terça-feira, 22 de outubro de 2019

Árbitro para o FC Porto x Rangers

Encontro da terceira jornada do Grupo G da Liga Europa disputa-se esta quinta-feira (17h55), no Estádio do Dragão

O Comité de Arbitragem da UEFA designou Nikola Dabanovic (Montenegro) para arbitrar o FC Porto-Rangers, a contar para a terceira jornada do Grupo G da Liga Europa. A partida realiza-se esta quinta-feira, a partir das 17h55, no Estádio do Dragão.

O árbitro de 37 anos terá como assistentes os compatriotas Milutin Djukic e Vladan Todorovic, sendo Milos Boskovic, igualmente montenegrino, o quarto árbitro.

Árbitro: Nikola Dabanovic (Montenegro)
Assistentes: Milutin Djukic e Vladan Todorovic (Montenegro)
4º Árbitro: Milos Boskovic (Montenegro)

domingo, 20 de outubro de 2019

Taça de Portugal FC Porto não facilita e elimina Coimbrões

Profissionalismo a 100 % - A equipa portista não facilitou, respeitou o adversário durante os 90 minutos, e, com 6 futebolistas formados no Clube, bateu o Coimbrões por 5-0 na terceira eliminatória da Taça de Portugal

Sérgio Conceição, que na antevisão do encontro prometeu uma equipa motivada e a respeitar o Coimbrões, não podia ter pedido um melhor arranque no encontro.

Vitória inteiramente justa dos azuis e brancos, que terminaram o encontro com seis jogadores formados no clube. A presença na quarta eliminatória da Taça de Portugal ficou garantida, antes de novo desafio europeu no Estádio do Dragão, frente ao Rangers (quinta-feira, 17h55).

Os Golos

Luis Díaz 6' e 12'
Soares 8' e 68'Mbemba 12'
Fábio Silva 81'


Ficha Oficial do jogo - Estádio de Pedroso - 19 de Outubro de 2019


Resultado final - SC Coimbrões 0 FC Porto 5

SC COIMBRÕES: 24Fábio Mesquita
2Ricardo Pedrosa, Pedro Caeiro, 25Diogo Portela, 17Raul Martins
8Mário Pereira, 40Nikiema 74', 7Pedro Tavares 67'
23Alex Tanque, 20Guilherme 86', 29Ivo Lucas

SUPLENTES : 12Daniel Pires, 10Clever Jansen 67', 6Miguel Ângelo 86'
66Igor Santos, 9Nieto, 11Rúben Gonçalo, 19Daniel Silva 74'

TREINADOR : Pedro Alves

FC PORTO : 31Diogo Costa
24Renzo Saravia, 19Mbemba, 4Diogo Leite, 18Wilson Manafá
15Mamadou Loum, 6Bruno Costa, 25Otávio 64'
49Fábio Silva, 7Luis Díaz 71', 29Soares 76'

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín
5Marcano, 27Sérgio Oliveira 71', 8Romário Baró 64', 9Aboubakar 76'
20Zé Luís, 10Nakajima

TREINADOR : Sérgio Conceição

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Porque Pinto da Costa não deixa a galinha dos ovos d’oiro

Porque Pinto da Costa não deixa o barco (a galinha dos ovos d’oiro)

Extracto do artigo de Miguel Sousa Tavares n'A Bola sobre o desempenho financeiro do administrador da FC Porto-Futebol,SAD Fernando Gomes


...tudo está do lado da receita, nada do lado da contenção de despesas – que aumentam sempre, haja crise ou falência técnica ou não haja. É o caso dos próprios vencimentos dos administradores da SAD, aumentados mesmo quando o clube está sob as restrições financeiras impostas pela UEFA: Pinto da Costa, por exemplo (e suponho que também os restantes) viu o seu vencimento anual aumentado em 5%, de 609 mil para 641 mil euros. Pior ainda é a questão dos prémios, de que já aqui falei em outras ocasiões. Custa-me a entender a justificação para que os administradores da SAD recebam prémios de desempenho quando o clube de futebol conquista alguma coisa. E dantes, (suponho que agora já não), até recebiam prémios por um terceiro lugar no campeonato! E custa-me a entender por quarto razões fundamentais: porque não foram eles que estiveram em campo ou no banco a conquistar títulos; porque não é legítimo que uma Sociedade Anónima ande a pagar prémios aos administradores sem jamais ter pago um euro de dividendos aos accionistas; porque, se ganham prémios quando são campeões, então deviam igualmente ser penalizados quando o não são; e, finalmente, porque me parece insustentável que recebam prémios numa empresa que vive cronicamente endividada e que, ano sim, ano não, está sob iminência de falência técnica. A isto acresce que, se eu acho que os administradores devem ser remunerados num montante que pague a sua dedicação exclusiva à SAD, acontece que as remunerações da SAD do FC Porto já são mais do que suficientes para garantir isso. Segundo escreveu A Bola (e, até agora não vi que fosse desmentido), entre vencimento e prémios, Pinto da Costa recebeu, no último exercício, um total de €1, 141 M – ou quase 100.000 euros por mês. E cada um dos outros administradores, para além do seu generosíssimo vencimento anual, ainda recebeu 280.000 euros em “prémios de desempenho”. Incluindo (petulante e vaidoso economista) Fernando Gomes, o responsável directo por este lindo desempenho financeiro. Será possível?!
* As palavras em itálico são da minha autoria

terça-feira, 15 de outubro de 2019

FC Porto-Futebol,SAD_Vencimento dos principais dirigentes

No blogue dum grande portista aqui do burgo sob o título - Portismo pago a peso de ouro - são realçados os vencimentos e prémios exorbitantes dos principais dirigentes do FC Porto-Futebol,SAD...! Ora, a mim também, atendendo às dificuldades financeiras que o Clube Azul e Branco atravessa, também me parecem exagerados... Mas têm a palavra os sócios do FC Porto. nos quais me incluo.
Recordo-me que há uns anos atrás, aquando da constituição da SAD, quando alguém se apercebeu dos valores elevados dos ditos/cujos, perguntaram ao Presidente Pinto da Costa o que achava do assunto tendo ele referido: olhe não tenho nada a ver com isso, pois quem estabeleceu os valores dos vencimentos foi uma Comissão encarregue de tratar do assunto...!!
Conclusão! Claro está que o Jorge Nuno desinteressado como é, se calhar até não queria ganhar tanto, os aduladores incondicionais que gravitam à volta dele é que foram os responsáveis...!
   


segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Ucrânia uma equipa raçuda e com melhor conjunto vence Portugal

A equipa ucraniana defende sempre com muitos atrás da linha da bola e quando de posse do esférico desfere contra ataques rápidos, com três quatro jogadores muito velozes...
Resumo: vitória da equipa com melhor conjunto, (jogam ao primeiro toque com passes teleguiados) mais raçuda e que defende melhor...!
Os avançados portugueses bons tecnicamente, precisam de também aprender a defender e têm de mentalizar-se que têm de ter grande disponibilidade para correr...

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

A Justiça no País do Benfiquistão

Enquanto que Rui Pinto está na prisão em Portugal, procuradores de nove países (incluindo a França, Bélgica, Espanha, Holanda e Inglaterra) abriram investigações baseadas nas revelações do "Football Leaks" , assinala a magistrada Eva Joly...

E isto porque Portugal é o País do Benfiquistão, ou seja, um país onde os políticos parecem ter receio de investigar as trapalhadas em que estão envolvidos os actuais dirigentes do clube da águia, o SL Benfica, Luís Filipe Vieira e seus acólitos...!!
                                                             

sábado, 5 de outubro de 2019

UEFA - Rescaldo da Banheira de Roterdão

Ainda sobre o desaire dos portistas no Feyenoord Stadium Rotterdam
Análise e depoimentos do líder e dos artistas

Segundo Sérgio Conceição faltou à equipa azul e branca estar ao seu mais alto nível

Ora o que significa a equipa estar ao seu mais alto nível?

Na minha opinião significa estar num bom momento de forma, ou seja, estar a 100% técnica e fisicamente. O que me parece que não aconteceu. Então na 2ª parte deu nitidamente a impressão que a equipa portista se encolheu, atemorizou, perante a fogosidade, velocidade, capacidade de choque dos holandeses! Possivelmente devido a cansaço que retirou concentração e discernimento aos jogadores azuis brancos...?! É que a precipitação, o desacerto de alguns jogadores portistas foi de tal ordem que deu a impressão de que estavam atemorizados perante a impetuosidade, agressividade, acutilância dos contrários... Autênticos "cavalões" a correr e a sprintar, a alardearem exuberantemente a sua força, uma condição física notável não acessível aos atletas do FC Porto...!!
     
