terça-feira, 31 de dezembro de 2019

Árbitros beneficiam o Benfica e prejudicam o FC Porto Liga 2018/19

No campeonato de 2018/2019 houve erros de arbitragem que beneficiaram o Benfica e prejudicaram decisivamente o FC Porto
É assim que o clube da Luz consegue obter títulos: com o auxílio da imprensa fanática benfiquista e da política centralista deste País do benfiquistão; manipulando a arbitragem e instrumentalizando os dirigentes das estruturas do poder do futebol português...!!

Explicação dada e demonstrada por Sérgio Conceição




Artigos sobre o futebol portista

Os erros de arbitragem e Campeão da Democracia by Paulo Baldaia








































Estreia em discurso directo e mentores como Pepe








































Clássico com Danilo ?









































Futuros craques









































2019 Um ano de muitas promessas











































Passadeira vermelha by José Manuel Ribeiro




















































































FCP - Modalidades e Formação e ainda Ivo ...

Em 2019, as modalidades de pavilhão e a de estrada deram vários títulos ao FC Porto e continuam a dar alegrias ao clube. No andebol, foram brilhantes prestações europeias e uma histórica “dobradinha”, o basquetebol conseguiu dois e o hóquei em patins outros dois. Já o ciclismo trouxe a quarta vitória consecutiva na Volta a Portugal e consolidou a hegemonia portista no país. Na despedida do ano, pode passar em revista, através da FC Porto TV, todos estes êxitos.

Os sete magníficos



Ivo Rodrigues e a sua devoção pelo FC Porto

Na Bélgica há um extremo português que encanta os adeptos do Antuérpia. Ivo Rodrigues, ala formado no FC Porto, já marcou quatro golos esta temporada, mesmo não sendo um titular indiscutível.
Ivo Rodrigues, de 24 anos, está num dos melhores momentos de uma carreira, cuja formação foi em parte feita no FC Porto. O extremo deixou-se apaixonar pelos dragões e em entrevista a ojogo faz juras de amor eterno ao clube que nunca deixa de acompanhar. A devoção de Ivo pelos portistas é tão grande que a possibilidade de poder regressar é o sonho de uma vida. Por agora, o presente faz-se na Bélgica, mas o futuro deverá ser noutras paragens.

Fábio Silva entre as estrelas de 2020

O jovem avançado do FC Porto, Fábio Silva, figura numa lista de 10 jogadores que parecem destinados a brilhar em 2020. Esta foi elaborada pelo site dos Estados Unidos, Bleacher Report

E o que diz Bleacher Report sobre Fábio Silva? "A sua finalização é sensacional, a forma como se movimenta e 'timing' impecáveis", escreve o autor da lista de 10 futebolistas "destinados" a brilhar no novo ano. "O seu QI de futebol está muito acima dos outros", pode ainda ler-se sobre um jogador que é descrito como alguém que se "destacou nas camadas jovens porque estava sempre dois passos à frente de todos".

O artigo faz referência para a postura do FC Porto para aquele que é visto como o "sucessor de João Félix" na tabela das transferências. "O clube tem tido muito cuidado com ele, tem sido suplente utilizado e só por uma vez foi titular no campeonato", pode ler-se. "Mas, em 2020 vão dar-lhe tempo", acrescentam.

Quem são os outros jogadores desta lista, da qual Fábio Silva figura como número 2?

1. Eduardo Camavinga, 17, Rennes – médio

2. Fabio Silva, 17, FC Porto – avançado

3. Mohamed Ihattaren, 17, PSV Eindhoven – ala

4. Ryan Gravenberch, 17, Ajax – médio

5. Rayan Cherki, 16, Lyon – ala

6. Reinier, 17, Flamengo – médio

7. Dejan Kulusevski, 19, Atalanta – ala

8. Sekou Koita, 20, RB Salzburgo – avançado

9. Yacine Adli, 19, Bordéus – médio

10. Eberechi Eze, 21, Queens Park Rangers - médio

sábado, 28 de dezembro de 2019

Manobras com défice de ética de Filipe Vieira

SC Braga despede Sá Pinto e Rúben Amorim (sem o IV nível) assume o cargo de treinador. 

António Salvador presidente do SC Braga também pretende ganhar protagonismo e ter influência nos bastidores do futebol português. Para isso aliou-se ao Vieira do Benfica, a fim de através do presidente do Benfica aumentar a sua influência na imprensa desportiva (benfiquista) e estruturas do poder do futebol : CA, CD e FPF. E é neste sentido que devem ser entendidas as últimas atitudes em público, situações, em que se nota o consenso que parece existir entre os dois: António Salvador e Filipe Vieira.
Portanto tudo leva a crer que a recente substituição de Sá Pinto por Rúben Amorim, foi sugestão de Vieira presidente das águias, pois Rúben Amorim protegido do presidente dos encarnados e benfiquista ferrenho; agrada a Vieira cuja intenção é minar o futebol português; e até ter possivelmente, no SC Braga mais um aliado ou uma espécie de filial do Benfica, o que satisfará as suas (dele) pretensões no sentido de controlar o futebol de modo a conseguir para o Benfica a hegemonia em Portugal.
E a verdade é que António Salvador para agradar ao amigo Vieira, logo apressou-se a fazer-lhe a vontade, despedindo Sá Pinto que até estava a fazer um bom trabalho, e contratou Rúben Amorim, este sem o curso de treinador do IV nível.
Por conseguinte, na minha opinião, esta é mais uma estratégia de Filipe Vieira ( não dá ponto sem nó) no sentido de aumentar ainda mais sua influência no futebol português por processos pouco lícitos (condenáveis).







terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Arbitragem nas mãos do nomeações (CA da FPF)

"Cada árbitro ganha 1480 euros por jogo da I Liga"

E é por isso que tratam de agradar a quem nomeia porque quantos mais jogos dirigirem mais ganham...! Pelo contrário, se forem colocados na "JARRA" e não apitarem, não ganham, e, meus amigos, o dinheiro (ou falta dele) como toda a gente sabe, tem muita influência...!

domingo, 22 de dezembro de 2019

O próximo jogo - Há clássico a 5 de Janeiro de 2020

A 5 de Janeiro de 2020 há clássico em Alvalade

O FC Porto reentra em campo no dia cinco de Janeiro, em Alvalade.
O clássico da 15.ª ronda da Liga Nos frente ao Sporting arranca às 17h30.

