segunda-feira, 29 de junho de 2020

As hesitações de Sérgio Conceição: lentidão a refrescar a equipa

A equipa Portista venceu, conseguiu mais 3 pontos mas...
Que se passa com a equipa técnica do FC Porto e o seu líder Sérgio Conceição, porquê a lentidão ou hesitação em refrescar a equipa?! Depois de Pepa ter refrescado a equipa Pacense com 4 jogadores a fim de tentar obter um bom resultado? Será que o orçamento do Paços Ferreira é superior ao dos Dragões e por isso o plantel do Passos dispõe de mais soluções...?! Não creio, mas até parece...!

A arbitragem de Luís Godinho
Houve momentos que Luís Godinho a apitar o jogo mais parecia um adepto benfiquista...!
Foi prolífero a exibir cartões amarelos por dá cá aquela palha aos portistas... Em contra partida só mostrou a cartolina amarela aos de Paços Ferreira nas últimas, ou seja, quando seria vergonhoso se não o fizesse. Inclusivamente aos 55' Luís Godinho perdoou o segundo cartão amarelo e consequente vermelho a Hélder Ferreira (55'), antes de Soares testar os reflexos de Ricardo Ribeiro (59').


Ficha oficial do jogo - Estádio da Capital do Móvel - 29 de Junho de 2020

O FC Porto venceu esta segunda-feira o Paços de Ferreira (1-0), no Estádio Capital do Móvel, em partida referente à 29.ª jornada da Liga NOS. Um golo de Mbemba, logo aos sete minutos, permitiu aos Dragões reforçar a liderança do campeonato, com 70 pontos, mais seis do que o Benfica, segundo classificado.

Árbitro: Luís Godinho da A.F. de Évora
Assistentes: Rui Teixeira e Valter Rufo
4º Árbitro: Hugo Silva
VAR: Tiago Martins, auxiliado por Pedro Mota.

FC PAÇOS DE FERREIRA: 87Ricardo Ribeiro
5Oleg Reabciuk, 21Jorge Silva, 26Maracás, 44Marcelo
10Pedrinho, 46Stephen Eustáquio 3, 22Luiz Carlos
42João Amaral, 17Hélder Ferreira, 99Douglas Tanque

SUPLENTES : 23Marco Ribeiro, 6Bruno Teles, 2Marco Baixinho
13Bruno Santos, 7Bernardo Martins, 29Vasco Rocha, 24Mohamed Diaby
20Adriano Castanheira, 9Uilton Silva

TREINADOR : Pepa

FC PORTO : 32Agustín Marchesín,
18Wilson Manafá, 19Mbemba, 3Pepe, 13Alex Telles
16Matheus Uribe, 22Danilo Pereira, 25Otávio,
11Marega, 29Soares 69', 17Tecatito

SUPLENTES : 31Diogo Costa
2Tomás Esteves, 4Diogo Leite, 50Fábio Vieira, 15Mamadou Loum
77Vítor Ferreira, 9Aboubakar, 7Luis Díaz 69', 49Fábio Silva

TREINADOR : Sérgio Conceição

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Próximo jogo dos "A" e futebolistas da Formação

Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira. O encontro com os pacenses, referente à 29.ª jornada da Liga, está agendado para segunda-feira, dia 29 de Junho, às 21h15 (Sport TV).

Futebolistas saídos da Formação do FC Porto
Já são sete os campeões europeus de Sub-19 lançados por Sérgio Conceição na equipa principal do FC Porto. O último a estrear-se foi Fábio Vieira, que cumpriu um sonho de criança ao entrar no decorrer da segunda parte do jogo com o Marítimo (1-0), em pleno Estádio do Dragão, na 26.ª jornada do campeonato. No dérbi com o Boavista (4-0), o jovem médio voltou a merecer a confiança do treinador e retribuiu com uma assistência magistral para Marega, a primeira de muitas. Aquele pé esquerdo não engana.

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Luís Godinho para arbitrar o Paços de Ferreia-FC Porto, relativo à 29.ª jornada da Liga. O encontro está agendado para esta segunda-feira, às 21h15 (Sport TV), no Estádio Capital do Móvel.
O árbitro da Associação de Futebol de Évora terá como assistentes Rui Teixeira e Valter Rufo, sendo Hugo Silva o quarto árbitro. No videoárbitro estará Tiago Martins, auxiliado por Pedro Mota.

terça-feira, 23 de junho de 2020

Valeu a segunda parte da equipa azul e branca

Primeira parte
A jogar assim duvido que o FC Porto consiga ganhar algum jogo...!!
Os jogadores portistas têm de se mentalizar que têm de ser mais rápidos e correr mais do que os adversários...!