       

                                                                
                                                                 
                                                                       




quinta-feira, 3 de outubro de 2019

UEFA - O futebol dos Panzers impôs-se ao dos "Brinca na areia"

Fim dos primeiros 45' de jogo - Feyemoord 0 FC Porto 0

Está a ser difícil para os portistas pois os holandeses do feyenoord autênticos "cavalões" jogam forte e feio; e, não estão com meias medidas se for preciso pontapear a bola e o adversário...!
Tempos atrás alguém disse que o futebol é 90% de transpiração e 10% de inspiração.
E não há dúvida que a superior condição física dos holandeses: disponibilidade para correr, capacidade de choque, destreza, determinação e bastante qualidade técnica, pelo que todos estes ingredientes somados foram preponderantes para o desfecho do resultado, ou seja, a contundente vitória do Feyenoord... E toda a perturbação/precipitação da equipa azul e branca...!

Atendendo às características (futebolistas possantes) eu no lugar do SC teria escolhido o Mbemba em vez do Manafá que é mais fraco a defender .
As substituições tardias saldaram-se por completos fracassos , pois foram totalmente inócuas.
E ainda também não entendo a decisão de só meter o Fábio Silva aos 81', é exigir muito a um jovem de 17 anos para fazer aquilo que os mais velhos não tinham conseguido fazer... Quanto a Danilo foi bem substituído pois estava a emperrar o sistema...! 


O FC Porto perdeu esta quinta-feira diante do Feyenoord (2-0), em Roterdão (Holanda), na segunda jornada do Grupo G da Liga Europa. Após duas rondas, FC Porto, Feyenoord, Young Boys e Rangers somam os mesmos três pontos.Os Dragões desperdiçaram várias oportunidades de golo e atiraram por três vezes à trave e ao poste, acabando por sair derrotados de Roterdão.Aos 19 minutos, Otávio é nitidamente empurrado na área holandesa, mas o árbitro Sergei Karasev não entendeu assim e mandou jogar.Aos 61’ Otávio isolado por Uribe quase chegou ao empate pois acertou na trave.
Aos 68’ foi a vez de Marega falhar uma boa oportunidade rematando para fora
Após jogada colectiva os dragões voltaram a acertar na trave aos 74’ por Luis Díaz
Por fim foi a vez de Soares aos 90’ acertar no poste.


Ficha oficial do jogo - 03 de Outubro de 2019 - Feyenoord Stadium - Roterdão

Árbitro: Sergei Karasev (Rússia)
Assistentes: Igor Demeshko e Maksim Gavrilin
4º Árbitro: Vitali Meshkov

FEYENOORD: 1Kenneth Vermeer
5Ridgeciano Haps, 27Karsdorp 86', 32Edgar Ié, 33Eric Botteghin
19Leroy Fer, 20Renato Tapia, 10Steven Berghuis, 11Sam Larsson 83'
17Sinisterra 82', 28Jens Toornstra

SUPLENTES : 22Justin Bijlow, 38Geertruida 86', 15Tyrell Malacia
4Marcos Senesi 83', 35Wouter Burger, 24Naoufal Bannis, 7Narsingh 82'

TREINADOR : Jaap Stam

FC PORTO: 32Agustín Marchesín
18Wilson Manafá, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
25Otávio, 16Matheus Uribe, 22Danilo Pereira 81'
10Nakajima 53', 20Zé Luís 62', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba, 6Bruno Costa, 15Mamadou Loum
29Soares 62', 7Luis Díaz 53', 49Fábio Silva 81'

TREINADOR : Sérgio Conceição

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Défice de isenção da BTV

Transparência e igualdade algo que segundo MST não se verifica nas transmissões televisivas dos jogos do Benfica na BTV...!
Todos os clubes são escrutinados por entidade alheia com excepção do Benfica que é por entidade sua e servindo interesses seus...!!

Fernando Guerra o "puxa-saco mor" de Vieira

Fernando Guerra, um incondicional de Filipe Vieira, no seu artigo em A Bola tenta exaustivamente escamotear a gravidade da atitude de Filipe Vieira que na última assembleia dos SLB foi : prepotente, grosseiro, ameaçador, para com um sócio do Benfica, dando largas à sua habitual falta de educação cívica, chegando mesmo a apertar o pescoço ao referido sócio. Tal comportamento só pode ser reprovado, pois só os ditadores prepotentes recorrem à violência para calar aqueles que têm ideias contrárias às suas.

Instrumentalizações e manipulações do Vieira e seus amigos

Francisco J. Marques acusou, esta terça-feira, o Benfica de fazer uma caça à arbitragem e deixou criticas à APAF e a Luciano Gonçalves, considerando que o presidente da associação não defende os árbitros, mas sim os interesses do clube encarnado.

"O Benfica lança uma acusação sem precedentes, de que o árbitro Tiago Martins terá mentido no relatório. Como é que é possível saber-se tão rapidamente? No domingo o Benfica já se queixava da suposta mentira de Tiago Martins no relatório do jogo. Não há memória de uma coisa assim. Parte-se do principio de que os árbitros escrevem a verdade. Não é admissível que se acrescentem factos. Quanto muito, podem omitir factos por não verem. Agora, coisas que não aconteceram constar no relatório, é impossível. A perseguição à arbitragem tem duas vertentes: apontar a mira a alguns árbitros, árbitros que o Benfica não quer que os arbitrem. E criar a ficção de que o F. C. Porto é sempre beneficiado. Estamos perante uma espécie de chantagem e não acontece nada e ninguém parece preocupar-se com isto. Parece que o Benfica está a fazer chantagem ao mundo da arbitragem na esperança do regresso de alguns padres", começou por dizer no programa "Universo Porto da Bancada" desta terça-feira.

O diretor de comunicação do F. C. Porto deixou ainda críticas à APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) e ao presidente, Luciano Gonçalves.

"A partir de hoje deixa de haver duvidas sobre a ligação umbilical de Luciano Gonçalves e o Benfica. Só pode apresentar a demissão. Não está a fazer a defesa dos árbitros. A caça tem sido todas as semanas. E o senhor Luciano Gonçalves ainda deve estar de férias. Quando um clube faz críticas à arbitragem, Luciano Gonçalves aparece indignado. Quando é o Benfica, é terreno livre. Mas tudo isto tem um passado. Foi noticiado que Luciano Gonçalves andava a pedir favores ao Benfica. Luciano Gonçalves não defende os árbitros, defende os interesses do Benfica", acrescentou.

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

José Manuel Ribeiro analisa o momento das equipas na Liga

José Manuel Ribeiro analisa e faz um resumo do desempenho das equipas do topo da classificação geral...!
                   
                                                                                                      













FC Porto - Tácticas de Carvalhal e de S. Conceição

A estratégia de Carvalhal para a 2ª parte do jogo, com 3 defesas, 5 médios e 2 avançados, forçou a resposta pronta de Sérgio Conceição que se viu obrigado a retirar Nakajima já com défice físico, substituindo-o por Mbemba para equilibrar a defesa e estancar o caudal ofensivo do Rio Ave.


Opinião entre portistas - Algo digno de realce

... Eis aqui parte dos comentários dignos de realce:

Prenato disse – ...Esta é daquelas arbitragens matreiras que tornam fácil as coisas para uma equipa e complicadas para a outra. Por exemplo, nos últimos 10 minutos nenhum jogador do FC Porto conseguia segurar uma boa por 5 segundos que fossem. Já os do Rio Ave, ao mínimo toque era atribuída uma falta.(nuno almeida ferrari, um juiz do apito anti-portista).

A.C. disse – Quando um presidente com as costas bem guardas agride um sócio, trata mal os sócios com insultos da pior espécie, faz o que quer e ainda lhe sobra tempo, é batoteiro, caloteiro, por mais que a justiça e os governantes os protejam serão sempre um Polvo, um Abutre uma coisa acima da Lei. Portugal é o benfica as outras instituições quase não existem.

João Borges disse – ... O problema desde que SC chegou foi o da transição entre o futebol de pressão e o da gestão... a equipa caía exibicionalmente a pique, sofrendo inclusivamente muitos golos já no final dos jogos. Penso que, ao longo do tempo, SC e sua equipa técnica têm procurado resolver esta lacuna e este jogo foi extremamente revelador disto, a equipa a partir dos 60' começou a cair, fruto da pressão vilacondense aliada ao desgaste físico portista...