Taça da Liga - Valeu pelos 45' iniciais

Os portistas realizaram uns primeiros 45' de jogo de muito bom nível (0-3).
Já a segunda parte do jogo foi diferente. Os Dragões abrandaram e permitiram que a equipa do Chaves crescesse e em contra ataque conseguisse apanhar a defesa e linha média dos azuis e brancos a dormir e apontasse 2 golos (2-1)!


O FC Porto deslocou-se a Trás-os-Montes na última partida de 2019 e bateu o Chaves por 4-2, na terceira e última jornada do Grupo D da Taça da Liga, assegurando desta forma a qualificação para a Final Four da competição, na qual vai defrontar o Vitória de Guimarães (21 de janeiro, 19h45).


Os golos

Chaves: Platiny 79' e André Luís 84'
FC Porto: Soares 8' e 16' – Marega 26' – Luis Díaz 80'


Ficha oficial do jogo
Estádio Municipal Eng. Manuel Branco Teixeira - 22 de Dezembro de 2019

Árbitro: Carlos Xistra
Assistentes: Jorge Cruz e Marco Vieira
4.º árbitro: Luís Máximo

GD CHAVES : 55Igor Rodrigues

3Hugo Basto, 60José Gomes, 81Kevin Medina, 6Jefferson Santos
8Raphael Guzzo, 21João Gamboa 45', 28Wagner 64', 9André Luís
7Niltinho, 94Rafael Viegas

SUPLENTES : 12Ricardo Nunes
44Diego Galo, 99Platiny 45', 92João Bachi 64', 90João Paredes
24João Correia, 30Sodiq Fatai

TREINADOR : César Peixoto

FC PORTO: 31Diogo Costa
24Renzo Saravia, 19Mbemba, 5Marcano, 18Wilson Manafá
22Danilo Pereira 45', 27Sérgio Oliveira, 29Soares
10Nakajima, 17Tecatito 64', 11Marega 78'

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín
13Alex Telles, 3Pepe, 25Otávio 45', 20Zé Luís, 7Luis Díaz 64'
49Fábio Silva 78'

TREINADOR : Sérgio Conceição

Liverpool cínico vence Flamengo atrevido e muito técnico

Um Liverpool pragmático e calculista venceu um Flamengo "show de bola".
Gostei muito do futebol dos brasileiros que demonstraram uma excepcional técnica .
Porem a velocidade, resistência e calculismo da equipa de Liverpool que dispõe de três avançados "fora de série": Salah, Sadio Mané e Firmino; conseguiu fazer a diferença.
A partir de certa altura do prolongamento, os ingleses de Klopp começaram a praticar um futebol directo: defendiam com 8 e contra atacavam com os três perigosos (Salah, Sadio Mané e Firmino), os quais num contra ataque acabaram por fazer a diferença marcando o golo da vitória!


Declarações de Jorge Jesus 

Depois de conquistar o "Brasileirão" e a Taça de Libertadores, Jorge Jesus disputou, sábado, a final do Mundial de Clubes mas não conseguiu levar a melhor sobre o Liverpool. Os ingleses venceram, já no prolongamento, graças a um golo de Firmino e Jorge Jesus considerou que o Flamengo não foi inferior aos "reds". 

"Viram o Flamengo, uma equipa com 76 jogos nas pernas contra uma que tem 24. Viram alguma diferença? Não viram. Quero destacar a nossa forma e a qualidade dos jogadores, que mesmo com esses jogos nas pernas tiveram velocidade, disciplina táctica.

"Não houve desnível entre a equipa do Liverpool e o Flamengo. Nunca mais uma equipa portuguesa vai ganhar a Champions, porque o desnível é muito grande, que foi o que não aconteceu hoje com o Flamengo e o Liverpool. É que a capacidade financeira do campeonato português não vai permitir que uma equipa portuguesa vá a uma final da Champions ou do campeonato do Mundo", frisou.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Revelações perturbadoras de Rui Pinto

Apesar de estar em prisão preventiva, Rui Pinto voltou a falar sobre o Football Leaks e sobre os interesses que movem o futebol, dando o Benfica como exemplo.

«Veja o maior clube português, o Benfica. É como um polvo, cujos braços atingem toda a elite do país. O clube está tão intimamente ligado à polícia, às agências policiais e à política. Recebem regularmente bilhetes VIP para os jogos do Benfica. Seria um enorme conflito de interesses se eles tivessem que examinar seriamente o clube», referiu o pirata informático, em declarações à Der Spiegel.

O hacker explicou ainda que nada mudou com as revelações que feitas pela plataforma do Football Leaks, considerando o futebol «intocável».

«No ano passado, o Spiegel e a EIC revelaram como os grandes clubes da Europa planeavam uma Super Liga. Após a publicação, os clubes negaram. Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, fundou uma nova associação internacional de clubes, apontando para a implementação da Super Liga. Tem sido a mesma m**** há anos. Apenas continua. Enquanto a equipa favorita vencer, as pessoas não se importam com mais nada, mesmo que saibam sobre irregularidades e crimes. Não posso fazer nada contra isso. O futebol é intocável. E as autoridades protegem a indústria porque é de tão grande interesse público», disse.

