domingo, 23 de fevereiro de 2020

Não obstante Hugo Miguel e Portimonense contra FC Porto

Hugo Miguel tem feito vista grossa a muitos lances em que os avançados portistas bem lançados são impedidos ilicitamente de progredir com a bola...!

Ficou uma grande penalidade favorável ao FC Porto por marcar: Zé Luís foi nitidamente rasteirado na área do Portimonense, só que desta vez o VAR resolveu não intervir, ou então não aconselhou Hugo Miguel a ir ver o lance ao monitor...!!

Fim dos primeiros 45' e FC Porto 0 Portimonense 0

Os automatismos não têm funcionado na equipa portista. Sai tudo muito denunciado e à espera que um dos elementos da equipa que fazem a diferença resolva, ou seja, que num momento de inspiração um daqueles que fazem a diferença consiga desmontar a extrema defesa muito compacta e bem organizada dos homens de Portimão.
E foi o que na 2ª parte aconteceu, Alex Telles aos 87' tirou um coelho da cartola com um portentoso remate que não deu quaisquer hipótese ao guardião contrário.

O jogo de quinta-feira passada deixou mossas na equipa azul e branca, e já se sabe, equipa cansada perde: discernimento, tranquilidade e até consistência.


Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 23 de Fevereiro de 2020

Resultado final : FC Porto 1 Portimonense 0


O FC Porto bateu este domingo o Portimonense (1-0), assumindo  à condição, a liderança do campeonato. Um remate fulminante de Alex Telles, aos 87 minutos, permitiu aos azuis e brancos superar os algarvios e chegar aos 56 pontos, mais dois do que o Benfica, que tem menos um jogo disputado.


Árbitro : Hugo Miguel da AFL

Assistentes: Bruno Jesus e Ricardo Santos
4º Árbitro: Gustavo Correia
VAR : Bruno Esteves, auxiliado por André Campos.

FC PORTO : 32Agustín Marchesín,
17Tecatito, 19Mbemba, 5Marcano, 13Alex Telles
16Matheus Uribe 55', 27Sérgio Oliveira 83', 25Otávio
7Luis Díaz, 29Soares 54', 11Marega

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 4Diogo Leite, 18Wilson Manafá
15Mamadou Loum, 8Romário Baró 83', 20Zé Luís 54', 10Nakajima 55'

TREINADOR : Sérgio Conceição

PORTIMONENSE SC : 16Shuchi Gonda
3Lucas Possignolo, 6Hackman, 28Willyan Rocha, 4Jadson
19Henrique, 7Dener, 21Pedro Sá, 29Lucas Fernandes 72'
10Bruno Tabata 77', 9Jackson Martínez 65'

SUPLENTES : 1Ricardo Ferreira, 23Tavares, 22Koki Anzai
96Fernando, 88Bruno Costa 72', 13Mohanad Ali 77'
77Aylton Boa Morte 65'

TREINADOR : Paulo Sérgio

Disciplina cartões amarelos
FC Porto: Otávio
Portimonense: 
28Willyan Rocha, 4Jadson, 19Henrique, 7Dener, 21Pedro Sá

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Hugo Miguel para arbitrar o embate entre FC Porto e Portimonense, relativo à 22.ª jornada da Liga. O jogo está agendado para este domingo, às 20h30 (Sport TV), no Estádio do Dragão.O árbitro da Associação de Futebol de Lisboa terá como assistentes Bruno Jesus e Ricardo Santos, sendo Gustavo Correia o quarto árbitro. No videoárbitro estará Bruno Esteves, auxiliado por André Campos.

David Silva da AFP um árbitro complexado

Na segunda etapa, o Estoril até entrou melhor, contudo a toada do encontro manteve-se. O FC Porto criou mais perigo e Rodrigo Valente dividiu o protagonismo com David Silva. Aos 55 minutos, o médio de 19 anos é alvo de uma carga nas costas dentro da área estorilista, porém o juiz da partida mandou seguir o lance. Meia dúzia de minutos depois (61'), foi a vez de Fábio Vieira sofrer uma falta no limite da área que o árbitro da AF Porto não assinalou. Aos 70', a grande oportunidade do encontro: um remate na recarga, de Rodrigo Valente, obriga Daniel Figueira à defesa da tarde. O jogo caminhou para o fim sem grandes incidências nas duas balizas e fechou com a divisão de pontos.