Dragaoatento disse - Constato com alguma perplexidade a condição física superior da equipa vilacondense em relação à dos portistas...! Mesmo contabilizando o número de jogos realizados pelos azuis e brancos atendendo ao número de futebolistas do plantel, seria de esperar outros desempenhos... Se eu fosse treinador trataria de ter pelo menos 16 a 19 jogadores aptos a renderem sempre muito próximo dos 80 %, e para isso :

a) Dividia a equipa por sectores (grupos pequenos) para treinarem o entrosamento, os laterais com os extremos para fazerem "ASA": Corona ou Manafá e Otávio ou Romário, Alex Telles e Luis Diaz ou Nakajima; os centrais e um dos trincos: Pepe, Marcano, Mbemba, Diogo leite, Danilo ou Uribe; os médios: Danilo ou Uribe, Bruno Costa e Mamadou Loum; os avançados entre: Zé Luís, Marega, Soares, Fábio Silva... Este último que é convocado mas não joga, o melhor era jogar pelos "bês" onde jogaria sempre porque faz falta...!

domingo, 29 de setembro de 2019

Vitória difícil do FC Porto em Vila do Conde

Mais uma arbitragem nitidamente penalizadora no capítulo disciplinar, para os dragões., pois condescendeu constantemente com as entradas faltosas dos jogadores de Vila do Conde, e, em contra partida assinalou faltas inexistentes contra os azuis e brancos.
Então o cartão amarelo exibido ao Zé Luís é completamente injustificado e até ridículo...!!
Portanto é de realçar pela negativa o trabalho do Nuno Almeida pois adoptou frequentemente uma dualidade de critérios disciplinares gritante contra os portistas.

Análise à equipa do FC Porto

Com sinal + : Marchesin; Pepe; Alex Telles, Uribe; Otávio; Marega
Com sinal + - : Marcano, Tecatito, Nakajima; Zé Luís

Incompreensível na 2ª parte o recuo para o seu meio campo, quase só para defender, da equipa portista... De salientar a superior condição física dos vilacondenses que deram quase sempre a impressão que tinham mais gás do que os dragões...!


O FC Porto bateu este domingo o Rio Ave (1-0), em Vila do Conde, em partida referente à 7ª jornada do campeonato, somando assim a sexta vitória consecutiva na prova. Marega (12m) assinou o golo dos Dragões, que passam a somar 18 pontos, menos um do que o líder Famalicão.


Árbitro : Nuno Almeida (Ferrari) da AF do Algarve
Assistentes: André Campos e Pedro Martins
4º Árbitro: João Mendes
VAR : Jorge Sousa, auxiliado por Nuno Manso


RIO AVE FC : 1Kieszek

4Nélson Monte 45', 15Aderllan Santos, 6Borevkovic, 2Matheus Reis
5Filipe Augusto, 10Diego Lopes 45', 8Tarantini, 11Nuno Santos
9Bruno Moreira 79', 21Carlos Mané

SUPLENTES : 88Paulo Vítor, 24Pedro Amaral, 33Messias Jr
23Nikola Jambor 45', 99Mehdi Taremi 45', 14Lucas Piazón, 19Ronan 79'

TREINADOR : Carlos Carvalhal

FC PORTO : 32Agustín Marchesín,
17Tecatito 60', 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
22Danilo Pereira, 16Matheus Uribe, 25Otávio
10Nakajima 75', 20Zé Luís 82', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba 75', 18Wilson Manafá 60',
6Bruno Costa, 29Soares, 7Luis Díaz 82', 49Fábio Silva

TREINADOR : Sérgio Conceição

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Partir pernas aos adversários é hábito dos futebolistas do SLB

O caso da lesão do Romário Baró
(prémio para o Fábio Cardoso que na próxima época irá reforçar o plantel do Benfica)
Ações deste tipo não são inéditas nos futebolistas encarnados:
a) Tempos atrás, Toni ex-jogador do SLB partiu uma das pernas ao brasileiro Marco Aurélio que na altura jogava no FC Porto.
b) E também tempos atrás, mas mais recente, o grego Katsoranis partiu uma perna ao Anderson, antes dele rumar ao Manchester United...
Portanto é característica dos futebolistas do Benfica partirem pernas aos profissionais adversários colegas de profissão...!!

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

João Henriques e António Nobre optam pela caça aos Dragões

Da Dragões Diário
...Já Romário Baró acabou por ter um final de noite infeliz. Ao minuto 90, o médio tornou-se a principal vítima do arraial de porrada promovido pelos açorianos e teve de ser substituído na sequência de uma entrada violentíssima de Fábio Cardoso. O central do Santa Clara, como se sabe, tem boa escola e é azarado. Contra uns tem o azar de escorregar, contra outros tem o azar de provocar lesões.
Mas nem tudo é mau para esta pérola da Margem Sul. No meio de tanto azar, teve a sorte de encontrar um árbitro que lhe poupou o mais do que evidente cartão vermelho. De resto, a atitude do juiz ao longo do jogo foi quase sempre de completa complacência disciplinar em relação à postura sempre agressiva e muitas vezes violenta dos vis
itantes.


Francisco J. Marques, reagiu no Twitter à entrada dura de Fábio Cardoso sobre Romário Baró durante o jogo com o Santa Clara para a Taça da Liga. O diretor de comunicação do F. C. Porto considerou a falta "muito grave".

"Esta entrada de Fábio Cardoso é muito grave, em linha com a agressividade exageradíssima do Santa Clara, que contou com a benevolência do árbitro. Que diferença quando defrontam outras equipas e não adianta depois virem dizer que são grandes profissionais. Uma vergonha", escreveu.

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Taça da Liga - FC Porto vence com dificuldade o Santa Clara

O FC Porto entrou com o pé direito na Taça da Liga, ao vencer o Santa Clara por 1-0, no segundo duelo com a equipa dos Açores no Estádio do Dragão. Diogo Leite marcou o único golo do encontro, permitindo à formação portista assumir a liderança no Grupo D, que é igualmente disputado por Desportivo de Chaves e Casa Pia.
Sérgio Conceição apresentou um onze com nove alterações, num ciclo intenso de jogos, possibilitando a titularidade de quatro vencedores da última edição da UEFA Youth League: Diogo Costa, Diogo Leite, Romário Baró e Fábio Silva.
O Santa Clara, com excesso de agressividade ao longo do encontro - como ficou demonstrado na entrada muito dura de Fábio Cardoso sobre Romário Baró, originando a lesão do médio - procurou responder na etapa complementar mas o controlo do jogo continuou a pertencer ao FC Porto, que podia ter chegado ao segundo golo por intermédio de Soares (74m) e Pepe (86m). Estava, de qualquer forma, garantido o sétimo triunfo consecutivo dos Dragões.

Apreciação
Manafá é demasiado macio para defesa. Mbemba mais uma vez muito bem!


Ficha Oficial do Jogo - Estádio do Dragão - 25 de Setembro de 2019

Árbitro : António Nobre (AF Leiria)
Assistentes: Nélson Pereira e José Luzia
4º Árbitro: David Silva

FC PORTO: 31Diogo Costa
18Wilson Manafá, 3Pepe, 4Diogo Leite, 13Alex Telles
19Mbemba, , 8Romário Baró 90', 6Bruno Costa
10Nakajima , 49Fábio Silva 75', 29Soares 84'

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín, 2Tomás Esteves
15Mamadou Loum, 16Matheus Uribe, 25Otávio 75', 20Zé Luís 84',
7Luis Díaz 90',

TREINADOR : Sérgio Conceição

CD SANTA CLARA: 1André Ferreira
12César, 4Fábio Cardoso, 2Rafael Ramos, 24Mamadu Candé
17Lincoln 68', 33Lucas Marques 78', 21Nené, 95Guilherme,
18Stephens 60', 11Pineda

SUPLENTES : 96João Lopes, 15J. Lucas, 3Zaidu Sanusi
10Bruno Lamas 68', 7Ukra 60', 92Pablo Diogo, 9Malick Evouna 78'

TREINADOR : João Henriques

Youth League - Árbitro caseiro inglês esmaga FC Port-B

Está visto que o Rui Barros não tem pedalada para se assumir como um treinador de campo competente, portanto sugiro que se dedique a tratar de funções administrativas...
Se bem que os portistas pareciam miúdos a jogar contra os adultos do Swansea...!!
E aqui, em abono da verdade, também temos de considerar que o Mr. Tom Reeves contribuiu com os seus "critérios disciplinares caseiros" para a derrota volumosa dos portistas.


