correr, capacidade de choque, destreza, determinação e bastante qualidade técnica, pelo que todos estes ingredientes somados foram preponderantes para o desfecho do resultado, ou seja, a contundente vitória do Feyenoord... E toda a perturbação/precipitação da equipa azul e branca...!

Atendendo às características (futebolistas possantes) eu no lugar do SC teria escolhido o Mbemba em vez do Manafá que é mais fraco a defender .
As substituições tardias saldaram-se por completos fracassos , pois foram totalmente inócuas.
E ainda também não entendo a decisão de só meter o Fábio Silva aos 81', é exigir muito a um jovem de 17 anos para fazer aquilo que os mais velhos não tinham conseguido fazer... Quanto a Danilo foi bem substituído pois estava a emperrar o sistema...! 


O FC Porto perdeu esta quinta-feira diante do Feyenoord (2-0), em Roterdão (Holanda), na segunda jornada do Grupo G da Liga Europa. Após duas rondas, FC Porto, Feyenoord, Young Boys e Rangers somam os mesmos três pontos.Os Dragões desperdiçaram várias oportunidades de golo e atiraram por três vezes à trave e ao poste, acabando por sair derrotados de Roterdão.Aos 19 minutos, Otávio é nitidamente empurrado na área holandesa, mas o árbitro Sergei Karasev não entendeu assim e mandou jogar.Aos 61’ Otávio isolado por Uribe quase chegou ao empate pois acertou na trave.
Aos 68’ foi a vez de Marega falhar uma boa oportunidade rematando para fora
Após jogada colectiva os dragões voltaram a acertar na trave aos 74’ por Luis Díaz
Por fim foi a vez de Soares aos 90’ acertar no poste.


Ficha oficial do jogo - 03 de Outubro de 2019 - Feyenoord Stadium - Roterdão

Árbitro: Sergei Karasev (Rússia)
Assistentes: Igor Demeshko e Maksim Gavrilin
4º Árbitro: Vitali Meshkov

FEYENOORD: 1Kenneth Vermeer
5Ridgeciano Haps, 27Karsdorp 86', 32Edgar Ié, 33Eric Botteghin
19Leroy Fer, 20Renato Tapia, 10Steven Berghuis, 11Sam Larsson 83'
17Sinisterra 82', 28Jens Toornstra

SUPLENTES : 22Justin Bijlow, 38Geertruida 86', 15Tyrell Malacia
4Marcos Senesi 83', 35Wouter Burger, 24Naoufal Bannis, 7Narsingh 82'

TREINADOR : Jaap Stam

FC PORTO: 32Agustín Marchesín
18Wilson Manafá, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
25Otávio, 16Matheus Uribe, 22Danilo Pereira 81'
10Nakajima 53', 20Zé Luís 62', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba, 6Bruno Costa, 15Mamadou Loum
29Soares 62', 7Luis Díaz 53', 49Fábio Silva 81'

TREINADOR : Sérgio Conceição

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Défice de isenção da BTV

Transparência e igualdade algo que segundo MST não se verifica nas transmissões televisivas dos jogos do Benfica na BTV...!
Todos os clubes são escrutinados por entidade alheia com excepção do Benfica que é por entidade sua e servindo interesses seus...!!

Fernando Guerra o "puxa-saco mor" de Vieira

Fernando Guerra, um incondicional de Filipe Vieira, no seu artigo em A Bola tenta exaustivamente escamotear a gravidade da atitude de Filipe Vieira que na última assembleia dos SLB foi : prepotente, grosseiro, ameaçador, para com um sócio do Benfica, dando largas à sua habitual falta de educação cívica, chegando mesmo a apertar o pescoço ao referido sócio. Tal comportamento só pode ser reprovado, pois só os ditadores prepotentes recorrem à violência para calar aqueles que têm ideias contrárias às suas.

Instrumentalizações e manipulações do Vieira e seus amigos

Francisco J. Marques acusou, esta terça-feira, o Benfica de fazer uma caça à arbitragem e deixou criticas à APAF e a Luciano Gonçalves, considerando que o presidente da associação não defende os árbitros, mas sim os interesses do clube encarnado.

"O Benfica lança uma acusação sem precedentes, de que o árbitro Tiago Martins terá mentido no relatório. Como é que é possível saber-se tão rapidamente? No domingo o Benfica já se queixava da suposta mentira de Tiago Martins no relatório do jogo. Não há memória de uma coisa assim. Parte-se do principio de que os árbitros escrevem a verdade. Não é admissível que se acrescentem factos. Quanto muito, podem omitir factos por não verem. Agora, coisas que não aconteceram constar no relatório, é impossível. A perseguição à arbitragem tem duas vertentes: apontar a mira a alguns árbitros, árbitros que o Benfica não quer que os arbitrem. E criar a ficção de que o F. C. Porto é sempre beneficiado. Estamos perante uma espécie de chantagem e não acontece nada e ninguém parece preocupar-se com isto. Parece que o Benfica está a fazer chantagem ao mundo da arbitragem na esperança do regresso de alguns padres", começou por dizer no programa "Universo Porto da Bancada" desta terça-feira.

O diretor de comunicação do F. C. Porto deixou ainda críticas à APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) e ao presidente, Luciano Gonçalves.

"A partir de hoje deixa de haver duvidas sobre a ligação umbilical de Luciano Gonçalves e o Benfica. Só pode apresentar a demissão. Não está a fazer a defesa dos árbitros. A caça tem sido todas as semanas. E o senhor Luciano Gonçalves ainda deve estar de férias. Quando um clube faz críticas à arbitragem, Luciano Gonçalves aparece indignado. Quando é o Benfica, é terreno livre. Mas tudo isto tem um passado. Foi noticiado que Luciano Gonçalves andava a pedir favores ao Benfica. Luciano Gonçalves não defende os árbitros, defende os interesses do Benfica", acrescentou.

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

José Manuel Ribeiro analisa o momento das equipas na Liga

José Manuel Ribeiro analisa e faz um resumo do desempenho das equipas do topo da classificação geral...!