Ficha do jogo - 22 de Fevereiro de 2020 - 
Estádio do Pedroso, Vila Nova de Gaia

FC PORTO B 1 -ESTORIL 1 - LigaPro, 22.ª jornada

Árbitro: David Silva
Assistentes: Rui Eiras e Rui Amaral
Quarto árbitro: Carlos Campos

FC PORTO B: Ricardo Silva; Musa Yahaya, Nahuel Ferraresi, Gonçalo Brandão, Luís Mata (cap.); Mor Ndiaye, Rodrigo Valente, Fábio Vieira; Afonso Sousa, João Mário e Fábio Silva
Substituições: Afonso Sousa por Madi Queta (61m), Fábio Silva por Taddeus Nkeng (84m) e João Mário por Boris Enow (87m)
Não utilizados: Ivan Cardoso, Pedro Justiniano, Diogo Bessa e Ángel Torres
Treinador: Rui Barros

ESTORIL PRAIA: Daniel Figueira; João Diogo, Lucas, Lucas Áfrico, Joãozinho; Tembeng, Miguel Crespo, Daniel Bragança; Chiquinho, Rafael Barbosa e Roberto
Substituições: Miguel Crespo por Juninho (58m), Chiquinho por Pineda (68m) e Roberto por Careca (75m)
Não utilizados: Stojkovic, Gonçalo Santos, Marcos Valente e Lucas Marques
Treinador: Pedro Duarte

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Rescaldo do Bayer Leverkusen 2 FC Porto 1

Depois dos 1ºs 90' continua tudo em aberto. Confiante que no Dragão faremos as contas...!

O que a crítica realçou sobre o jogo: a equipa portista e a equipa alemã

O desempenho de Jesus Corona e FC Porto um a um e ainda um resumo dos contrários...!

                                         



Slavko Vinčić slovenian: a nitpicky overzealous referee

Slavko VinčićUm árbitro "picuinhas com excesso de zelo" 
                                  


quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Slavko Vinčić's miserable performance shamefully homemade at BayArena Leverkussen

With his unjustifiable decisions disciplinares he is clearly making the pitch tilt towards the Germans

Com as suas injustificáveis decisões está nitidamente a fazer inclinar o campo para o lado dos alemães 

O miserável desempenho de Slavko Vinčić esloveno vergonhosamente caseiro no BayArena Leverkussen

Vai ser tudo decidido no Dragão. O FC Porto perdeu ontem em Leverkusen, por 2-1, mas o terceiro golo de Luis Díaz na Liga Europa deixa a eliminatória em aberto. A vantagem dos alemães beneficiou da repetição de um penálti que Marchesín tinha defendido, numa sequência de decisões de arbitragem em que o critério suscitou muitas dúvidas.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Liga Europa - Bayer Leverkusen-FC Porto

Os alemães estão a impor o seu futebol mais físico através duma superior capacidade de choque. Têm conseguido ser mais rápidos sobre a bola e mais solidários, ou seja, onde está a bola estão sempre dois ou três alemães a disputá-la!
Afinal têm sido os médios e avançados alemães a pressionar a extrema defesa portista...!!

Mas o miserável desempenho do árbitro esloveno Slavko Vinčić foi preponderante, teve influência nitida no resultado final...!!


Ficha oficial do jogo - Estádio BayArena Leverkussen - 20 de Fevereirto 2020

Árbitro: Slavko Vinčić (Eslovénia)
Assistentes: Tomaž Klančnik e Andraž Kovačič
4º Árbitro: Rade Obrenovič
VAR: Pol van Boekel (Holanda) auxiliado por Jure Praprotnik (Eslovénia)

Os Golos :
Lucas Alario 29' , Kai Havertz 56'

Luis Díaz 73'

BAYER LEVERKUSEN : 1Lukas Hradecky
22Sinkgraven, 5Sven Bender, 12Tapsoba, 20Charles Aránguiz 72'
10Kerem Demirbay, 8Lars Bender, 11Nadiem Amiri, 29Kai Havertz
31Kevin Volland 93', 13Lucas Alario

SUPLENTES : 28Ramazan Özcan, 23Mitchell Weiser, 4Jonathan Tah
25Palacios, 15Baumgartlinger 72', 9Leon Bailey, 7Paulinho 93'

