terça-feira, 13 de novembro de 2018

Comunicado da FC Porto – Futebol, SAD

Na sequência do esclarecimento hoje divulgado pelo DCIAP, a FC Porto – Futebol, SAD confirma a constituição como arguidos dos seus seis administradores, a quem é imputado o crime de ofensa a pessoa colectiva, na sequência de uma queixa do SL Benfica.
Nem ao presidente do Conselho de Administração da FC Porto – Futebol, SAD, Jorge Nuno Pinto da Costa, nem a qualquer outro dos seus administradores foi imputada a participação em qualquer ato de acesso ilegítimo à correspondência electrónica do SL Benfica, ou de divulgação pública dessa correspondência.
Diogo Faria, funcionário do departamento de informação e comunicação, também foi constituído arguido, tendo-lhe sido imputados os crimes de ofensa a pessoa colectiva e violação de correspondência, exactamente os mesmos crimes imputados há uns meses a Francisco J. Marques, director de Informação e Comunicação do FC Porto.
A ninguém do FC Porto ou com ele relacionado foi imputada a suspeita de roubo dos e-mails do SL Benfica, ou de acesso ilegítimo à correspondência electrónica do SL Benfica.
Como muito bem refere o esclarecimento do DCIAP, este caso nada tem a ver com o chamado processo dos e-mails, em que se investigam, entre outros crimes, actos de corrupção.
Com este esclarecimento a FC Porto – Futebol, SAD espera contribuir para o fim da campanha de desinformação que procura associar o nome do FC Porto ao caso de corrupção designado como processo dos e-mails.
Fonte: fcporto.pt

domingo, 11 de novembro de 2018

Falhanço de Soares Dias e Luís Ferreira no Dragão

Atendendo à sua actuação no Dragão, tudo leva a crer que Artur Soares Dias tem o complexo FC Porto. Visto ter por vezes permitido certas entradas violentas dos bracarenses e ter ajuizado mal o lance em que Soares foi travado em falta, na área do SC Braga.
Por outro lado compreende-se a inacção de Luís Ferreira à frente do VAR porque além de ser anti-portista pertence ao Concelho de Braga.



Equipa de arbitragem
Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio e Paulo Soares
4º Árbitro: Manuel Oliveira




VAR: Luís Ferreira é natural de Barcelos - Braga

O jogo entre FC Porto e Braga, referente à 10.ª jornada da I Liga, terá a arbitragem de Artur Soares Dias.
O árbitro da AF Porto foi nomeado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para o jogo grande da jornada dez, tendo como assistentes Rui Licínio e Paulo Soares, enquanto o quarto árbitro será Manuel Oliveira. No videárbitro estará Luís Ferreira, assistido por Valdemar Maia.

sábado, 10 de novembro de 2018

FC Porto vence um Braga bravíssimo

O FC Porto jogou 3ª feira para a Champions League, tendo por isso menos tempo de descanso e o próprio Mr. Sérgio referiu que gostaria de ter tido mais tempo para preparar o jogo.
Vitória muito difícil portanto, dos portistas frente a um Braga pujante que mais fresco, aproveitou o facto de ter mais dias de descanso para pressionar a equipa do FC Porto e tentar vencer o jogo.


O FC Porto é líder isolado da Liga NOS depois de receber e bater este sábado o Sporting de Braga (1-0), no Estádio do Dragão, em partida a contar para a 10.ª jornada da prova. Um cabeceamento fulgurante de Soares, aos 88 minutos, deu o triunfo aos Dragões, que passam a somar 24 pontos, mais três do que os bracarenses.
Nos primeiros 45 minutos aconteceram lances de perigo nas duas balizas. Na do Braga, Tiago Sá travou as intenções de Maxi (21m) e Brahimi (38m), sendo que no caso do internacional argelino o golo parecia quase certo.
Por outro lado, Casillas também respondeu em grande sempre que foi chamado a intervir, impedindo Paulinho (18m) e Ricardo Esgaio (41m) de festejar. Numa primeira parte em que as defesas levaram a melhor sobre os ataques, o 0-0 registado ao intervalo era um reflexo disso mesmo. O segundo tempo foi quase uma cópia dos primeiros 45', com a diferença que o FC Porto marcou, mas antes disso os campeões nacionais viram o Sporting de Braga atirar duas vezes aos ferros, primeiro por Ricardo Esgaio (55m) e depois por Fransérgio (77m).
Nos últimos minutos o FC Porto procurou intensificar a pressão e, aos 88 minutos, o Estádio do Dragão explodiu finalmente de alegria: Otávio cruzou para a área e Soares voou entre os centrais, cabeceando para o fundo da baliza do Braga.O FC Porto teve o prémio merecido por arriscar numa altura em que o Sporting de Braga já esfregava as mãos com o empate e infligiu aos minhotos a primeira derrota no campeonato. Finalmente, esta época, o campeão está isolado no topo da classificação geral.