Rui Pinto, acusado de 147 crimes, insurgiu-se contra o facto de continuar em prisão preventiva. «Isto é completamente infundado e injusto. Pedi permissão ao juiz para aguardar o julgamento em casa. Mas o Ministério Público disse que eu poderia impedir a investigação. Dizendo até que há o risco de eu poder realizar atividades ilegais com o apoio de potências estrangeiras. É totalmente ridículo», frisou.

O pirata informático fica a saber se vai a julgamento a 13 de janeiro.

Taça de Portugal futebol no charco

Ficou por marcar uma grande penalidade a favor do FC Porto.

O FC Porto está nos quartos de final da Taça de Portugal depois de bater o Santa Clara (1-0), no Estádio do Dragão, nos oitavos de final da prova. Nakajima (29m) foi o autor do único golo do triunfo portista.

A chuva que caiu incessantemente durante o dia não deu tréguas ao relvado do Estádio do Dragão, mas o FC Porto soube adaptar-se às condições do terreno e protagonizou uma primeira parte de grande nível, na qual André Ferreira brilhou intensamente. O guarda-redes do Santa Clara começou por negar o golo a Zé Luís (5m e 17m) e Pepe (8m), mas não conseguiu fazer o mesmo quando Nakajima apareceu à boca da baliza para desviar o cruzamento de Corona (29m).

Ficha oficial do jogo - Estádio do dragão 19 de Dezembro de 2019


Árbitro: Fábio Veríssimo da AF de Leiria
Assistentes: 
Bruno Jesus e Pedro Martins
4º Árbitro : 
Miguel Nogueira
VAR: 
Luís Ferreira desempenhará o papel de videoárbitro, assistido por Nuno Manso.


FC PORTO: 31Diogo Costa
18Wilson Manafá, 3Pepe, 4Diogo Leite, 13Alex Telles
25Otávio, 16Matheus Uribe, 7Luis Díaz 68', 10Nakajima 85'
20Zé Luís 92', 17Tecatito

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín
19Mbemba, 27Sérgio Oliveira 85', 22Danilo Pereira 68'
11Marega, 29Soares 92', 49Fábio Silva

TREINADOR : Sérgio Conceição


CD SANTA CLARA: 1André Ferreira
24Mamadu Candé, 12César, 4Fábio Cardoso, 2Rafael Ramos
6Osama Rashid, 21Nené 26', 88Francisco Ramos, 11Pineda 58'
70Zé Manuel,95Guilherme 66'

SUPLENTES : 99Marco, 5João Afonso, 91Patrick Vieira
10Bruno Lamas 26', 13Carlos Júnior 58', 14Santana 66', 7Ukra

TREINADOR : João Henriques

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Sérgio Conceição: Previsão para 2020

Sérgio Conceição prevê muitas coisas positivas a acontecer em 2020







































Alterações para retirar referências aos rivais e Mercado fechado


terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Premier League International Cup - FC Porto B empata

FICHA DE JOGO - 17 de Dezembro de 2019

FC PORTO B 1 PSV SUB-23 1

Premier League International Cup, Grupo D, 2.ª jornada

Estádio do Fylde FC, Lancashire (Inglaterra)

Árbitro: Garreth Rhodes
Assistentes: Steve Durnall e Bradley Hall
Quarto árbitro: Thomas Staten

FC PORTO B: Ricardo Silva;
Rodrigo Ferreira, Pedro Justiniano, Diego Landis, Luis Mata (cap.),
Diogo Ressurreição, Rodrigo Valente, Vítor Ferreira, Fábio Vieira,
Madi Queta e Tony Djim

Substituições: Tony Djim por Afonso Sousa (65m), Diogo Ressurreição por
Ángel Torres (83m) e Rodrigo Valente por Marius (86m)

Não utilizados: Francisco Meixedo, José Ferreira, Tiago Lopes e
Christopher Lungoyi

Treinador: Rui Barros

PSV SUB-23: Mike van de Meulenhof
Rico Zeegers, Tijn Daverveld, Justin de Haas (cap.), Sekou Sidibe,
Maxime Soulas, Baggio Wallenburg, Noni Madueke, Robin Schoonbrood,
Cyril Ngonge e Andrew Mendonça

Substituições: Robin Schoonbrood por Richard Ledezma (46m), Andrew Mendonça por Robin Lauwers (62m) e Baggio Wallenburg por Chris Gloster (80m)

Não utilizados: Kyan van Dorp, Steven Theunissen, Cláudio Gomes e Olivér Horváth

Treinador: Peter Uneken

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Vítor Ferreira (49m), Richard Ledezma (82m)
Disciplina: cartão amarelo a Pedro Justiniano (43m)

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

FC Porto x Tondela- Exibição acima da média dos Dragões

A equipa do FC Porto para o jogo com o Tondela, referente à 14.ª jornada do campeonato.
Sérgio Conceição escolheu o seguinte onze: Marchesín, Tecatito Corona, Pepe (cap.), Marcano, Alex Telles, Matheus Uribe, Otávio, Nakajima, Luis Díaz, Marega e Soares.
No banco, o treinador terá as seguintes alternativas: Diogo Costa, Wilson Manafá, Mbemba, Sérgio Oliveira, Romário Baró, Zé Luís e Fábio Silva.

O desempenho de Manuel Oliveira
Nos últimos anos tem sido recorrente os juízes do apito permitirem o jogo duro aos adversários dos portistas e Manuel Oliveira possivelmente com receio dos chefes da arbitragem (Conselho de Arbitragem) e da crítica da imprensa desportiva fanática benfiquista com os jornais: a bola e o correio da manhã à cabeça; lá tem seguido a norma habitual! Tudo isto porque, se nos dermos ao trabalho de ver os jogos do Benfica apercebemos-nos das diferenças nítidas de critério, dando a impressão que as regras são diferentes para o clube da águia, cujos futebolistas jogam à vontade sem receio de serem atropelados pelos contrários. É que no caso dos jogos em que entra o Benfica os adversários destes são reprimidos pelos árbitros com as respectivas cartolinas.