Swansea City AFC 5 FC Porto B 1 - Landore Training Ground

FICHA DE JOGO

SWANSEA SUB-23, 5 FC PORTO B, 1
Premier League International Cup, 1.ª jornada Grupo D
25 de setembro de 2019
Landore Training Ground

Árbitro: Tom Reeves (com um desempenho vergonhosamente caseiro, contribuiu para a derrota volumosa da equipa do FCP B)
Assistentes: Steve Durnall e Bradley Hall
Quarto árbitro: Thomas Staten

SWANSEA SUB-23: Joshua Gould (g.r), Tivonge Rushesha, Cameron Evans, Brandon Cooper, Matthew Blake, Jack Evans (cap.), Simon Paulet, Jordan Garrick, Kieran Evans, Oliver Cooper e Liam Cullen
Substituições: Simon Paulet por Daniel Williams (60m), Matthew Blake por Jacob Jones (66m) e Kieran Evans por Cameron Berry (78m)
Não utilizados: Lewis Webb (g.r), Kees de Boer, Mason Jones-Thom e Joshua Thomas
Treinador: Gary Richards

FC PORTO B: Ricardo Silva (g.r), Rodrigo Ferreira, Diego Landis, Gonçalo Brandão, Tiago Lopes, Boris Enow, Fábio Vieira, Vítor Ferreira, João Mário, Taddeus Nkeng e Madi Queta
Substituições: Taddeus Nkeng por Afonso Sousa (ao intervalo), Tiago Lopes por Ángel Torres (ao intervalo) e Fábio Vieira por Tony Djim (60m)
Não utilizados: Francisco Meixedo (g.r), Luís Mata, Pedro Justiniano e Diogo Ressurreição
Treinador: Rui Barros

Ao intervalo: 4-1
Marcadores: Liam Cullen (6m e 23m), Diego Landis (11m) e Oliver Cooper (16m, 44m e 57m)
Disciplina: cartão amarelo a Simon Paulet (40m), Afonso Sousa (63m), Boris Enow (77m) e Ángel Torres (90+2m)

Foi a equipa da casa a entrar melhor na partida e a inaugurar cedo o marcador por Liam Cullen (6m). No entanto, a vantagem inglesa não durou muito tempo e cinco minutos depois, na sequência de um canto batido por Vítor Ferreira, Diego Landis voltou a restabelecer a igualdade.
Os jogadores do Swansea reagiram ao empate e até ao intervalo dominaram as oportunidades e conseguiram aumentar a vantagem para 4-1. Oliver Cooper (16m e 44m) e Liam Cullen (23m) foram os autores dos golos.
Na segunda parte a equipa inglesa voltou a entrar melhor no jogo e aos 57 minutos, Oliver Cooper fez o 5-1. Ricardo Silva ainda defendeu uma grande penalidade aos 73 minutos, mas sem alterações no marcador até ao apito final, o resultado fixou-se nos 5-1 para os Sub-23 do Swansea.

Luís Filipe Vieira e o caso E-Toupeira

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do F. C. Porto, reagiu à entrevista de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica e voltou a associar Paulo Gonçalves ao clube encarnado.

Luís Filipe Vieira procurou mais uma vez passar a ideia de que o Benfica não sabia de nada, de que o clube foi inocentado pela Justiça. Todos nós pudemos ler no acórdão do Tribunal da Relação que ele tinha agido em benefício do Benfica, com os meios do Benfica, para bem do Benfica. Porque havia ali umas dúvidas, porque eventualmente o Ministério Público não teria concluído devidamente a investigação. Não era possível estabelecer ligação à SAD do Benfica, daí não se levar a SAD do Benfica a julgamento. Estar hoje a dizer que o Benfica não tinha nada a ver com o Paulo Gonçalves é uma enorme cortina de fumo. A parte que mais me interessava, que era ouvir as explicações do presidente, ouvir as justificações ao envolvimento do Benfica no caso. Ele não foi capaz de esclarecer absolutamente nada, ele acabou por confirmar o envolvimento do Benfica mesmo que formalmente o clube tenha conseguido escapar a um julgamento. Agora, como ainda recentemente se pôde ler na imprensa, quando começar o julgamento do Paulo Gonçalves, evidentemente o Benfica também vai estar a ser julgado", concluiu.

terça-feira, 24 de setembro de 2019

A execrável SportTV - Contra factos não há argumentos

Como se viu após o jogo de Portimão a Sport TV andou de lupa à caça de imagens para provar que a bola não bateu no braço, bateu no peito do jogador Jadson, não era penálti. Não acho que tenham provado nada, as imagens não são conclusivas, mas que andaram, andaram e com isso lá deram origem a mais um capítulo do "Perdoa-me", algo que só acontece no futebol português quando o F.C.Porto é pretensamente beneficiado ou o SLB prejudicado. Mas no jogo entre Moreirense e Benfica, aí a "quiduxa" Sport TV nem o básico conseguiu mostrar; se no 1° golo do clube de todos os regimes, o lançamento de linha lateral foi bem ou mal decidido; se no início da jogada que terminou no 2° golo, Rúben Dias fez ou não falta sobre o avançado da equipa de Moreira de Cónegos... etc...etc...
Este comportamento é recorrente, pena que o F.C.Porto não tome uma posição de força contra o operador que transmite a maioria dos jogos da Liga NOS.
Texto surripiado ao dragão até à morte

Benfica fraco reclama contra arbitragens do FC Porto

Está a ser demasiado evidente que os dirigentes benfiquistas apercebendo-se do momento menos bom da sua equipa estão a tentar lançar poeira para os olhos dos seus adeptos e restante público, por várias razões:
1 - Apercebendo-se de que a equipa benfiquista atravessa um momento menos bom (rendimento fraco da equipa), ou seja, que as exibições cinzentas desta não convencem, começam a ter receio de serem ultrapassados na classificação geral.
2 - Por outro lado constatando que o inicio da época está a correr muito bem para os Dragões, tratam de com o apoio da comunicação social fanática vermelha injectar dúvidas no público (reclamando contra hipotéticos penáltis perdoados ao FCP) relativamente ao evidente mérito dos portistas...!
3 - A intenção é clara: condicionar, afectar psicologicamente (arbitragem) os árbitros para que estes na dúvida prejudiquem a equipa azul e branca.

domingo, 22 de setembro de 2019

O Santa Clara tb vai dar no osso quando defrontar o Benfica

Luís Godinho um árbitro de carácter débil , com preconceitos anti-portistas, teve várias decisões dúbias, para compensar os cartões amarelos, esses sim justificados, pelas entradas nitidamente faltosas dos açorianos, admoestou também sem justificação com a cartolina amarela vários futebolistas portistas.

Relativamente ao futebol praticado pela equipa do Santa Clara pergunta-se: será que o líder da equipa técnica, o João Henriques de Tomar, também vai instruir os jogadores açorianos para jogarem duro (agressividade excessiva) quando defrontarem o Benfica?!


Quanto à actuação da equipa azul e branca há a realçar que alternou algumas jogadas de belo efeito com um futebol por vezes trapalhão, desconcentrado, de passes precipitados, denunciados, sem precisão, e, que eram muitas vezes interceptados pelos contrários... Então no capítulo da finalização é grande parte das vezes um autentico descalabro...!!

A equipa portista um a um (pontuação em 10)

Marche 7 (precisa de melhorar a reposição da bola em jogo),
Corona 7 (alternou com altos e baixos), Pepe 8 (o melhor da defesa), Marcano 7 (precisa de melhorar a precisão de passe), Manafá 5 (melhor a atacar que a defender), Uribe 6 (precisa de melhorar o entrosamento com os colegas), Danilo 7 (alternou com altos e baixos), Otávio 8, (foi dos portistas mais massacrado pelos açorianos), Luiz Dias 7 (muito esforçado mas pouco consistente), Zé Luís 7 (alternou com altos e baixos, esteve perdulário), Marega 7 (esforçado mas algo precipitado, tb esteve perdulário), Nakajima 4 (tarda a justificar o investimento), Soares 6 (entrou com vontade mas tarde) Mbemba 7 (quando entrou fez tudo bem).


Ficha oficial - Estádio do Dragão - FC Porto-Santa Clara, 20h30, 22/09/2019


Árbitro: Luís Godinho da A.F. de Évora
Assistentes: Rui Teixeira e Valter Rufo
4.º árbitro: Hugo Silva
VAR/AVAR: Rui Oliveira e Nélson Cunha


O FC Porto recebeu e bateu este domingo o Santa Clara (2-0), no Estádio do Dragão, em partida referente à sexta jornada do campeonato, somando assim a quinta vitória consecutiva na prova. Zé Luís (15m) e César (41m), na própria baliza, fizeram os golos dos Dragões, que passam a somar 15 pontos.


FC PORTO: 32Agustín Marchesín
17Tecatito 76', 3Pepe, 5Marcano, 18Wilson Manafá
16Matheus Uribe, 22Danilo Pereira, 25Otávio
20Zé Luís 83', 7Luis Díaz 67', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba 76', 8Romário Baró, 6Bruno Costa,
10Nakajima 67', 29Soares 83', 49Fábio Silva

TREINADOR : Sérgio Conceição

CD SANTA CLARA: 99Marco
91Patrick Vieira, 4Fábio Cardoso, 12César, 3Zaidu Sanusi
5João Afonso, 88Francisco Ramos 75', 6Osama Rashid
14Santana, 70Zé Manuel 59', 13Carlos Júnior 45'

SUPLENTES : 1André Ferreira, 24Mamadu Candé, 10Bruno Lamas 75',
21Nené, 17Lincoln 59', 95Guilherme 45', 11Pineda

TREINADOR : João Henriques

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

O Benfica com telhados de vidro

Se não fosse trágico até dava para rir

Então não é que o Benfica de Vieira se deu ao desfrute de criticar a actuação do Vasco Santos esquecendo-se dos penáltis vergonhosos assinalados a favor das águias na época passada...?!
"O Conselho de Arbitragem pôs hoje Vasco Santos a reconhecer que errou ao validar como VAR o penálti do Portimonense-FC Porto, mas ainda não teve tempo de pedir o mesmo aos árbitros das três últimas saídas do Benfica no passado campeonato", lê-se no primeiro tweet.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

FCP - Vitória difícil

Os Dragões venceram com dificuldade uma equipa (young boys) possante, rápida de pernas, com uma condição física superior.
A mim o que principalmente me impressionou foi a condição física dos suíços, ou seja: a grande agressividade sobre a bola, velocidade de pernas, capacidade de choque, resistência, domínio de bola e até a bastante interessante técnica individual dos avançados... Na Suíça os "young boys" vão ser muito difíceis de bater...
Conclusão: tenho serias dúvidas de que os Dragões consigam trazer de lá um bom resultado, quando lá forem jogar...