TREINADOR : Peter Bosz

FC PORTO: 32Agustín Marchesín
18Wilson Manafá 61', 19Mbemba, 5Marcano, 13Alex Telles
27Sérgio Oliveira, 16Matheus Uribe, 7Luis Díaz 77'
29Soares 63', 17Tecatito, 11Marega

SUPLENTES :31Diogo Costa
4Diogo Leite, 8Romário Baró, 22Danilo Pereira 77'
77Vítor Ferreira, 10Nakajima 61', 20Zé Luís 63'

TREINADOR : Sérgio Conceição


O Comité de Arbitragem da UEFA designou Slavko Vinčić (Eslovénia) para arbitrar o Bayer Leverkusen-FC Porto, referente à 1.ª mão dos 16 avos de final da Liga Europa. O jogo realiza-se na quinta-feira, a partir das 20h00 (Sport TV), na BayArena, em Leverkusen (Alemanha).

O árbitro de 40 anos terá como assistentes os compatriotas Tomaž Klančnik e Andraž Kovačič, sendo Rade Obrenovič, igualmente esloveno, o quarto árbitro. Pol van Boekel (Holanda) será o VAR, auxiliado por Jure Praprotnik (Eslovénia).

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Jogo Final por José Manuel Ribeiro

A opinião crítica de José Manuel Ribeiro sobre o caso do racismo de que Marega foi vítima

                             

Futebol - Notícias

Marega e FC Porto um a um
                         






































Análise dos lances mais importantes


domingo, 16 de fevereiro de 2020

Árbitros têm sido por sistema anti-portistas no capítulo disciplinar

Nas últimas épocas tem sido sempre o mesmo! Os árbitros nas épocas atrás mencionadas, têm no seu desempenho manifestado receio relativamente à crítica fanática benfiquista: imprensa e dirigentes do Benfica (propaganda benfiquista); e, por conseguinte, procuram fechar os olhos às entradas violentas dos adversários do FC Porto sobre os jogadores portistas, de modo a não serem apontados por estarem a facilitar a vida ao FC Porto...!!
Luís Godinho juiz do apito de Évora, para não fugir à regra tratou de também no capítulo disciplinar ajudar nitidamente o Vitória, sendo indecentemente caseiro. Neste aspecto permitiu aos jogadores do Vitória que dessem pau à vontade. Em contra partida à mínima que os azuis e brancos fizessem eram logo admoestados com as cartolinas amarelas.


A equipa portista não produziu uma exibição de encher o olho, mas foi determinada e empenhada na busca do resultado, estando portanto de parabéns...!!

Os mais + : Mbemba, Marcano, Alex Telles, Uribe (pelo que lutou), Sérgio Oliveira (preponderante pelo remate que deu golo), Marega pelo belo golo que marcou e Luís Diaz a espaços.

Os menos - : Tecatito (displicente) Otávio (lutador mas pouco produtivo) e Zé Luís (esforçado mas a revelar falta de ritmo)

O FC Porto bateu este domingo o Vitória de Guimarães (2-1), em Guimarães, reduzindo para um ponto a diferença que o separa da liderança da Liga NOS. Um autogolo de Douglas (10m) e Marega (60m) perfizeram o triunfo dos Dragões, que passam a somar 53 pontos, menos um do que o Benfica. O golo do Vitória foi marcado aos 49' por Bruno Andrade.

Ficha oficial do jogo- Estádio D. Afonso Henriques - 16 de Fevereiro de 2020

Árbitro: Luís Godinho da Associação de Futebol de Évora
Assistentes: Valter Rufo e Luciano Maia
4º Árbitro: David Silva
VAR : Nuno Almeida, auxiliado por Venâncio Tomé

VITÓRIA SC : 1Douglas 2Pedro Henrique, 29Florent, 3Frederico Venâncio 83', 17F. Sacko
11André André, 7Lucas Evangelista, 88Pêpê Rodrigues, 96Bruno Duarte
8Ola John 76', 23Edwards

SUPLENTES : 56Miguel Silva, 4Bondarenko, 28Denis Poha, 91Davidson 76'
27Ouattara, 45João Pedro 83', 13Bonatini

TREINADOR : Ivo Vieira

FC PORTO : 32Agustín Marchesín
17Tecatito 83', 19Mbemba, 5Marcano, 13Alex Telles
16Matheus Uribe, 25Otávio 88', 27Sérgio Oliveira
20Zé Luís, 11Marega 72', 7Luis Díaz

SUPLENTES : 31Diogo Costa
18Wilson Manafá 72', 4Diogo Leite 88', 8Romário Baró
77Vítor Ferreira, 9Aboubakar, 10Nakajima 83'

TREINADOR : Sérgio Conceição

Rúben Dias mais uma vez impune

Tribunal de OJogo - Rúben Dias mais uma vez escapa à expulsão

                 






































Rúben Dias do Benfica de novo impune
               





Notícias do Futebol

Jorge Costa sobre a importância do controlo emocional








































Mbemba um central de recurso







































Prognóstico...?