Pontuação dos heróis azuis e brancos


Casillas 7, Maxi 5, Felipe 7, Militão 7, Alex Telles 5
Óliver 6, Danilo 7, Corona 6, Soares 7, Marega 5, Brahimi 5


Ficha do jogo - Estádio do Dragão - Sábado 10/1172018- Assistência cerca de 45 000


Titulares FC PORTO: 1Iker Casillas

2Maxi Pereira 63', 28Felipe, 3Éder Militão, 13Alex Telles
10Óliver Torres 83', 22Danilo Pereira, 17Jesús Corona
29Soares, 11Marega, 8Brahimi 72'

SUPLENTES: 26Vaná, 19Mbemba, 27Sérgio Oliveira, 25Otávio 63'
16Herrera 72', 7Hernâni 83', 21André Pereira

TREINADOR: Mr.Sérgio Conceição


Titulares SC BRAGA: 
12Tiago Sá5Sequeira, 99Dyego Sousa, 87Marcelo Goiano 91', 14Pablo Santos47Ricardo Esgaio, 20Paulinho 79', 25Claudemir, 36Bruno Viana27Fransérgio, 21Ricardo Horta 83', 
SUPLENTES: 
28Marafona, 34Raul Silva, 60João Palhinha 79', 17João Novais, 11Eduardo, 7Wilson Eduardo 83', 26Fábio Martins 91'
TREINADOR: A. Ferreira

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Há quem prometa ganhar a Champions e quem a conquiste

Com a vitória de terça-feira sobre o Lokomotiv, por 4-1, o FC Porto passou a amealhar 53,5 milhões de euros na presente edição da Liga dos Campeões.

Só de entrar na fase de grupos, os dragões receberam 44,5 milhões, aos quais somaram 9 milhões decorrentes das três vitórias obtidas até ao momento (duas sobre o campeão russo e uma sobre o Galatasaray), no valor de 2,7 milhões cada, e um empate (frente ao Schalke 04), que rendeu 900 mil euros aos cofres portistas.

Para breve pode estar o encaixe de mais 9,5 milhões de euros, uma vez que o FC Porto está a um ponto de carimbar a passagem aos oitavos de final. Se venceram o Schalke na próxima ronda, no Estádio do Dragão, os comandados de Sérgio Conceição garantem, desde logo, o primeiro lugar do grupo D.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Champions League FC Porto vence Lokomotiv com mérito

Parabéns à equipa azul e branca que se fartou de trabalhar. Correu kilometros e nunca virou a cara à luta!

O FC Porto reforçou a sua candidatura ao terceiro apuramento consecutivo para os oitavos de final da Liga dos Campeões. Os campeões nacionais continuam a liderar o Grupo D, agora com 10 pontos, duas jornadas do final da fase de grupos. Em noite de dilúvio na cidade do Porto, os adeptos deliciaram-se com o túnel de Maxi Pereira no primeiro golo, assinado por Héctor Herrera, a subtileza do passe do capitão no segundo, finalizado por Marega, a fantasia de Jesús Corona no 3-1 e a potência de Otávio já ao cair do pano, a fechar as contas.

Os Golos

FC Porto: Herrera 2', Marega 42', Jesús Corona 67', Otávio 93'
Lokomotiv: 
Jefferson Farfán 59'

Pontuação da equipa portista: 
1Iker Casillas 6

2Maxi Pereira 6, 28Felipe 6, 3Éder Militão 7, 13Alex Telles 6
22Danilo Pereira 6, 10Óliver Torres 84' 7, 16Herrera 7
8Brahimi 68' 5, 11Marega 7, 17Jesús Corona 77' 7


Afinal Hernâni até é bom de bola, mas trata-se dum futebolista macio, falta-lhe um pouco mais de dureza e de agressividade...etc...