Ficha oficial do jogo . Estádio do Dragão - 19 de Setembro de 2019

Árbitro: 
Andris Treimanis (Letónia)
Assistentes: 
Haralds Gudermanis e Aleksejs Spasjonnikovs

4º Árbitro: Aleksandrs Golubevs
VAR:


FC PORTO: 32Agustín Marchesín, 

17Tecatito, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
25Otávio, 16Matheus Uribe, 22Danilo Pereira
7Luis Díaz 65', 29Soares 81'(2 golos), 11Marega 70'


SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba, 18Wilson Manafá 70', 
8Romário Baró 65', 20Zé Luís, 10Nakajima, 49Fábio Silva 81'

TREINADOR : Sérgio Conceição


BSC YOUNG BOYS: 26David von Ballmoos
3Frederik Sorensen, 5Cédric Zesiger, 14Nicolas Burgy, 21Ulisses Garcia
23Saidy Janko,
8Vincent Sierro 69', 28Lustenberger, 16Fassnacht 73'
17Roger Assalé, 18Nsame 60'

SUPLENTES : 1Marco Wolfli, 29Jordan Lotomba, 6Esteban Petignat
20Michel Aebischer 69', 11Gaudino 73', 99Hoarau 60', 19Mambimbi

TREINADOR : Gerardo Seoane


O FC Porto entrou da melhor maneira na Liga Europa ao receber e bater esta quinta-feira o
Young Boys (2-1), no Estádio do Dragão, em jogo referente à primeira jornada do Grupo G. Soares (8m e 29m) foi o marcador de serviço na equipa comandada por Sérgio Conceição, que passa assim a somar três pontos, tal como o Glasgow Rangers. A segunda ronda reserva uma viagem à Holanda, onde os Dragões defrontam o Feyenoord (3 de Outubro, 17h55).

Os Golos
 
FC Porto : Soares 8' e 29'
Young Boys : Nsame 15'

Sérgio Conceição
“Penso que entrámos bem no jogo contra uma equipa que ainda não tinha perdido esta época. O Young Boys é uma equipa forte fisicamente e que joga de forma muito direta. Às vezes uma bola longa pode surpreender-nos, como aconteceu no lance do penálti.

domingo, 15 de setembro de 2019

FCP - À beira do fracasso

Os primeiros 45 minutos foram bons ...
O tempo complementar porem denunciou todas as debilidades da equipa ...
Nakajima, um futebolista que muito prometia, tem-se revelado uma autêntica nulidade...!!

Ficha oficial do jogo - Estádio do Portimonense - 15 de Setembro de 2019

Árbitro: Rui Costa da A F Porto
Assistentes:Tiago Costa e João Bessa Silva
4º Árbitro: Gustavo Correia
VAR: Vasco Santos, auxiliado por Bruno Trindade.

PORTIMONENSE SC: 1Ricardo Ferreira
23Tavares, 4Jadson, 22Koki Anzai, 92Rodrigo Freitas
5Rómulo Machado 53', 21Pedro Sá, 29Lucas Fernandes 73'
10Bruno Tabata 65', 9Jackson Martínez, 77Aylton Boa Morte

SUPLENTES : 16Shuchi Gonda, 72Everson, 6Hackman,
25José Cevallos 73', 7Dener 53', 17Anderson Oliveira 65'
11Marlos Moreno

TREINADOR : António Folha

FC PORTO: 32Agustín Marchesín,
17Tecatito, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
16Matheus Uribe, 25Otávio 93', 22Danilo Pereira
7Luis Díaz 72', 20Zé Luís 81', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba, 18Wilson Manafá
6Bruno Costa, 29Soares 81', 10Nakajima 72', 49Fábio Silva 93'

TREINADOR : Sérgio Conceição

O FC Porto regressou neste domingo à competição com um triunfo por 3-2 frente ao Portimonense, no Algarve, em encontro referente à quinta jornada da Liga NOS. Alex Telles (25m) e Zé Luís (45m) colocaram os portistas em vantagem, a equipa da casa conseguiu chegar ao 2-2 na segunda parte mas Iván Marcano, já em período de descontos, fixou o resultado final com um belo golpe de cabeça.

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Debate de opiniões entre portistas

Para quem quiser...

Em primeiro lugar gostaria de constatar que aqui neste Blog (dragaodoente) o "foco", por ser o mais decisivo, seja a crítica às arbitragens... E só depois:

Teófilo – Quanto à expulsão também sou da opinião que devia ter sido amarelo mas o Xistra não é um dos Padres? O Nuno Almeida (Ferrari)não é um dos Padres? O Pinheiro não é um dos Padres? Não são os padres que apitam quase todos os jogos da 1ª divisão?! Então estão à espera de quê?! Bons árbitros?! Claro que não, são os árbitros que os corruptos encornados toureados escolheram portanto não se queixem...

Dragaoatento – Teófilo, importante, Carlos Duarte advogado (juntamente com Pedro Proença ex-árbitros de elite), agora comentador de arbitragem no Porto Canal é de opinião contrária à sua e exemplifica porquê...!

Lamachã – Claro que também chegada tardia do Uribe também influenciou, o Sergio Oliveira não tem aquela tranquilidade e aquele posicionamento que têm o colombiano.

Dragaoatento: Lamachã, creio que a diferença entre estes dois está mobilidade. O Uribe é mais móvel, o Sérgio é bom a distribuir jogo mas lento (de pernas) a recuperar...!

Mario fcp – Pegando na ideia do Soren a verdade é que o Benfica está montado à imagem do campeonato português.

Dragaoatento: “Mario fcp”, sim, mas mais importante, é salientar o porquê dos benfiquistas serem bem sucedidos na liga portuguesa, e que consiste no facto de serem apoiados (poderosa máquina de propaganda encarnada)pela grande maioria da comunicação social desportiva portuguesa (que escamoteia o facto do Benfica controlar os (bastidores ) órgãos de poder do futebol (FPF, CA Nomeações, CD)e por isso protegidos disciplinarmente pelos juízes do apito (autenticas passadeiras vermelhas para os benfiquistas)...!!

Vejam-se as análises às arbitragens pelo ex-árbitro Carlos Duarte (advogado) expert em arbitragem do Porto Canal.

"O Benfica abriu a caça à arbitragem"

O diretor de comunicação e informação do FC Porto responde às críticas do clube da Luz.

Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto, respondeu na noite desta terça-feira às críticas do Benfica à arbitragem do encontro dos dragões com o Vitória de Guimarães, feitas na newsletter do clube e na BTV. O encontro, recorde-se, ficou marcado pelas expulsões de Tapsoba e Davidson, a primeira logo aos 45 segundos.

"Segundo a maioria dos analistas de arbitragem, o Benfica não tem razão nenhuma. Considerou correta a decisão do árbitro. O Benfica abriu a caça à arbitragem. Na semana passada perdeu em casa com o FC Porto - quando ganhava tranquilamente havia paz no mundo - e abriu a caça à arbitragem. Isto mostra o que é a BTV. Não interessa a verdade factual do lance, mas a propaganda do Benfica, muito idêntica à que fizeram na época passada, após derrota também com o FC Porto, na Taça da Liga. O objetivo do Benfica é replicar o que aconteceu na época passada. Temos de estar vigilantes a este tipo de manobras que visam apenas perseguir a arbitragem e em torná-la refém do próprio Benfica", afirmou no Porto Canal.

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Os ex-árbitros do tribunal de OJogo estão errados

Os ex-árbitros do tribunal de OJogo estão errados e quem o afirma e prova com um gráfico é o actual comentador de arbitragem do Porto Canal, o ex-árbitro de elite (e Pedro Proença) Carlos Duarte advogado no programa Universo Porto de 02 de Setembro de 2019...:
http://portocanal.sapo.pt/um_video/5YyOTmrCqV7E8mpIwzLG

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Carlos Duarte: «Árbitros já são profissionais»

Carlos Duarte é um dos advogados de top da área criminal na “praça” portuense. Defendeu dois antigos árbitros no processo Apito Dourado e conseguiu chegar à 1.ª categoria, onde teve uma passagem efémera. Para ele, “as remunerações nunca foram a reivindicação mais importante dos árbitros”.