Notícias do Futebol

Conselho de arbitragem por José Manuel Ribeiro








































Sport Lisboa e Imobiliário por Paulo Baldaia




sábado, 15 de fevereiro de 2020

Pré-Match - Vitória de Guimarães x FC Porto

Eis um jogo difícil para o FC Porto que precisa de vencer se não quiser perder o campeonato de vista

Ficha oficial do jogo- Estádio D. Afonso Henriques - 16 de Fevereiro de 2020

Árbitro: 
Luís Godinho da Associação de Futebol de Évora
Assistentes: 
Valter Rufo e Luciano Maia
4º Árbitro: 
David Silva
VAR : 
Nuno Almeida, auxiliado por Venâncio Tomé.



O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Luís Godinho para apitar o embate entre Vitória Sport Clube e Futebol Clube do Porto, relativo à 21.ª jornada da Liga. O jogo está agendado para este domingo, às 17h30 (Sport TV), no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

O árbitro, da Associação de Futebol de Évora, terá como assistentes Valter Rufo e Luciano Maia, sendo David Silva o quarto árbitro. No videoárbitro estará Nuno Almeida, auxiliado por Venâncio Tomé.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Eleições no FC Porto - Especulação

Numa altura que já se especula relativamente à possível substituição de Pinto da Costa, resolvi expor aqui o meu pensamento sobre este assunto.
Acho que para alguém ter possibilidades, senão vencer, pelo menos, dar uma boa réplica ao mito Jorge Nuno um ícone do FC Porto eu afirmo o seguinte:
1 - António Oliveira um accionista de referencia da FC Porto-Futebol,SAD, já afirmou publicamente que não se candidata contra Pinto da Costa.
2 - Vítor Baía, estou como alguém que me disse - Ele nem a fortuna dele conseguiu gerir quanto mais um clube como o FC Porto-.
3 - Fernando Gomes formado em economia, é na minha opinião um pedante, ao contrário de Jorge Nuno um personagem popular, acessível para os sócios, e como tal não acredito que o Fernando Gomes vaidoso, consiga obter os votos da grande maioria dos sócios.

4 - Finalmente um personagem com o qual me identifico pela sua muita qualidade:
André Villas Boas, cujo currículo sobre futebol é fantástico. Além de ter dado provas de ser um fervoroso adepto do FC Porto, é alguém que tal como Jorge Nuno, é acessível e tem um excelente nível intelectual.

Mas mais, se o André resolvesse abraçar para o FC Porto um projecto mobilizador do tipo:
a) - Contratar para o futebol a equipa técnica de Rui Faria
b) - Convidar o excelente (conhecedor dos bastidores) Bernardino Barros para a secção de futebol
c) - Convidar António Oliveira para fazer parte da direcção como por hipótese "Relações Públicas do Clube".

Etc...etc... Estou convencido que se não ganhasse era até capaz de ficar lá perto.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Tribunal de OJogo omite 2 penaltis a favor do FC Porto

Mesmo admitindo a correcção dos seus comentários, estranha-se porem a "omissão" dos ex-juízes do apito que compõem o Tribunal de OJogo, relativa a dois lances na área do Académico de Viseu em que um dos seus futebolistas desvia nitidamente com o braço a trajectória da bola... Estes sim, duas grandes penalidades flagrantes que ficaram por assinalar a favor do FC Porto!


quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Taça de Portugal - FC Porto 3 Académico de Viseu 0

Os portistas têm dominado mas têm-lhes faltado precisão de passe no último terço do terreno e quando acertam falta-lhes potencia nos remates, pois estes têm resultado numa espécie de "passes" ao keeper viseense!
Por seu lado os visitantes montaram um autocarro em frente à sua baliza, com um jogador muito rápido na frente à espera das transições verticais em profundidade.