Uma palavra para a equipa do Tondela que foram autenticos guerreiros, lutando até à exaustão. Se jogarem assim contra o Benfica é possível que conquistem pontos!


Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 16 de Dezembro de 2019


Árbitro: Manuel Oliveira, da AF Porto
Assistentes: Pedro Ribeiro e Tiago Leandro
4º Árbitro: João Gonçalves
VAR: Vasco Santos, assistido por Bruno Trindade


O FC Porto venceu esta segunda-feira o Tondela (3-0), no Estádio do Dragão, em partida referente à 14.ª jornada do campeonato. Soares (10m e 32m) e Otávio (51m) apontaram os golos dos azuis e brancos, que seguem na segunda posição da tabela, com 35 pontos, menos quatro do que o Benfica.

FC PORTO: 32Agustín Marchesín
17Tecatito, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
16Matheus Uribe, 25Otávio 79', 10Nakajima
7Luis Díaz 74', 11Marega 45', 29Soares

SUPLENTES : 31Diogo Costa
18Wilson Manafá 45', 19Mbemba, 27Sérgio Oliveira 79'
8Romário Baró, 20Zé Luís, 49Fábio Silva 74',

Treinador: Sérgio Conceição


CD TONDELA: 1Cláudio Ramos
3Bruno Wilson 18', 18Fahd Moufi, 34Ricardo Alves, 30Filipe Ferreira
5Jaquité, 8João Pedro 60', 14Pepelu 60', 9Denilson,
70Jonathan Toro, 15Jhon Murillo

SUPLENTES : 99Babacar Niasse, 23Yohan Tavares 18', 17João Reis
6Pedro Augusto 60', 77Richard Alexandre 60', 28Strkalj, 7Xavier

TREINADOR : Natxo González

Sérgio Conceição fala do título e Baró

Sérgio Conceição refere que a sua convicção sobre a conquista do campeonato vem da qualidade dos jogadores e do trabalho



Baró apto mas ainda a precisar de ganhar ritmo















domingo, 15 de dezembro de 2019

FC Porto . Futebolistas em fim de carreira

Deixo o seguinte à consideração dos adeptos do FC Porto(veredicto):

Não será que Pepe, mas principalmente Marcano já deviam dar por terminada a sua carreira...? Antes que sejam empurrados...
"Que idade têm eles? 34? Aos 35, não terão a mesma condição física e tempo de reacção.
Não interessa se é o Pepe ou o Marcano, as pessoas (outros) vão aparecer e ficar com o vosso lugar"

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

O momento da equipa portista (plantel)

Por aquilo que ultimamente tenho podido constatar/observar, alguns futebolistas da equipa do FC Porto parecem não estar a atravessar um bom momento de forma (física e técnica; isto é comparando-os com as performances dos adversários).
Ou então a equipa está com défice nos seguintes sectores:
a) Defesa: ressente-se da falta de Felipe, Militão e da velocidade de Ricardo Pereira.
Pois a mim parece-me que atendendo à idade deles, começa a faltar principalmente: agilidade e reflexos (capacidade de reacção) aos centrais Pepe e Marcano.
O Tecatito a defesa direito é uma adaptação e não um lateral de raiz, e, o rendimento do Alex Telles já foi melhor.
b) Meio campo: o Danilo defende bem, distribui bem, mas precisa de ser capaz de ter mais capacidade de mobilidade, velocidade de pernas. O Sérgio Oliveira tb distribui bem, tem precisão de passe, mas tal como Danilo não é um sprinter. Quanto ao Otávio parece-me que rende mais pelo centro do que pelas faixas em que é necessário velocidade de pernas. Relativamente ao Uribe, é um futebolista que se esforça, defende quase sempre bem, mas falta-lhe o talento necessário para caso a ocasião seja propícia arrancar em slalon, levando os contrários consigo para desmarcar um colega que entretanto ficou livre de marcação. Nota-se também a falta dum médio box-to-box (incansável, com grande disponibilidade para correr, técnico e óptimo rematador) que faça a diferença.
c) Ataque: défice de avançados que façam a diferença. Luís Diaz, Tecatito, José Luís e Marega (Aboubakar devido a lesões ainda não totalmente disponível) todos estes estão actualmente com desempenho algo baixo, ou seja, ritmo baixo e alguma inépcia no capitulo da finalização; o pontapé instintivo, felino, preciso e potente; à baliza adversária.
Principais deficiências da equipa (défice de velocidade)
1) Ausência de rematadores com capacidade e competência de meia distância (precisão e potência)
2) Más definições (assistências) no último passe para golo. Os passes nunca encontram o colega desmarcado e são invariavelmente anulados pelos contrários.
3) Lances de bola parada: cruzamentos para a zona do guarda-redes, ou são interceptados pelos centrais adversários (nota-se a falta de jogadores que joguem bem de cabeça).

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Liga Europa - FC Porto 3 Feyenoord 2

Lentidão na defesa (reflexos) custaram 2 golos do Feyenoord ao FC Porto.
Quer-me parecer que os 2 centrais
do FC Porto dada a sua idade estão a perder reflexos...!
E quer-me parecer que defensivamente a equipa portista está a perder consistência por falta de velocidade...!

Os últimos minutos dei comigo a rezar o credo, pois os holandeses adiantaram-se no terreno e em duas ou três jogadas estiveram muito próximo de empatar o jogo. Só não empataram e até ganharam por sorte dos portistas e mérito do Marchesin, claro está, que também com uma definição mais acertada no último terço do campo os Dragões também tiveram possibilidades de dilatar o resultado final.

Os holandeses demonstraram ter uma boa equipa, com boa organização de jogo, muito bom entrosamento e circulação de bola; são rápidos, ritmo elevado de jogo, agressivos e têm grande disponibilidade para correr. Marcaram dois golos com uma facilidade incrível, pelo que serão melhores no ataque do que na defesa. 


Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 12 de Dezembro de 2019
FC Porto: Soares 33', (AG) Tyrell Malacia15', Luis Díaz 14'

Feyenoord: 22' Sam Larsson, 19' Eric Botteghin



                                                                                                





O FC Porto venceu esta quinta-feira o Feyenoord, no Estádio do Dragão, por 3-2, em jogo a contar para a sexta e última jornada do Grupo G da Liga Europa, e confirmou a passagem aos 16 avos de final da prova.


Árbitro: Deniz Aytekin (41 anos) Alemanha
Assistentes: Os compatriotas Eduard Beitinger e Rafael Foltyn
4º Árbitro: Sven Jablonski, também alemão


FC PORTO : 32Agustín Marchesín

17Tecatito, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
16Matheus Uribe, 22Danilo Pereira, 25Otávio
7Luis Díaz 74', 29Soares 75', 11Marega 84'

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 18Wilson Manafá, 19Mbemba 84'
27Sérgio Oliveira 74', 20Zé Luís 75', 9Aboubakar, 10Nakajima

TREINADOR : Sérgio Conceição

FEYENOORD: 21Nick Marsman
4Marcos Senesi, 15Tyrell Malacia, 33Eric Botteghin, 38Geertruida
23Kokçu 75', 19Leroy Fer, 10Steven Berghuis, 17Sinisterra 72'
11Sam Larsson, 28Jens Toornstra 72'

SUPLENTES : 22Justin Bijlow, 14George Johnston, 6Van der Heijden
20Renato Tapia 75', 18Yassine Ayoub 72', 35Wouter Burger
7Narsingh 72'

TREINADOR : Dick Advocaat

Liga Europa - O que eles disseram...

Sérgio Conceição: Merecemos passar
Aguardamos a confirmação







































Mestres no Jogo - Cenários: vitória, empate, derrota







































Marega a atravessar um momento com défice de golos




quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Liga Europa - FC Porto x Feyenoord

O Comité de Arbitragem da UEFA designou Deniz Aytekin (Alemanha) para arbitrar o FC Porto-Feyenoord, referente à sexta e última jornada do Grupo G da Liga Europa. O jogo realiza-se na quinta-feira, a partir das 20h00 (SIC e Sport TV), no Estádio do Dragão.
O árbitro de 41 anos terá como assistentes os compatriotas Eduard Beitinger e Rafael Foltyn, sendo Sven Jablonski, igualmente alemão, o quarto árbitro.


Árbitro: Deniz Aytekin (41 anos) Alemanha
Assistentes: Os compatriotas Eduard Beitinger e Rafael Foltyn
4º Árbitro: Sven Jablonski, também alemão

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Uma questão de critérios – Resposta ao C. A. da FPF

Uma questão de critérios – Resposta ao C. de A. da FPF In Dragões Diário
Menos de 24 horas depois do acontecimento, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (CA) veio a público explicar que o golo que o Belenenses marcou ao FC Porto foi legal, contrariando o que defendem vários especialistas na matéria.
Não é comum o CA, por voz própria ou através dos árbitros, pronunciar-se sobre os lances polémicos da Liga portuguesa, mas esta época já é a segunda vez que acontece: à quinta jornada, foi a vez de Vasco Santos explicar que errou enquanto videoárbitro ao não reverter um penálti assinalado a favor do FC Porto.
Perante estes dois casos, mesmo discordando da substância das posições assumidas, elogiamos a coerência do CA, que intervém sempre em função do mesmo critério: só fala quando acha que o FC Porto foi beneficiado ou não foi prejudicado.
Ainda assim, como acreditamos que o CA não quer ser só coerente e também pretende ser justo, continuaremos confortavelmente sentados à espera que venham esclarecer:
- por que é que o segundo golo do Benfica no Bessa, há quatro dias, foi validado;
- por que é que o primeiro golo do Benfica frente ao Santa Clara, há 31 dias, foi validado;
- por que é que Florentino não foi expulso em Tondela, há 44 dias;
- por que é que não foi assinalado penálti por falta de Florentino sobre Gabrielzinho, em Vila do Conde, há 212 dias;
- por que é que não foi invalidado um golo em fora de jogo de João Félix, em Vila do Conde, há 212 dias;
- por que é que foi assinalado um penálti por falta inexistente sobre João Félix, em Braga, há 226 dias;
- por que é que João Félix não foi expulso, em Braga, há 226 dias;
- por que é que Florentino não foi expulso, em Braga, há 226 dias;
- por que é que foi mal anulado um golo contra o Benfica, na Feira, há 247 dias;
- por que é que foi assinalado penálti por suposta falta sobre Pizzi, na Feira, há 247 dias.
E podíamos continuar por aqui fora a elencar mais casos que o Conselho de Arbitragem ainda não teve a oportunidade de esclarecer. E é realmente uma pena que não o faça, porque ajudaria verdadeiramente a clarificar como é que o Benfica ganhou o campeonato passado e como é que lidera o atual com quatro pontos de vantagem.