Liga dos Campeões - Grupo D - 4ª Jornada - Estádio do Dragão

Árbitro: Davide Massa
Árbitros Assistentes: Filippo Meli e Mauro Tonolini
4º árbitro: Alberto Tegoni

FC PORTO: 1Iker Casillas

2Maxi Pereira, 28Felipe, 3Éder Militão, 13Alex Telles
22Danilo Pereira, 10Óliver Torres 84', 16Herrera
8Brahimi 68', 11Marega, 17Jesús Corona 77'

SUPLENTES: 26Vaná, 4Diogo Leite, 27Sérgio Oliveira 84'
25Otávio 68', 20Adrián López, 7Hernâni 77', 21André Pereira

TREINADOR: Mr. Sérgio Conceição

FC LOKOMOTIV: 1Guilherme
5Benedikt Howedes, 3Bryan Idowu, 14Vedran Corluka, 59Aleksei Miranchuk
27Igor Denisov, 4Manuel Fernandes 45', 7Grzegorz Krychowiak
11Anton Miranchuk, 20Vladislav Ignatyev, 24Éder 71'

SUPLENTES: 77Anton Kochenkov, 17Taras Mikhalik, 28Boris Rotenberg
8Jefferson Farfán 45', 6Dmitri Barinov, 84Mikhail Lysov, 9Fedor Smolov 71'

TREINADOR :Y. Semin

terça-feira, 6 de novembro de 2018

FC Porto B alvo de arbitragens grosseiras


"A nossa equipa B está a ser muito penalizada", acusa Francisco J. Marques
O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, contestou a arbitragem de João Bento no Leixões-FC Porto
Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, utilizou uma vez mais a rede social Twitter, desta feita para criticar os minutos finais do Leixões-FC Porto B, jogo da II Liga que este domingo terminou empatado a zero.
"Que falta que faz o VAR na Ligapro, duas grande penalidades não assinaladas a favor do FC Porto B nos minutos finais do jogo com o Leixões. A nossa equipa B está a ser muito penalizada"

https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/porto/noticias/interior/a-nossa-equipa-b-esta-a-ser-muito-penalizada-acusa-francisco-j-marques-10129734.
html

Associação ao comunicado do FC Porto

Comunicado da Direção do FC Porto
O FC Porto lamenta que as principais competições desportivas nacionais nas modalidades de andebol, basquetebol e hóquei em patins estejam a ser condicionadas por arbitragens de má qualidade e, em alguns casos, por arbitragens em cujos critérios apenas conseguimos vislumbrar a intenção de prejudicar as nossas equipas.
Tratando-se de modalidades de alta competição em que o FC Porto, mas não só, tem feito um esforço muito grande, investindo em treinadores, jogadores e infraestruturas de qualidade mundial, o que, de resto, tem permitido às respetivas federações a mediatização das competições através de vários acordos com estações televisivas, não se compreende que os órgãos federativos não patrocinem uma idêntica elevação de nível, pelo menos, na arbitragem. Com a agravante de, para além de não conseguirem acompanhar a qualidade das competições, ainda lhe retirarem o principal capital de valorização: idoneidade.
O FC Porto tem vindo a alertar as três federações para este fenómeno de desvalorização global das competições nacionais por quebra de qualidade das arbitragens, infelizmente sem efeitos práticos, conforme o país desportivo pôde registar ao vivo e pela televisão no passado fim de semana, a exemplo de um passado bem recente.
O FC Porto considera que os órgãos federativos têm a responsabilidade de tomar todas as medidas para que arbitragens como as que têm acontecido reiteradamente não voltem a suceder, sob pena de junto das respetivas federações virmos a tomar medidas drásticas, mas seguramente as únicas que permitirão ao FC Porto não estar envolvido em competições cuja verdade desportiva não está salvaguardada.
A Direção do FC Porto