Crónica - O FC Porto está na final da Taça de Portugal depois de receber e bater o Académico de Viseu (3-0), no Estádio do Dragão, na 2.ª mão das meias-finais. Alex Telles (19m), de penálti, Zé Luís (64m) e Sérgio Oliveira (74m) foram os marcadores de serviço nos azuis e brancos, que vão discutir a conquista do troféu com o Benfica. A final da Taça de Portugal está agendada para dia 24 de maio, no Estádio do Jamor.
Nakajima (29m), Wilson Manafá (36m) e Luis Díaz (42m) ameaçaram o 2-0, mas foi Zé Luís quem esteve verdadeiramente perto de o conseguir por duas vezes no mesmo lance (43m). No segundo tempo, depois de Luis Díaz (59m) e Tecatito Corona (63m) desperdiçarem mais duas oportunidades claras, o FC Porto conseguiu finalmente aumentar a vantagem. Alex Telles centrou com precisão e Zé Luís fez o 2-0: cruzamento de Alex Telles e cabeceamento certeiro de Zé Luís (64m). Pouco depois, outra vez, na sequência dum canto batido por Alex Telles, Diogo Leite desviou de cabeça ao primeiro poste e Sérgio Oliveira fez o 3-0, mas o golo seria anulado mas o VAR repos a verdade. Sérgio Oliveira estava em posição regular estava feito o 3-0 (74m).

Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 12 de Fevereiro de 2020

Árbitro: Manuel Oliveira
Assistentes: Pedro Ricardo Ribeiro e Tiago Leandro
4º Árbitro: André Castro
VAR : Luís Ferreira assistido por Nélson Cunha.

Os Golos: Alex Telles 19', Zé Luís 64', Sérgio Oliveira 72'

FC PORTO: 31Diogo Costa
18Wilson Manafá, 19Mbemba, 4Diogo Leite, 13Alex Telles
77Vítor Ferreira, 16Matheus Uribe 56', 7Luis Díaz 70'
10Nakajima, 20Zé Luís, 17Tecatito 76'

SUPLENTES : 32Agustín Marchesín
24Renzo Saravia, 27Sérgio Oliveira 56'
8Romário Baró 76', 9Aboubakar, 11Marega 70', 29Soares

TREINADOR : Sérgio Conceição

ACADÉMICO DE VISEU FC: 12Ricardo Fernandes
19Rui Silva, 3João Pica, 13Félix Mathaus, 15Jorge Miguel
80Kelvin 72', 6João Oliveira, 14Fernando Ferreira 72'7João Mário
26Jean Patric, 77Luisinho 78'

SUPLENTES : 1Ricardo Janota, 17Lucas Silva, 27Filipe Soares
24Latyr Fall, 5Diogo Santos 72', 9Anthony Carter 72', 11Bruninho 78'

TREINADOR : Rui Borges

Disciplina - Cartões amarelos
FC Porto: Diogo Leite
Académico de Viseu: João Pica, Kelvin, Fernando Ferreira


PS - O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Manuel Oliveira para arbitrar o jogo entre FC Porto e Académico de Viseu, agendado para esta quarta-feira (20h45, Sport TV), no Estádio do Dragão, referente à 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.
O árbitro da Associação de Futebol do Porto terá como assistentes Pedro Ricardo Ribeiro e Tiago Leandro, sendo André Castro o quarto árbitro. O VAR será Luís Ferreira, assistido por Nélson Cunha.

Árbitros de OJogo e Record classificam Taarabt

Taarabt de novo poupado, escapa à expulsão...!!
























Árbitros Record de acordo



terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Luís Filipe Vieira a garantir que é honesto e fingir-se de vítima...

A estratégia subterrânea do bronco Luís Filipe Vieira
Tal como na época passada, passa por condicionar a arbitragem de modo a obter facilidades para a equipa encarnada e assim conseguir mais um campeonato fraudulento para o Benfica








































O execrável Vieira fingindo-se de vitima... Mas só engana quem queira ser enganado...!
Aliás quer-me parecer que para muitos benfiquistas tipo Pedro Guerra e Vasco Mendonça, todos os meios servem, mesmo os fraudulentos/ilícitos, para alcançar os fins, ou seja, o Benfica ser campeão sem se preocupar com a verdade desportiva...!




Danilo e Nakajima

Danilo quase pronto para jogar








































Nakajima pronto e Pepe para Guimarães



Barragem de artilharia por Jorge Maia

A Bola divulgando poluição, fazendo eco das estratégias subterrâneas de Filipe Vieira, que mais não quer senão retirar vantagens arbitrais para o Benfica conforme os acontecimentos da época passada...!!