Palha para burros – A resposta à newsletter do Benfica

Palha para burros – A resposta à newsletter do Benfica In Dragões Diário
É natural que uma instituição que alcançou os maiores sucessos num tempo em que tinha uma ligação estreita com a ditadura e que tem sido nos últimos anos dirigida por uma pessoa que já foi condenada por roubo e por um grupo de indivíduos que inclui um diretor jurídico que vai ser julgado por corrupção, um diretor do departamento de apoio aos jogadores preso por tráfico de droga e um diretor de futsal fugido durante nove anos à justiça seja uma instituição complexada com o próprio passado e com o presente.
A edição de ontem da newsletter anónima (mas oficial) do Benfica acusa o FC Porto de obter benefícios desportivos de uma alegada prática de pressão sobre as equipas de arbitragem. A mesma publicação, num exercício habitual de revisionismo histórico, aponta ainda o dedo ao FC Porto por “decidir nomeações” e “premiar” uns árbitros e “ameaçar” outros. Convém recordar alguns factos.
Recordamos que não foi o presidente do FC Porto que mandou baixar a nota de um árbitro, num caso em que a nota até baixou mesmo mais do que alguma vez tinha baixado.
Recordamos que não foi o presidente do FC Porto que disse que determinado árbitro “não pode apitar mais” o seu clube e que, como prémio, obteve precisamente a não nomeação desse árbitro para os restantes jogos da época em que essa declaração foi proferida.
Recordamos que não foi o treinador do FC Porto que disse em tom ameaçador que ia “estar atento” à carreira de dois árbitros, que na época seguinte seriam protagonistas de erros graves de arbitragem que beneficiariam a equipa que os ameaçou.
Recordamos que não foram adeptos do FC Porto que partiram os dentes ao árbitro Pedro Proença ou foram condenados por agredirem um árbitro assistente em pleno jogo ou por ameaçarem o árbitro Jorge Sousa.
Recordamos, já agora, que não foi o FC Porto que foi denunciado em tribunal por tentar corromper jogadores do Rio Ave e do Marítimo.
Recordamos que não é o FC Porto que tem um presidente e um vice-presidente arguidos num caso em que se investiga a corrupção de um juiz.
Recordamos que não é o FC Porto que tem o até há bem pouco tempo diretor jurídico pronunciado por corrupção.
Recordamos que não é o FC Porto que está a ser investigado no âmbito do caso Mala Ciao, por corrupção de equipas adversárias.
As vitórias que o Benfica alcançou durante os mandatos de um homem que já foi condenado por roubo são suspeitas porque as autoridades as investigam enquanto tal e porque são conhecidas várias provas que colocam em causa a sua legitimidade. Tudo o que o Benfica comunica sobre a lisura dos desempenhos dos rivais tem como propósito tentar ocultar esta triste realidade e lançar para a casa dos outros a lama em que o clube está atualmente mergulhado. É palha para burros. Há sempre quem a coma.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Ao Benfica de Vieira "newsletter News Benfica"

Tenham vergonha na cara: ao contrário de vós "o FC Porto com árbitros estrangeiros ganha em Portugal e nas competições europeias...!

"Somos melhores e não temos por hábito humilhar o País quando jogamos a Liga dos Campeões" by Paulo Baldaia

Os actuais dirigentes benfiquistas são autenticos "mestres" em denegrir e fazer afirmações falsas sobre pseudo casos nos quais até o FC Porto foi absolvido por falta de provas...!!

Para os dirigentes benfiquistas habituados que estão a serem sempre beneficiados, tipo "caso Calabote", o FC Porto tem de ser sistematicamente prejudicado e impedido por meios fraudulentos de conseguir vencer campeonatos em Portugal...!!

João Pinheiro Calabote influencia resultado

Foi vergonhoso o desempenho de joão pinheiro da AF de Braga no Belenenses 1 FC Porto 1 do passado domingo, só ao nível do famigerado "Calabote" de má memória.

a) Uma grande penalidade sobre Marega por assinalar
b) O golo do Belenenses é precedido de falta (o jogador do Belenenses domina a bola com a mão)




















domingo, 8 de dezembro de 2019

João Pinheiro é outro "Calabote" do futebol português

O desempenho de João Pinheiro da AF de Braga é inadmissível, é mais um árbitro condicionado pelos benfiquistas das nomeações (Conselho de Arbitragem) e como tal com receio da "JARRA" adopta critérios disciplinares desfavoráveis aos portistas, prejudicando seriamente o FC Porto.
Está a inventar faltas a favor( neste caso) do Belenenses e a marcar faltas injustificadas contra o FC Porto...!!
Finalmente podemos afirmar João Pinheiro é mais um "Calabote" do futebol português!


O FC Porto empatou este domingo diante do Belenenses (1-1), no Estádio do Jamor, em partida referente à 13.ª jornada do campeonato. Alex Telles (32m), de penálti, fez o golo dos Dragões, que seguem na segunda posição da tabela, com 32 pontos, menos quatro do que o Benfica.
Belenenses adiantou-se no marcador por intermédio de André Santos que bateu Marchesín com um remate de fora da área após um corte de Marcano (14m) completamente contra a corrente do jogo. Ainda assim, fica a ideia de que há mão na bola dum jogador do Belenenses no início da jogada.


Ficha Oficial do jogo - Estádio do Jamor em Oeiras - 08 de Dezembro de 2019

Árbitro: joão pinheiro, da AF Braga
Assistentes: bruno rodrigues e nuno eiras
4º Árbitro: Miguel Nogueira
VAR: luís ferreira com assistência de Nelson Cunha

OS BELENENSES SAD: 16Hervé Koffi

28Tomás Ribeiro, 27Chima Akas, 66Nuno Coelho, 6Show
8André Sousa, 13Tiago Esgaio, 26André Santos 74'
20Silvestre Varela, 30Cassierra 69', 7Licá 87'

SUPLENTES : 1André Moreira, 15Hakim Ouro 74', 42Sithole
17Benny, 77Marco Matias 87', 75Robinho, 9Kikas 69'

TREINADOR : Pedro Ribeiro

FC PORTO : 32Agustín Marchesín
18Wilson Manafá 63', 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
25Otávio, 15Mamadou Loum 64', 22Danilo Pereira
20Zé Luís, 17Tecatito, 11Marega 82'

SUPLENTES :
31Diogo Costa
19Mbemba, 16Matheus Uribe, 27Sérgio Oliveira 64', 7Luis Díaz
10Nakajima 63', 29Soares 82'

TREINADOR :
Sérgio Conceição

Sempre ao lado do Presidente do FC Porto

Sempre ao lado do Presidente e ...