Recorda mesmo que quando integrou a elite, “só eu e o Pedro Proença tínhamos um rendimento que ia muito para além daquilo que auferíamos na arbitragem”. Um ofício que acabou por abandonar precisamente porque “era incompatível com a minha vida profissional”. Ou seja, “se me dedicasse à arbitragem, jamais seria capaz de ter progredido na minha carreira de advogado, ainda para mais numa área que exige muita dedicação”. Para Carlos Duarte, o modelo proposto apresenta alguns problemas. Um deles é o “quadro fechado”, situação que na sua opinião pode cortar as pernas aos novos valores da arbitragem. Mas atenção: “Tanto quanto sei, em Inglaterra os responsáveis quando detetam um bom valor, nem que seja na 3.ª categoria, vão buscá-lo para o grupo principal, e é isso que também devemos fazer aqui.”

Enredos encarnados por Raoc e PT

Raoc : Na pedreira foi mais um passeio para o Benfica....porque será?!

PT : Curioso, neste plantel do VSC há 6 ex FC Porto, e que chegaram a Guimarães de borla: Garcia, Rafa, Mikel, Andre A e o JC Teixeira, e em agosto o André Pereira foi emprestado... VSC que recentemente estabeleceu um protocolo com a formação do Benfica. Continuando, tão afoito o presidente do VSC na CI, mas omitiu as duas GP que ficaram por marcar, porquê? Por exemplo, na Luz terá o mesmo atrevimento? Bem, o Duarte Calabote na Luz, numa espaço de 12 minutos, marcou 3 penaltis mal assinalados contra o VSC, e então, ninguém se queixou ... Vamos acompanhar este Pinto de Lisboa atentamente...

...o ex-árbitro Tiago Rocha o "artista", afirmou :
"O Miguel Silva atinge o Marcano, mas este já tinha cabeceado a bola, como tal, já não há lugar à marcação de pontapé de penalty..."
Leram bem? Todos, mas todos os especialistas da arbitragem assumem que aquele lance foi mal ajuizado, excepto este "artista", e, das duas uma, ou é incompetente (porque as regras são bem claras), o que é grave, ou é mal intencionado o que é mais grave ainda, mas nem explica as razões para SportTV ter contratado este ex-árbitro da AF Lisboa... No carro de exteriores, teve mais de meia hora para ver, e rever as imagens dos lances polémicos, e com todos, e mais alguns planos, eventualmente pode cruzar opinião via telefone com um ex-árbitro, e : "O Miguel Silva atinge o Marcano, mas este já tinha cabeceado a bola, como tal, já não há lugar à marcação de pontapé de penalty..."
"Tiago Rocha é o novo comentador de arbitragem da Sport TV"
"Tiago Rocha 43 anos, ex- árbitro assistente C1 da AF Lisboa que foi despromovido na temporada passada aos distritais, terminou a sua carreira na arbitragem, e está na Sport TV a comentar assuntos de arbitragem."
(site de olho na arbitragem)
Já observaram a qualidade e graduação dos ex-árbitros que dão opinião no tal Juízo Final da Sport Tv? Um ex-árbitro assistente despromovido aos distritais da AF Lisboa, foi resgatado pela Sport Tv (talvez pelo Benfica) para analisar o trabalho de árbitros Internacionais?! É a mais pura das verdades, infelizmente sou assinante da SportTV ... Ó Perdigão sabias disto?

Uma pergunta ao PT : António Perdigão ainda se mantem como comentador de arbitragem no Porto Canal? É que vi no Porto Canal um tal Carlos Duarte (ex-árbitro e advogado) falar de arbitragem...!

domingo, 1 de setembro de 2019

Um Vitória difícil de ultrapassar

Fim dos primeiros 45' - FC Porto 1 Vitória de Guimarães 0

De registar um FC Porto hesitante a jogar demasiado para trás perante uma equipa vimaranense atrevida apesar de estar a jogar com dez jogadores. Então Rochinha, um jogador rápido, bom de bola, tem posto a cabeça em água aos defesas portistas... Este Rochinha tinha de certeza lugar nesta equipa do FC Porto. Depois da fantástica exibição dos Dragões na Luz, esperava-se um FC Porto na mesma determinado, mas mais calmo, mais confiante, contundente e assertivo. Aconteceu porem que perante uma equipa vimaranense com capacidade de choque, agressiva e indisciplinada (2 expulsões) os azuis e brancos sentiram mesmo assim algumas dificuldades para se imporem.


Resultado final FC Porto 3 Vitória de Guimarães 0

Ficha oficial do Jogo - 01 de Setembro de 2019 - Estádio do Dragão

Árbitro: Carlos Xistra
Assistentes: Jorge Cruz e Marco Vieira
4ºÁrbitro: David Silva
VAR: António Nobre e Bruno Jesus como assistente


FC Porto: Marchesín,
Corona, Pepe 45', Marcano, Alex Telles,
Romário Baró 77', Danilo, Matheus Uribe,
Luis Díaz, Zé Luís 77' e Marega.

Suplentes: Diogo Costa, Bruno Costa, Mbemba 45', Manafá, Otávio 77', Soares 77' e Fábio Silva.

Treinador: Sérgio Conceição

Vitória de Guimarães: Miguel Silva,
Sacko, Tapsoba, Bondarenko, Rafa Soares,
Al Musrati 39', Poha 82', Rochinha, Pêpê 5',
Lucas Evangelista e Davidson.

Suplentes: Douglas, Pedro Henrique 5', João Carlos Teixeira 39´, Florent 82', André Almeida, 

Lucas e Bruno.

Treinador: Ivo Vieira

O jogo ao minuto

O FC Porto recebeu e bateu este domingo o Vitória de Guimarães (3-0), no Estádio do Dragão, em jogo a contar para a quarta jornada da Liga NOS. Marega (14m e 90m+3) e Marcano (88m) assinaram os golos dos Dragões, que somaram assim o terceiro triunfo consecutivo no campeonato. Os azuis e brancos seguem na segunda posição da tabela, com nove pontos, menos um do que o Famalicão.
Estavam decorridos apenas 45 segundos quando Tapsoba, central do Vitória de Guimarães, viu o cartão vermelho direto por derrubar Marega quando este seguia isolado em direção à baliza. A decisão de Carlos Xistra foi validada pelo VAR e os vimaranenses ficaram em inferioridade numérica logo no primeiro minuto, mas não foi por isso que deixaram de oferecer uma brava resistência ao FC Porto. A superioridade portista acentuou-se com naturalidade e o golo não tardou.
Corona viu a desmarcação de Marega e cruzou com conta, peso e medida para o avançado maliano, que dominou a bola, tirou dois adversários do caminho e rematou a contar por baixo do corpo de Miguel Silva (14m). Segundo jogo consecutivo a marcar para o 11 dos Dragões, que já tinha feito o gosto ao pé no clássico da Luz. Os vimaranenses nunca deixaram de olhar para o ataque e podiam ter chegado ao empate por intermédio de Rochinha, mas Marchesín foi enorme entre os postes (18m).
Já no período de compensação da primeira parte, Zé Luís teve o 2-0 ao jeito do pé esquerdo, mas rematou por cima (45m+5). Mbemba, que entrou no decorrer da etapa inicial para o lugar do lesionado Pepe, foi o primeiro protagonista do segundo tempo: na sequência de um canto cobrado por Alex Telles, o central portista subiu mais alto do que toda a gente, mas o cabeceamento não saiu enquadrado com a baliza (55m). Também não há como passar ao lado de dois lances na área vimaranense que deixaram muitas dúvidas.
Primeiro foi Marcano a ser atingido na cara por Miguel Silva (59m), depois foi Luis Díaz a ser derrubado por Sacko (68m). Carlos Xistra e seus pares mandaram seguir em ambas as ocasiões e o FC Porto continuou à procura do conforto do segundo golo, mas esbarrou quase sempre na inspiração de Miguel Silva. O guarda-redes só não conseguiu travar com eficácia o remate de Luis Díaz, deixando abola à mercê de Marcano para o 2-0 (88m). As contas não ficavam por aqui, pois Marega ainda foi a tempo de bisar no período de compensação (90m+3).

Disciplina
Cartões amarelos   : Marcano, Luíz Diaz e Corona do FC Porto

     "            "             : F. Sacko, Davidson (2), Pedro Henrique,
     "        vermelhos: Tapsoba E. e Davidson (viu 2º amarelo por reclamar)

sábado, 31 de agosto de 2019

Uribe um profissional de grande maturidade

Dragaatento: acredito que Matheus Uribe está na origem da evolução da equipa...!!