O que disse o Mr. Sérgio

Sérgio Conceição realça que os dragões poderão ter que enfrentar dificuldades maiores na receção ao Lokomotiv em comparação com o jogo da Rússia.
Motivação e dificuldades: "Ouvi a pergunta sobre a motivação extra do adversário, de ter que ganhar para continuar a sonhar em qualificar-se, mas eu não penso muito dessa forma. Acho que a motivação tem de ser diária, para ganhar pontos e jogos. Da parte do Lokomotiv é normal que queira ganhar, que pense que pode amanhã [terça-feira] fazer um resultado positivo, assim como nós. É importante entrar de forma forte, como entrámos na Rússia, o jogo de amanhã poderá ser mais difícil, até porque o Krychowiak, que jogou a central, pode passar para o meio-campo, estamos a falar de uma dinâmica para melhor. Vamos encontrar mais dificuldades do que no jogo da Rússia, mas isso não nos impede de fazer tudo para conseguirmos os três pontos".
Foco antes do jogo: "O foco tem de ser total naquilo que temos a fazer, no que cada um tem a fazer. Temos essas prestações individuais, sim. Tudo isso são estatísticas, comparações com o ano passado, e o que gravita à volta do jogo em relação a isso não é muito importante. Temos que nos focar no jogo, no adversário e principalmente na nossa equipa".
Mudanças na estratégia: "Se houvesse alguma diferença naquilo que tem sido a postura do FC Porto também não diria, porque faz parte da nossa estratégia para amanhã. Pode mudar um jogador ou outro e um posicionamento ou outro, mas isso faz parte da estratégia. A pensar naquilo que poderá fazer o adversário e não vendo o que pode acontecer, isso nunca".
Postura do Lokomotiv e equilíbrio do grupo: "Não sei o que é que o treinador adversário pensará. O que tem feito no campeonato foi um bocadinho diferente daquilo que apresentou no jogo da Rússia. Já estamos habituados a isso, estava à espera de um Lokomotiv mais igual àquele que tem sido mais vezes na temporada. A alguns interessa-lhes dizer que o grupo não é forte, mas não é verdade. Ainda não perdemos num grupo equilibrado e há três equipas com uma diferença de três pontos".
Momento de Otávio e possível titularidade: "Não gosto de individualizar, estamos aqui para para avaliar relatórios médicos, relatórios do adversário e metendo tudo na balança é que vemos como funcionam essas situações".

domingo, 4 de novembro de 2018

Roubalheira pró Benfica no Pavilhão da Luz

No Pavilhão da Luz, disputaram-se ontem dois jogos entre FC Porto e Benfica, um em basquetebol e o outro em hóquei em patins, e em ambos os Dragões tiveram razões de queixa da arbitragem.

Em basquetebol, o encontro foi quase sempre equilibrado, com a eficácia benfiquista nos últimos minutos a ditar um
resultado de 93-88 favorável à equipa da casa. No final, Moncho López contestou a “disparidade muito grande no número de lances livres para as duas equipas”, que as estatísticas confirmam claramente: 33 para o Benfica, 13 para o FC Porto.

Às 19h45, no mesmo local, arrancou algo que é difícil definir.
O treinador Guillem Cabestany disse que foi “tudo menos um jogo de hóquei em patins”, o diretor Eurico Pinto considera que foi “
uma autêntica roubalheira”, mas no fundo talvez tenha sido, quase 60 anos depois e numa modalidade diferente, uma homenagem a Calabote. O FC Porto perdeu por 4-3 um jogo em que esteve demasiadas vezes em inferioridade numérica, fruto da amostragem de oito cartões azuis, que levou o treinador a afirmar taxativamente: “Esta foi maior vergonha que já vi numa pista de hóquei em patins em toda a minha vida. É uma vergonha para o mundo do hóquei em patins”.

Tem a palavra o Mr. Sérgio Conceição

Sobre o jogo na Madeira
Sérgio Conceição considera esta vitória “merecida” e acredita mesmo que “mais um ou outro golo não chocariam ninguém”. O treinador sublinhou que são a “velocidade de execução e a intensidade que fazem a diferença neste tipo de jogos” e revelou o que mais apreciou ontem: “
O que me deixa satisfeito é ver que voltámos a ser a equipa que fomos desde que assumi este cargo no FC Porto”.

sábado, 3 de novembro de 2018

FC Porto vence na Madeira Marítimo de combate

Carlos Xistra um juiz do apito conhecido por prejudicar o FC Porto está a apitar como de costume, permitindo entradas a varrer (jogo violento) aos do maritimistas...!!
Nos primeiros 45' de jogo Xistra foi permissivo para os madeirenses: permitiu à equipa do Marítimo que praticasse um futebol a roçar a violência, que mais parecia rugby...!!
Nos primeiros 45' de jogo, Xistra, no capítulo disciplinar, beneficiou descaradamente os jogadores do Marítimo, utilizando uma dualidade de critérios gritante:  permissivo para os madeirenses e rigorosíssimo para os portistas, inclusivamente na imposição dos amarelos.
 

Ao intervalo mantém-se o nulo: Marítimo 0 FC Porto 0
Resultado Final : Marítimo 0 FC Porto 2
Na segunda parte Xistra, terá reconsiderado a sua actuação e passou a reprimir o jogo violento dos visitados, pelo que a sua actuação foi mais regular...