Sérgio Conceição na flash interview : "Não haverá qualquer tipo de gestão.
Jogarão 11 os jogadores que acho darem mais garantias"



Texto de Paulo Baldaia

Segue um troféu para a Carregueira by Paulo Baldaia

"Somos melhores (FC Porto) e não temos por hábito humilhar o país quando jogamos a Liga dos Campeões"





Pinto da Costa crítico

O Presidente do FC Porto teve mais uma vez de sair a terreiro para criticar publicamente os desempenhos de certos árbitros devido ao facto destes demonstrarem estar nitidamente condicionados pelos órgãos de poder da arbitragem e pela imprensa fanática benfiquista.
Conclusão: os juízes do apito com receio da "JARRA" e por isso de não continuarem a auferir os prémios de actuação: fazem tudo para agradar e ceder à imposição dos dirigentes benfiquistas, adoptando critérios dignos de censura e atropelando as regras sempre com a nítida intenção de beneficiar o clube da águia...!!



Sérgio Conceição taxativo

Sérgio Conceição afirma que o FC Porto não precisa de contratar mais ninguém porque o plantel é equilibrado, completo e satisfaz.


sábado, 7 de dezembro de 2019

VAR: Benfica beneficiado e FC Porto prejudicado

Em contramão - dragões diário
E, de repente, o VAR no campeonato português mostra uma nova faceta, a contramão. No domingo, no Dragão, Otávio foi derrubado e todos os analistas foram unânimes em considerar que o VAR deveria ter avisado o árbitro da existência de uma falta clara e evidente. Ontem, no Bessa, com o jogo empatado, contrariando o que todos viam, o VAR voltou a ficar mudo, permitindo a validação de um golo que teve todo o ar de ser ilegal. O facto de no primeiro lance o prejudicado ter sido o FC Porto e de no segundo o beneficiado ter sido o Benfica é puramente aleatório. Ou será só anedótico?


Pinto da Costa mostrou-se bastante indignado com o que tem sido a atuação do VAR desde a sua implementação na Liga Portuguesa, argumentando, em declarações ao Porto Canal, de que a chegada da tecnologia «foi bom só para alguns».

«Acho que isto é um problema mais fundo do que estarmos focados nos mais recentes casos anormais. A FPF numa preocupação constante lançou o VAR, com as melhores intenções, certa que iria beneficiar a verdade dos resultados e há que louvar o esforço, mas, na prática, verifica-se que isso foi bom só para alguns», começou por referir. «No jogo com o Paços, o Otávio sofre um pénalti, árbitro a um metro e meio dele, não assinalou e o VAR não interveio. Ontem foi a mesma coisa apenas com outros figurantes e com outros favorecidos», acrescentou. O presidente do FC Porto falou ainda do golo polémico no Bessa, que valeu a liderança no marcador ao Benfica. Para Pinto da Costa, não há dúvidas de que Cervi fez falta e garante mesmo que «o favorecido foi o Benfica».



quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Taça da Liga - Casa Pia 0 FC Porto 3

É sempre a mesma coisa, o costume...!
É nítida a predisposição dos árbitros portugueses em utilizar um critério muito rigoroso para punir as eventuais faltas dos portistas e em contra partida assumir um critério bastante largo para analisar as faltas dos adversários sobre os portistas!
E Vítor Ferreira não fugiu à regra: caía um casapiano e certo sabido falta contra os Dragões, por outro lado foram bastantes as vezes que os visitados provocaram a queda dos azuis e "no pasa nada"...!!


FC Porto venceu esta quinta-feira no reduto do Casa Pia por 3-0, em jogo a contar para a segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga. A superioridade dos azuis e brancos foi evidente ao longo dos 90 minutos e, apesar da eficácia defensiva dos visitados na etapa inicial, os Dragões souberam controlar a posse de bola e ser eficaz na segunda parte.

Saravia (50m), Luis Díaz (68m) e Soares (72m) apontaram os golos do triunfo do FC Porto em casa do Casa Pia (3-0).

Ficha oficial do jogo- Estádio Pina Manique - 05 de Dezembro de 2019


Árbitro: Vítor Ferreira da Associação de Futebol de Braga
Assistentes: Pedro Fernandes e Paulo Miranda
4º Árbitro: João Bento

CASA PIA AC: 99Rafael van der Laan
4Pedro Machado, 3Bruno Simão, 21David Rosa, 36Caio Marcelo
8Kikas 79', 15Jean Victor, 12Sountoura 66', 18Rodrigo Dantas
11Evandro Roncatto, 14Wilson Kenidy 75'

SUPLENTES : 1Rafael Marques, 26Lucas Cunha, 16Jorge Ribeiro 75',
20Joel Monteiro, 66Martim Maia, 50Sávio Roberto 79', 7Jeka 66'

TREINADOR : Rui Duarte


FC PORTO: 31Diogo Costa

24Renzo Saravia, 19Mbemba, 4Diogo Leite, 18Wilson Manafá 75'
16Matheus Uribe, 6Bruno Costa 75', 27Sérgio Oliveira, 7Luis Díaz 70'
10Nakajima, 29Soares

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín
5Marcano, 2Tomás Esteves 75', 15Mamadou Loum, 17Tecatito 70'
20Zé Luís, 49Fábio Silva 75'

TREINADOR :Sérgio Conceição

Regiões administrativas para quando?!