Apesar de não gostar de individualizar, o treinador do FC Porto mostrou-se rendido a Matheus Uribe, que se mostrou em bom plano na vitória na Luz.

"Não gosto muito de individualizar. É um jogador se calhar desconhecido para a maioria, como Marchesín. Dei indicação e de acordo com aquilo que o clube podia fazer em termos de contratação, percebi que era importante para a equipa, assim como todos os outros.

É acima de tudo um jogador muito disciplinado, muito rigoroso naquilo que se pede. Não tem tido muita chegada porque o que lhe pedi na Luz e contra o V. Setúbal foram coisas diferentes, de acordo com o momento da equipa e o que queria para o próprio jogo. É um espetáculo de jogador, se me permitem", salientou.

Liga Europa - FC Porto vai integrar o Grupo G

FC Porto vai integrar o Grupo G da prova, na sequência do sorteio realizado nesta sexta-feira

O FC Porto vai defrontar BSC Young Boys (Suíça), Feyenoord (Holanda) e Rangers FC (Escócia) no Grupo G da Liga Europa, na sequência do sorteio realizado nesta sexta-feira no Grimaldi Forum, no Mónaco.

Paulo Ferreira, que venceu a Taça UEFA (2003) e a Liga dos Campeões (2004) ao serviço do FC Porto, esteve no Grimaldi Forum para ajudar a definir a sorte dos participantes.

Os Dragões, cabeças-de-série no sorteio, integraram o pote 1 e farão parte de um dos 12 grupos desta fase, formados por quatro equipas cada.

Apuram-se para os 16 avos de final os dois primeiros classificados de cada grupo, a par dos oito terceiros classificados da fase de grupos da Liga dos Campeões.

A fase de grupos da Liga Europa disputa-se entre 19 de setembro e 12 de dezembro. A final da competição está agendada para 27 de maio de 2020, no Estádio Gdansk, na Polónia.

GRUPO G:

FC Porto (Portugal)
BSC Young Boys (Suíça)
Feyenoord (Holanda)
Rangers FC (Escócia)

CALENDÁRIO:

1.ª jornada: FC Porto-BSC Young Boys
19 de setembro (20h00)

2.ª jornada: Feyenoord-FC Porto
3 de outubro (17h55)

3.ª jornada: FC Porto-Rangers FC
24 de outubro (17h55)

4.ª jornada: Rangers FC-FC Porto
7 de novembro (20h00)

5.ª jornada: BSC Young Boys-FC Porto
28 de novembro (17h55)

6.ª jornada: FC Porto-Feyenoord
12 de dezembro (20h00)

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Dragão em festa...!

FC Porto - Formação
Entre os mais jovens, ontem houve vitórias da equipa B sobre o Farense (3-1), dos sub-19 sobre o Gil Vicente (2-0) e dos sub-17 sobre o Académico de Viseu (6-0), todas garantidas fora de casa. Para ver os melhores momentos de cada um destes jogos, basta entrar na aplicação da FC Porto TV e assistir aos respetivos resumos.

DRAGÃO DO SUL – De férias, longe do salão de festas
Havia uma bazófia muito grande... Iam ser favas contadas, de um Benfica superstar contra um FCP de mão estendida.

domingo, 25 de agosto de 2019

Justificação para os recentes desaires em Barcelos e no Dragão


Sérgio Conceição explica as primeiras derrotas

Os fracassos da equipa antes de vencer o Benfica na Luz

“O jogo de Barcelos foi depois da deslocação à Rússia e não estivemos bem nesse jogo. Podíamos e devíamos ter feito muito mais, mas não quero entrar em desculpas. Tive de fazer alguma rotação e a equipa sentiu muito esse jogo. Contra o Krasnodar fizemos uma primeira parte medíocre, mas também tivemos algum azar. Aqui no Estádio da Luz, fizemos o melhor jogo esta época e talvez o melhor em casa do Benfica. Só um grande FC Porto poderia ganhar este jogo ao Benfica. Fizemos um jogo de grandíssima qualidade. Ontem não éramos os piores, mas hoje também não somos os melhores.”

A luta pelo título
“Este campeonato tem os três históricos a lutar pelo título, como sempre. Nos últimos anos, o Sporting de Braga colou-se a esses três históricos e também vejo o Vitória de Guimarães com uma excelente equipa, a fazer boas exibições. Isto ainda está no início. Na época passada tivemos alguns pontos de vantagem e perdemos. Isto tem significado se ganharmos ao Vitória de Guimarães e assim sucessivamente. São três pontos importantes, mas nada decisivos.”

sábado, 24 de agosto de 2019

Que a comunicação Social benfiquista enfie o "barrete"

A julgar pelo que a Comunicação Social benfiquista fanática tem propalado aos quatro ventos, os Dragões deviam ter entrado em campo na Luz atrofiados, atendendo, segundo a tal Com. Social benfiquista, , à diferença de qualidade entre as duas equipas, com segundo eles, a manifesta superioridade benfiquista, o que não se confirmou…!
Só que pelos vistos, acabou por não ser bem assim e os Dragões conseguiram provar em campo aos portugueses que afinal não obstante o Benfica ter uma excelente equipa, os portistas também são uma equipa que se pode bater de igual para igual com os supercraques encarnados…!

O FC Porto venceu este sábado o Benfica (2-0), no Estádio da Luz, em jogo referente à terceira jornada da Liga NOS. Zé Luís (22m) e Marega (86m) foram os marcadores de serviço nos Dragões, que não deram hipóteses ao adversário. Com este triunfo, os azuis e brancos passam a somar seis pontos e aproximam-se do topo da tabela.
O FC Porto entrou muito bem no clássico e assumiu o controlo do jogo logo de início, demorando apenas sete minutos até chegar com perigo à baliza de Vlachodimos: em zona frontal, Romário Baró rematou à figura do guarda-redes do Benfica. Os Dragões nunca perderam o equilíbrio durante a etapa inicial e numa transição rápida, Marega isolou Zé Luís, mas o cabo-verdiano não conseguiu bater Vlachodimos (21m).
Foi uma espécie de presságio para o que aí vinha: na sequência de um canto cobrado por Alex Telles, um desvio caprichoso deixou a bola à mercê de Zé Luís, que não perdoou e fez o quinto golo em outros tantos jogos esta temporada (22m). Vantagem justíssima do FC Porto, que ficou a dever a si próprio uma vantagem mais folgada após os primeiros 45 minutos. A segunda parte começou como acabou a primeira, com o FC Porto a jogar no meio-campo defensivo do Benfica e a criar perigo: Luis Díaz só não fez o 2-0 porque Vlachodimos voou para o negar (48m).
O Benfica ainda tentou como pôde contrariar o jogo portista, mas nunca conseguiu fazer tremer a organização do coletivo comandado por Sérgio Conceição. Os espaços que se abriram na defensiva lisboeta faziam adivinhar o 2-0, que Marega desperdiçou de forma quase inacreditável na cara de Vlachodimos (78m). Não foi à primeira, foi à segunda: lançado por Otávio, o avançado maliano sentenciou o clássico e estreou-se a marcar em 2019/20 (86m).


Ficha Oficial do Jogo - Estádio da Luz - 24 de Agosto de 2019

Árbitro: Jorge Sousa
Assistentes: Nuno Manso e Sérgio Jesus
4º Árbitro: António Nobre

VAR: Nuno Almeida e António Godinho como AVAR

SL Benfica: 99Odysseas
71Nuno Tavares, 6Rúben Dias, 97Ferro, 3Álex Grimaldo
21 Pizzi, 61Florentino 79', 22 Andreas Samaris 45'

14 Haris Seferovic, 27 Rafa Silva, 9 Raúl de Tomás 71'

Suplentes : 72Zlobin, 34 André Almeida, 33 Jardel
49Taarabt 45', 19 Chiquinho 71', 95 Carlos Vinícius 79'
7 Caio Lucas

Treinador : Bruno Lage

FC Porto: 32Agustín Marchesín
17Tecatito, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
22Danilo Pereira, 16Matheus Uribe, 8Romário Baró 73'

20Zé Luís 73', 11Marega, 7Luis Díaz 81'

Suplentes : 31Diogo Costa
18Wilson Manafá 81', 19Mbemba, 6Bruno Costa, 25Otávio 73'
29Soares 73', 49Fábio Silva

Treinador : Sérgio Conceição


sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Benfica como sempre quer influenciar a arbitragem

Como sempre o Benfica tenta influenciar o árbitro que for nomeado para dirigir o jogo, ou seja, como em épocas anteriores os benfiquistas querem é ser "levados ao colo" a fim de mais facilmente ganharem o jogo...!!