Retrato ilustrado de Luís Filipe Vieira by Jorge Maia































































































A estratégia subterrânea do bronco Luís Filipe Vieira
Tal como na época passada, passa por condicionar a arbitragem de modo a obter facilidades para a equipa encarnada e assim conseguir mais um campeonato fraudulento para o Benfica

 



segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Pepe descansa para voltar em Guimarães

Pepe vai descansar a meio da semana a fim de estar pronto para Guimarães...

E Sérgio Oliveira mais influente do que nunca...!





A não expulsão de Taarabt foi o erro mais evidente...

Para os actuais dirigentes do Benfica, mal habituados que estão, a equipa encarnada tem de ser sempre levada ao colo, quando tal não acontece, estranham e fartam-se de reclamar, mas não têm razão, pois a falha mais evidente de Soares Dias foi não ter exibido o 2º cartão a amarelo a Taarabt...!



Rescaldo do FC Porto 3 Benfica 2

Faltam sete jogos em casa e sete fora a cada um dos candidatos. 







































Dragões na luta até ao fim



FC Porto B em ascensão

Bom jogo na 2ª parte dos "Bs" permitiu empatar com o Farense


A flagrante desonestidade intelectual dos actuais dirigentes do Benfica

A desfaçatez, flagrante desonestidade intelectual dos actuais dirigentes do Benfica
Reclamam a despenalização do cartão amarelo a 28Julian Weigl, mas são incapazes de admitir que Taarabt que cometeu 3 faltas merecedoras de cartão amarelo (só viu o 1º), devia ter visto o 2º amarelo e ter sido expulso do jogo.
















Até onde vai a desfaçatez dos actuais dirigentes do Benfica...!


sábado, 8 de fevereiro de 2020

Falhanços de Artur Soares Dias pusilânime

Por incrível que pareça, Taarabt conseguiu escapar pela segunda vez à expulsão depois de travar em falta prometedora num contra-ataque conduzido por Sérgio Oliveira, que ficou a centímetros dum grande golo na marcação do respectivo livre (64m).

Um Bruno Lage demagogo: ...com menos dentes!
Só para branquear o facto de Taarabt não ter sido, como devia, expulso devido ao facto de ter cometido 3 faltas merecedoras de cartão amarelo, que Soares Dias pusilânime não teve coragem para proceder em conformidade com as regras do F
utebol...!


Tribunal unânime


FC Porto 3 vence com justiça clássico SL Benfica 2

Ao clube do regime e das benesses arbitrais, queremos ganhar sempre, nem que seja a feijões...!

Análise ao desempenho de Artur Soares Dias

Por incrível que pareça, Taarabt conseguiu escapar pela segunda vez à expulsão depois de travar em falta um contra-ataque prometedor conduzido por Sérgio Oliveira, que ficou a centímetros dum grande golo na marcação do respectivo livre (64m).

Análise à equipa portista
Boa exibição dum modo geral de toda a equipa alternando jogadas de belo efeito com alguns passes precipitados que permitiram aos contrários apoderarem-se da bola.
De realçar os desempenhos de : Marcano, Alex Telles, Sérgio Oliveira pelo golo que marcou, Otávio (raçudo), Soares muito esforçado e Tecatito.


O FC Porto recebeu e venceu este sábado o Benfica (3-2), no Estádio do Dragão, no clássico referente à 20.ª jornada da Liga NOS. Sérgio Oliveira (10m), Alex Telles (38m), de penálti, e um autogolo de Rúben Dias (44m) perfizeram o triunfo do coletivo portista, que passam a somar 50 pontos, reduzindo para quatro a diferença que o separa dos lisboetas.

Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 08 de Fevereiro de 2020

Árbitro : Artur Soares Dias
Assistentes : Rui Licínio e Paulo Soares
4º Árbitro: Manuel Mota
VAR : Tiago Martins e André Campos assistente do vídeo-árbitro.

Manuel Mota é "persona non grata" para os Dragões e por conseguinte não é de esperar coisas boas deste (rafeiro) elemento.