Pinto da Costa fala da regionalização e critica os políticos: "A mesma sorte não têm os pobres"

Pinto da Costa volta a utilizar o espaço na Dragões, publicação do FC Porto, para criticar os que há quase 50 anos não cumprem a Constituição
Tendo como ponto de partida o discurso que fez no encerramento da recente Gala Dragões de Ouro, Pinto da Costa volta a falar da regionalização. Para tal utiliza o habitual espaço na Dragões, a publicação do FC Porto que está desde esta quarta-feira disponível no formato online.
"Desde 1976, a Constituição da República Portuguesa diz claramente que 'no continente, as autarquias locais são as freguesias, os municípios e as regiões administrativas'. As freguesias e os municípios já existem há muito tempo, mas as regiões não saem do papel há quase 50 anos. A cada eleição e a cada tomada de posse, vemos políticos de vários partidos a jurar cumprir e fazer cumprir a Constituição, mas todos têm falhado neste compromisso. Apesar de desrespeitarem a lei fundamental do país, nada lhes acontece. A mesma sorte não têm os pobres que, por vezes, fazem coisas bem menos graves quando estão desesperados", pode ler-se.
O presidente portista fala em falta de coragem e volta a colocar o FC Porto na frente da luta pela regionalização: "Em Portugal falta vontade e coragem de levar para a frente a reforma que podia ajudar a diminuir os efeitos do centralismo crónico que asfixia o país que existe para cá e para lá de Lisboa.
Acredito que o FC Porto nunca deixará de ser uma força importante nessa luta por um país mais justo", concluiu.

Francisco J. Marques: "O fabuloso destino dos amigos de Vieira"

O diretor de Comunicação do F. C. Porto publicou, esta quarta-feira à noite, um "tweet" com um vídeo onde estabelece uma ligação entre Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, e antigos colaboradores envolvidos em casos judiciais. Com o título "O fabuloso destino dos amigos de Vieira", a animação usa a música "Quatro quadras soltas", de Sérgio Godinho, como fundo.
O primeiro a ser visado é Rui Rangel, que é apelidado como "putativo presidente da Fundação Benfica", sendo recordado que foi demitido da magistratura por "corrupção e tráfico de influências".
A ligação seguinte é feita a José Veiga, apresentado como "diretor geral da SAD do Benfica sob a presidência de Vieira", que está "preso preventivamente por suspeitas de corrupção, branqueamento de capitais, tráfico de influências, participação económica em negócio e fraude fiscal".
Segue-se Paulo Gonçalves, "diretor jurídico sob a presidência de Vieira" que, recorda a publicação de Francisco J. Marques, está "pronunciado por corrupção".
Fernando Tavares é recordado como "vice de Vieira" e que é "arguido no Caso Lex que envolve crimes de corrupção, recebimento indevido de vantagem, branqueamento, tráfico de influências e fraude fiscal qualificada".
Já sobre José Carriço, "motorista de Vieira e diretor do departamento de apoio aos jogadores", foi "condenado a 7 anos e 8 meses de prisão por tráfico de droga", enquanto Lopes Moreira, "diretor do futebol sob a presidência de Vieira", está em "prisão preventiva, após nove anos em fuga, por suspeitas de burla e falsificação de documentos".

Nós queremos é justiça e não esta coboiada em que é tudo do xerife!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

O comportamento do Marítimo na Luz é estranho, e...

Intensidade do Marítimo questionada: "Contra o FC Porto é canela até ao pescoço"
Declarações de Francisco J. Marques, director de comunicação do FC Porto.
O director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques considerou estranha a falta de intensidade dos jogadores do Marítimo no jogo com o Benfica (4-0). "Quando defrontam o FC Porto, jogam de faca nos dentes e é canela até ao pescoço. Com o Benfica não conseguem igualar a intensidade do adversário e acabam a pedir para sair porque estão muito cansados. Há aqui um padrão comportamental do Marítimo nos jogos na Luz um pouco estranho. De há uns anos a esta parte tem sido uma chuva de golos inexplicável. É um fenómeno paranormal da Liga", atirou, esta terça-feira, no Porto Canal.

Recorde-se que Francisco J. Marques também criticou a arbitragem de Tiago Martins no encontro da jornada 12 do campeonato, ganho pelos dragões por 2-0, com ênfase num lance entre Otávio e Diaby, na grande área dos castores.

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Boa vitória do FC Porto ante um Paços Ferreira aguerrido

Tiago Martins o árbitro que dirigiu o jogo, cheira-me a um dos padres ordenados pelos ministros do Vieira para levar o Benfica ao colo e procurar prejudicar o FC Porto.
Na dúvida apitou sempre contra os portistas, e, foi rigoroso na análise dos lances contra os dragões, punindo-os frequentemente com os cartões amarelos e em contra partida benevolente para com os pacenses só amarelando estes na última.


Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 02 de Dezembro de 2019

Árbitro: Tiago Martins
Assistentes: Pedro Mota e Hugo Ribeiro
4.º árbitro: João Malheiro Pinto
VAR/AVAR: António Nobre e Pedro Felisberto

O FC Porto venceu esta segunda-feira o Paços de Ferreira (2-0), no Estádio do Dragão, em partida referente à 12.ª jornada do campeonato. Loum (18m) e Zé Luís (76m) apontaram os golos dos azuis e brancos, que seguem na segunda posição da tabela, com 31 pontos, menos dois do que o Benfica.

FC PORTO: 32Agustín Marchesín
18Wilson Manafá, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
22Danilo Pereira, 15Mamadou Loum, 25Otávio 85'
17Tecatito 69', 9Aboubakar 38', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa
19Mbemba, 27Sérgio Oliveira 69', 29Soares, 20Zé Luís 38'
10Nakajima 85', 7Luis Díaz

TREINADOR : Sérgio Conceição

FC PAÇOS DE FERREIRA: 87Ricardo Ribeiro
2Marco Baixinho, 13Bruno Santos, 6Bruno Teles, 26Maracás
10Pedrinho, 22Luiz Carlos, 24Mohamed Diaby 70', 9Uilton Silva 60'
17Hélder Ferreira, 99Douglas Tanque 65'

SUPLENTES : 1Simão Berttelli
5Oleg Reabciuk 70', 4André Micael, 29Vasco Rocha, 18Rafael Gava
77Murilo 60', 28Diogo Almeida 65'

TREINADOR : Pepa

Tribunal de OJogo (desempenho do medíocre Tiago Martins)