Na conferência de imprensa de antevisão à partida com o Benfica, Sérgio Conceição foi confrontado com o apelo dos encarnados sobre uma alegada caça a Rafa dentro das quatro linhas.
O treinador do FC Porto destaca as qualidades do extremo das águias, mas discorda dessa tese.
“Primeiro, dizer que o Rafa é um elemento importante no Benfica, principalmente nas situações de ataque rápido, contra-ataque, situações de acelerar com bola, que pode fazer com que os adversários o tentem travar e aconteçam faltas.

Mas... Aconteceu com Brahimi, e, acontece com Luis Díaz .


Foram 19 amarelos e dois vermelhos por acumulação, penso que os adversários têm sido
(exageradamente) castigados pelos juízes do apito com cartões (Isto claro porque se trata de proteger os futebolistas encarnados).

Há um equilíbrio normal. A caça, não vejo nenhum tipo de caça a ninguém. Não nos focamos em apenas um jogador”, salientou.
Apesar de reconhcer a preponderância de Rafa no Benfica, Conceição garante que o jogador não terá tratamento especial.
“Não olhamos para um ou dois jogadores do Benfica, não estamos focados no Rafa, no Rui Costa ou no Mantorras. Olhamos sim para o coletivo.”, concluiu.
Recorde-se que o Benfica-FC Porto disputa-se amanhã, às 19h00.

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Jorge Maia - Necessidade e engenho

Esta chamada de atenção de Jorge Maia é mais que plausível e verosímil, pelo que ficamos a aguardar se a equipa técnica do FCP adotará os meios necessários para atingir o objectivo...! 

Os defesas centrais Diogo Queirós e Osório

Diogo Queirós e Osório, foram os defesas centrais preteridos... É um facto que o plantel parece ter defesas centrais a mais, mas estes em virtude da sua grande qualidade precisam de ser acarinhados e os dirigentes do FC Porto têm o dever de garantirem-lhes oportunidades a num futuro próximo...!


Aboubakar a precisar de competir

Aboubakar precisa de competir para ganhar ritmo, atingir a forma (condição física) ideal e elevar os seus índices de confiança...!

As armas (trunfos) portistas

Fonte de golos à esquerda
Se "Rafa" é o foguete encarnado (trunfo) que os benfiquistas consideram difícil de anular, os portistas também têm os seus trunfos para jogar só é preciso que o juiz do apito que dirigir o jogo na Luz tenha a coragem suficiente para em caso de necessidade reprimir a violência dos sarrafeiros benfiquistas...!



Corona na Luz para dar mais segurança (?)

Pessoalmente não acredito que Jesus Corona possa competir em velocidade de pernas com "Rafa" sprinter benfiquista. Este lançado em corrida bate qualquer um dos defesas portistas, logo será avisado colocar a jogar uma dupla de defesas laterias rápidos (Manafá e Romário Baró) para numa eventualidade anularem o foguete encarnado.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Benfica exige passadeira vermelha para "Rafa"

E tudo porque no próximo jogo o Benfica defronta o FC Porto no estádio da Luz...!!
Não obstante serem normalmente protegidos pelas arbitragens e pela imprensa desportiva fanática benfiquista o clube de Vieira exige tratamento especial para "Rafa" , esquecendo-se que os seus sarrafeiros habituais : Ruben Dias, Ferro, Samaris...etc... normalmente não estão com contemplações com os adversários...!


Benfica quer passadeira vermelha para "Rafa"
Depois de destacar a vitória sobre o Belenenses SAD, os encarnados manifestaram o seu desagrado em relação ao que consideram ser "sucessivas faltas" sobre o extremo, ao mesmo tempo que apela à "defesa do talento".
"Qualquer que seja a cor do clube e jogadores - existindo esta referência porque Rafa começa a ser alvo e vítima de sucessivas faltas e entradas muito duras como única forma de o parar - apela-se somente por uma criteriosa e rigorosa aplicação das leis do jogo que termine com esta espécie de 'caça ao Rafa'.
Agora toda a concentração e foco passa para o próximo desafio, um dos clássicos do futebol nacional, um Benfica-FCPorto que esperamos que seja um grande espetáculo com desportivismo dentro e fora do campo e que prestigie o futebol",
referem as águias.

Aboubakar a ganhar ritmo na "B"

Após a sua longa paragem por lesão Aboubakar tem necessidade de competir para ganhar ritmo, daí a sua inclusão na equipa "B" para ganhar minutos de jogo...!

Marche não engana, é um fora de série...!

Marchesin é como o algodão não engana, e, temos ali um fora de série...!!

FC Porto B ainda sem ganhar

O FC Porto B ainda não ganhou, mas tudo leva a crer que logo, logo, voltará às vitórias...!

Zé Luís o novo artilheiro da equipa ?

Zé Luís com o último hat-trick prometeu muito... Veremos já no próximo jogo da Luz se a equipa poderá continuar a contar com ele... Até pode não ser decisivo, mas que ganhava nova alma, ganhava...!

domingo, 18 de agosto de 2019

Preparação do Jogo com o Benfica na Luz

Dado que a equipa encarnada de Lage é muito forte, atravessa um bom momento de forma, tem um bom conjunto e dispõe duma condição física excelente, todo o cuidado a assumir pelos portistas é pouco... Até porque jogam em casa e vão de certeza beneficiar da proteção da equipa de arbitragem que for nomeada...!

E se me dão licença, eu como mero treinador de bancada e sócio do FC Porto gostaria de dissertar sobre quais as possibilidades dos Dragões conseguirem um bom resultado na Luz.
Como é público os benfiquistas nos jogos contra os adversários gozam normalmente da boa vontade/benevolência dos juízes do apito, principalmente no capítulo disciplinar, caso dos centrais encarnados Ruben Dias, Ferro, que são dois caceteiros de primeira... Incluindo o Samaris ...etc... Por isso, para que os portistas tragam um bom resultado da Luz, é basilar que melhorem a sua circulação de bola (precisão do passe) e que garantam a ineficácia da dupla Pizzi e Rafa (este por ser um sprinter), e, para isso, sugiro que preparem, instruam, a dupla dos Dragões Manafá e Romário Baró para parar o "Rafa" porque me parecem os dois futebolistas mais rápidos da equipa.
Pelo que percebi pelos seus comentários o Dr. Fernando Rio acredita que Pepe ainda mantém a velocidade de outrora e eu penso que mesmo que seja em parte verdade, temos de ser realistas e admitir que o Pepe já não dispõe da destreza, agilidade, reflexos, resistência d'outros tempos, por isso precisa da ajuda da equipa para fazer proveito de toda a sua experiência...!

FC Porto: Equipa e Adeptos = Reconciliação

FC Porto 4 Vitória de Setúbal 0
Foi um jogo bem disputado com a equipa portista a produzir uma exibição de qualidade...!
Só não gostei da actuação do juiz do apito Manuel Mota, o qual me pareceu deveras preocupado em não errar a favor da equipa azul e branca

Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 17 de Agosto de 2019

Árbito: Manuel Mota
Assistentes:
Jorge Fernandes e Luciano Maia
4º Árbitro: 
Fábio Melo
VAR : Vasco Santos e 
Bruno Rodrigues no AVAR.


O FC Porto venceu o Vitória de Setúbal por 4-0, em encontro a contar para a segunda jornada do campeonato. Três golos de Zé Luís e o remate certeiro de Luis Díaz confirmaram o triunfo dos azuis e brancos, que dominaram o jogo do primeiro ao último minuto.
A precisar de alterar o rumo do Dragão, Sérgio Conceição fez três alterações no onze inicial. Ao recuar Tecatito Corona para a lateral direita, abriu espaço para Romário Baró se estrear na liga com a camisola do FC Porto. Uribe rendeu o lesionado Sérgio Oliveira no meio-campo e Zé Luís foi o companheiro de ataque de Marega.
Conformadas com o resultado, as duas equipas desaceleraram, ainda que tenha sido o FC Porto a manter o controlo do encontro. Vitória justíssima antes da deslocação ao Estádio do Luz.

Os golos : 
Zé Luís 11', Zé Luís 20', Zé Luís 63', Luis Díaz 64'


FC PORTO: 32Agustín Marchesín
17Tecatito, 3Pepe, 5Marcano, 13Alex Telles
8Romário Baró, 22Danilo Pereira, 16Matheus Uribe 67'
7Luis Díaz, 20Zé Luís 78', 11Marega 72'

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba, 18Wilson Manafá
25Otávio, 29Soares 72', 10Nakajima 67', 49Fábio Silva 78'

TREINADOR : Sérgio Conceição

VITÓRIA FC: 90Makaridze
4Artur Jorge, 5Mano, 24Bruno Pires, 17Sílvio
8Nuno Valente, 10Éber Bessa, 34Vilela 46'
11Hildeberto 67', 9Hachadi 78', 87Zequinha

SUPLENTES : 1Valido, 66João Meira, 47Castro, 16André Sousa
76Carlinhos 46', 22Brian Mansilla 67', 7Guedes 78'

TREINADOR : Sandro Mendes