Pontuação dos futebolistas do FC Porto

7 - 1Iker Casillas,  52Maxi Pereira, 7 - 28Felipe, 6 - 3Éder Militão 67', 5 - 13Alex Telles, 7 - 10Óliver Torres, 6 - 22Danilo Pereira, 6 - 17Jesús Corona,
6 - 11Marega, 5 - 29Soares 74', 5 - 8Brahimi 79',
 
7
25Otávio 67', 
516Herrera 74', 519Mbemba 79', 5

Na minha opinião Óliver e Otávio "ex aequo" fizeram a diferença (distribuíram magia no relvado)


CS MARÍTIMO: 1Amir
45Fábio China, 5Zainadine Júnior, 6Lucas Áfrico 74', 2Bebeto
4Marcão, 10Danny, 15Jean Cleber, 27Fabrício 80'
44Vukovic, 95Joel Tagueu 90'
Suplentes: 94Charles, 97Aloísio, 8Jorge Correa 74', 9Rodrigo Pinho 90'
33Ricardo Valente 80', 12Edgar Costa, 23Leandro Barrera
Treinador: Cláudio Braga

FC PORTO: 1Iker Casillas,
2Maxi Pereira, 28Felipe, 3Éder Militão 67', 13Alex Telles
10Óliver Torres, 22Danilo Pereira, 17Jesús Corona
11Marega, 29Soares 74', 8Brahimi 79'
Suplentes: 26Vaná, 19Mbemba 79', 25Otávio 67', 16Herrera 74'
7Hernâni, 20Adrián López, 21André Pereira

Treinador: Mr. Sérgio Conceição


Árbitro: Carlos Xistra
Assistentes:
Nuno Pereira e Luciano Maia
4º Árbitro: Cláudio Pereira
VAR: 
Jorge Sousa auxiliado por Sérgio Jesus.

Os Golos : 
Otávio 70’ ; 
Marega 73’
PS -
O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Carlos Xistra para arbitrar o jogo entre o Marítimo e o FC Porto, relativo à 9.ª jornada da Liga NOS. O encontro está marcado para este sábado, às 18h00, no Estádio do Marítimo, no Funchal.
O árbitro da Associação de Futebol de Castelo Branco terá como assistentes Nuno Pereira e Luciano Maia, sendo Cláudio Pereira o quarto árbitro. No videoárbitro estará Jorge Sousa, auxiliado por Sérgio Jesus.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Taça da Liga _ FC Porto promissor vence Varzim

Desempenho da equipa do FC Porto
5- 26Vaná (no lance do 2º golo do Varzim com mais calma podia ter feito melhor);
5
23João Pedro (65') ; 4 - 5Chidozie , 6 -19Mbemba (é reforço);
5 - 18Jorge (45') ; 
6 - 24Riechedly Bazoer [76' (é reforço)] ; 4 - 27Sérgio Oliveira;
6 - 25Otávio; 4
7Hernâni (+ uma oportunidade não aproveitada) ; 5 - 20Adrián López  ;
6 - 21André Pereira (promissor); 7 - 17Jesus Corona (quando abre o livro...!);
7 - 29Soares (esforçado) ; 5 - 10Óliver Torres (bons apontamentos)

Os golos

Varzim: Jonathan Toro 30’ ; Jacques Haman 75’ 
FC Porto: Riechedly Bazoer 42' ; Soares73' ; (AG) Stephen Payne81' ; André Pereira86'

Estádio do Dragão - 31 de Outubro de 2018 - Assistência:34 000

Ficha do Jogo

Árbitro: João Capela
Assistentes: Nélson Moniz e Sérgio Jesus.


 FC PORTO : 26Vaná
23João Pedro 65' , 5Chidozie , 19Mbemba , 18Jorge 45'
24Riechedly Bazoer 76', 27Sérgio Oliveira, 25Otávio
7Hernâni, 20Adrián López, 21André Pereira

Suplentes : 1Iker Casillas, 4Diogo Leite, 10Óliver Torres 76'
29Soares 65', 17Jesús Corona 45', 11Marega, 14Marius

Treinador: Mr. Sérgio Conceição

VARZIM SC: 1Emanuel Novo
22Stephen Payne, 23Silvério, 46Nélson Agra, 77Rui Coentrão
55Estrela, 21Jonathan Toro 77', 6Marko Pavlovski, 15João Amorim 68'
10Ruan Teles, 11Stanley 59'

Suplentes: 27Rafael Broetto, 28Mário Sérgio, 4Sandro Cunha,
19Baba Sow 68', 14Jacques Haman 59', 96Ruster 77', 9Júlio Alves

TREINADOR : Nuno Capucho