Pelo SLBenfica:
Carlos Vinícios 18', Carlos Vinícios 50' (goleador rápido e oportuno)

FC PORTO: 32Agustín Marchesín;
17Tecatito, 3Pepe 69’, 5Marcano, 13Alex Telles
16Matheus Uribe, 25Otávio 85', 27Sérgio Oliveira
7Luis Díaz, 29Soares, 11Marega 81'

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 19Mbemba 69'
18Wilson Manafá 81', 15Mamadou Loum, 77
Vítor Ferreira 85', 10Nakajima, 20Zé Luís

TREINADOR : Sérgio Conceição

SL BENFICA: 99Odysseas
34André Almeida 84', 6Rúben Dias, 97Ferro, 3Álex Grimaldo
49Taarabt 66', 21Pizzi, 19Chiquinho, 28Julian Weigl 76'
95Carlos Vinícius, 27Rafa Silva

SUPLENTES : 72Zlobin, Tomás Tavares, 61Florentino
22Andreas Samaris 76', 20Dyego Sousa 84',
14Haris Seferovic 66', 11Cervi

TREINADOR :Bruno Lage

Disciplina
FC Porto: cartões amarelos: Marchesin, Otávio, Sérgio Oliveira e Soares
SL Benfica: Odysseas, Ferro, Taarabt, Pizzi, Julian Weigl

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Futebol - TAD dá razão a Pinto da Costa

Para reflectir
O TAD deu razão a Jorge Nuno Pinto da Costa, depois de o presidente do FC Porto ter apresentado recurso de uma suspensão de 90 dias, que por coincidência já cumpriu, na sequência de uma entrevista ao jornal O Jogo. Pela segunda vez no curto espaço de um mês, o TAD reconhece razão ao FC Porto e aos dirigentes portistas.

Pré-match FC Porto x SL Benfica

Equipa de arbitragem nomeada
Artur Soares Dias vai apitar o clássico entre FC Porto e Benfica, agendado para este sábado às 20h30. O árbitro, de 40 anos, é o eleito do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para o jogo grande da 20.ª jornada, sendo que Tiago Martins irá desempenhar as funções de vídeo-árbitro a partir da Cidade do Futebol. Rui Licínio e Paulo Soares são os assistentes de Soares Dias, ao passo que o 'posto' de quarto árbitro fica para Manuel Mota e o de assistente do vídeo-árbitro para André Campos.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

FC Porto - Nakajima no onze?

Nakajima ou outro qualquer que o Mr. Sérgio Conceição entenda dar mais consistência à equipa portista... O que é preciso é que os Dragões joguem tranquilos e determinados de modo a vencerem o jogo e provarem à comunicação social lisboeta quem é melhor...!



Benfica tenta branquear o facto de estarem a ser levados ao colo

É público que os jogadores do Benfica exorbitam impunemente nas faltas sobre os adversários, devido ao facto dos juízes do apito (veja-se o caso Fábio Veríssimo) actuarem  sempre muito condicionados pelos actuais dirigentes sem escrúpulos do clube da LUZ; e por conseguinte, estes dirigentes do clube da águia para não darem o braço a torcer, tentam manobras de mistificação a fim de se justificarem perante os seus adeptos, mas a verdade é como o azeite anda sempre à tona da água... Só não vê quem não quer ver, ou seja, os adeptos benfiquistas que são fanáticos...!



Revista Sábado tenta prejudicar o FC Porto

Em vésperas do FC Porto x SL Benfica a revista Sábado resolveu aldrabar para lançar a confusão...!


A arbitragem perdeu crédito by José Manuel Pinheiro

Um artigo bastante esclarecedor sobre arbitragem no futebol por José Manuel Pinheiro


quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

O estado actual da arbitragem do futebol em Portugal

À atenção do especialista em arbitragem do Porto Canal Sr. Carlos Duarte:

a) Em determinada altura do jogo A V 1 FCP 1, as câmaras da televisão filmaram João Pinheiro a piscar o olho aos viseenses...!!

b) Há uns 10 a 15 anos atrás na altura em que o Benfica estava na mó de baixo, Fernando Seara (benfiquista ferrenho) afirmou peremptoriamente (reclamando) que era evidente que os árbitros na altura, eram influenciados por quem estava no "poder" da arbitragem.

c) Não é por acaso que mais tarde Filipe Vieira afirmou que mais importante do que ter boas equipas era ter os homens certos nos cargos certos do poder do futebol.

d) A partir daqui não é difícil concluir que o que se está a passar com a arbitragem em Portugal não tem nada a ver com a "verdade desportiva" mas com as manipulações, instrumentalizações e os condicionamentos de dirigentes sem escrúpulos como Luís Filipe Vieira.


PS - Académico de Viseu 1 FC Porto 1 Taça de Portugal 04 de Janeiro de 2020

A equipa da casa empatou a 20 minutos do fim, e depois teve a sorte de João Pinheiro e Carlos Xistra não terem assinalado uma falta óbvia sobre Corona na área. As imagens não deixam margem para qualquer dúvida: o erro do árbitro, bem posicionado e de frente para o lance, é flagrante; e a inacção do videoárbitro, que teve tempo e condições para avaliar a jogada pormenorizadamente, é inexplicável à luz da razão, das leis do jogo e dos princípios básicos da oftalmologia.

Sérgio Conceição assinalou a falha e avançou com uma hipótese: “Só se for por falta de qualidade de quem vê”. Na verdade, os erros grosseiros cometidos por João Pinheiro nem têm sido assim tão raros. Na época passada, este árbitro cometeu falhas graves que permitiram ao Benfica vencer na Feira e em Braga e conquistar o campeonato.
E o que dizer sobre a visão de Carlos Xistra? Há menos de um mês, quando o Benfica perdia em casa com o Aves, no espaço de alguns segundos não viu uma falta clara de Ferro sobre Mohammadi, para logo a seguir assinalar um penálti inexistente por suposta infracção sobre Vinícius. Em pouco tempo, oscilou entre a cegueira de uma toupeira e olho clínico de uma águia.
Mas João Pinheiro e Carlos Xistra não foram os únicos árbitros que ontem tiveram atuações infelizes. Em Lisboa, Hugo Miguel e Bruno Esteves pouparam um cartão vermelho a Gabriel, do Benfica, numa altura em que o jogo estava empatado a uma bola. Se a verdade desportiva tivesse imperado, o médio falharia a próxima jornada do campeonato.
A quatro dias de um clássico, a arbitragem portuguesa viveu uma verdadeira noite negra, que terminou com erros com potencial influência nos resultados de dois jogos. O facto de terem sido cometidos por figuras com um histórico recente muito negativo – recorrentemente prejudicial ao FC Porto e favorável ao Benfica – só contamina ainda mais a já precária credibilidade das competições nacionais.
O impacto da arbitragem no jogo não eximiu Sérgio Conceição de reconhecer que o FC Porto devia “ter feito mais na primeira parte” e teve “algum demérito” na forma como finalizou as jogadas. Já Vítor Ferreira, que se estreou como titular, partilhou o “sabor amargo” que o empate deixou no grupo e concluiu que “o futebol é mesmo assim”.

Francisco J. Marques@FranciscoMarkes
Para João Pinheiro este derrube claro e evidente não é penálti, o que é esclarecedor depois de recordar os penáltis que ofereceu ao Benfica na época passada. A responsabilidade é de quem sabe melhor do que todos nós estas coisas e lhe permite estes desempenhos.
A seguir, Francisco J. Marques destacou uma falta para cartão vermelho direto de Gabriel sobre Fábio Martins, no Benfica-Famalicão. Se o médio brasileiro tivesse sido expulso falharia o clássico com o F. C. Porto, no Dragão, marcado para sábado, referente ao campeonato nacional.
"Pouco antes, foi a vez de Hugo Miguel e Bruno Esteves deixarem escapar esta agressão que deveria ter sido punida com cartão vermelho. E eis como dois jogos das meias-finais da Taça explicam bem o futebol português e a falta de vergonha de quem enche a boca com verdade desportiva", concluiu.

Sérgio Conceição: "Sábado tem de haver melhorias no VAR"

Está difícil devido ao ambiente que se nota no desempenho dos árbitros, a dificuldade que os juízes do apito têm por falta de coragem em fazer cumprir as regras disciplinares do futebol...!!


Vítor Ferreira um craque a despontar no Dragão

O elogio a Vítor Ferreira...!







































A segunda volta no Dragão...!

















Vítor Ferreira é já uma certeza...!


























Desempenho dos portistas - FC Porto um a um




E assim vão arbitragens em Portugal

Académico de Viseu 1 FC Porto 1
 

João Pinheiro não assinalou a grande penalidade favorável ao FC Porto porque não quis...!!







































Tribunal unânime: Académico de Viseu x FC Porto


























Tribunal: jogo Benfica 3 Famalicão 2