Segundos 45' minutos
Ainda bem que a segunda parte foi diferente. A equipa conseguiu ser mais assertiva, o conjunto funcionou muito melhor e as jogadas perfeitas para golo aconteceram... Parabéns portanto à equipa pela eficácia do seu jogo!!

Os golos
Marega 53’
Alex Telles 60'
Sérgio Oliveira 69'
Marega 84'

A equipa de arbitragem
Soares Dias e os seus assistentes funcionaram de modo a não se dar pela equipa de arbitragem, ou seja, teve um desempenho que não influenciou o resultado do jogo


Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão 23 de Junho de 2020

















Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio e Paulo Soares
4º Árbitro: Fábio Melo
VAR: Manuel Oliveira
AVAR: Pedro Ricardo Ribeiro

FC PORTO : 32Agustín Marchesín
2Tomás Esteves 45', 19Mbemba, 3Pepe, 13Alex Telles
25Otávio, 27Sérgio Oliveira 73', 7Luis Díaz 45'
17Tecatito 80', 29Soares 73', 11Marega (2)

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 4Diogo Leite, 18Wilson Manafá 45'
16Matheus Uribe 45', 77Vítor Ferreira, 22Danilo Pereira 73'
50Fábio Vieira 80', 9Aboubakar, 49Fábio Silva 73'

TREINADOR : Sérgio Conceição

BOAVISTA FC : 90Helton
6Marlon Xavier, 13Gustavo Dulanto, 18Fabiano, 22Ricardo Costa
30Paulinho, 17Carraça, 42Idris Mandiang, 8Gustavo Sauer
14Alberto Bueno, 11Yusupha Njie

SUPLENTES : 1Bracali, 3Lucas Tagliapietra, 88Ackah, 4Obiora
16Miguel Reisinho, 91Heriberto, 9Mateus, 19Stojilijkovic, 21Fernando Cardozo

TREINADOR : Daniel Ramos

domingo, 21 de junho de 2020

Soares Dias no dérbi FC Porto x Boavista

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Artur Soares Dias para arbitrar o dérbi entre o FC Porto e o Boavista, relativo à 28.ª jornada da Liga. O encontro está agendado para esta terça-feira, às 21h15 (Sport TV), no Estádio do Dragão.

O árbitro da Associação de Futebol do Porto terá como assistentes Rui Licínio e Paulo Soares, sendo Fábio Melo o quarto árbitro. No videoárbitro estará Manuel Oliveira, auxiliado por Pedro Ricardo Ribeiro.

quinta-feira, 18 de junho de 2020

O Benfica "levado ao colo" em Vila do Conde!

Como de costume facilidades para o Benfica, os árbitros a proteger os jogadores benfiquistas, ou seja, para ganhar o Benfica precisou que Luís Godinho expulsasse dois futebolistas do Rio Ave... E diga-se o que se disser, assim é muito mais fácil (jogar contra 9) ganhar os jogos...! E não discuto se foram bem ou mal expulsos, o que afirmo é que foram expulsos porque estavam a jogar contra as camisolas vermelhas, se fossem azuis e brancas então a decisão (critério) de Luís Godinho seria muito diferente...!

“A lei da rolha” imposta pelo Conselho de Disciplina da FPF ás ordens dos actuai s dirigentes benfiquistas...! 


Carvalhal técnico do Rio Ave : "Tudo o que disser vai voltar-se contra mim"

Carlos Carvalhal, mostrou-se bastante crítico da arbitragem de Luís Godinho, na derrota dos vila-condenses, em casa, frente ao Benfica (2-1), na 27.ª jornada da Liga, sem nunca mencionar o árbitro de Évora.
"Não me peça para comentar, nem quero perder tempo com isto. Não vou perder tempo com isto, não vou. Não vale a pena dizer, porque tudo o que disser vai voltar-se contra mim. Está analisado. Foi um típico jogo de campeonato português. Dividimos o jogo. Não há muito mais a dizer, agora que venham os programas desportivos, abram-se garrafas de champanhe e discuta-se. No futebol português já nada me surpreende", começou por dizer o juiz do encontro.
E prosseguiu com as críticas: "Vou ter de dizer isto: tínhamos o objetivo de chegar à final four da Taça da Liga e fomos atirados para fora dessa prova aqui mesmo neste estádio. Temos o objetivo da obter a melhor classificação de sempre do Rio Ave no campeonato e vamos tentar fazer os pontos se nos deixarem".
Bastante agastado, Carlos Carvalhal finalizou: "Estamos a fazer tudo dentro do campo para pontuar. Não quero entrar por aí [arbitragem]. Não sei se tudo o que disser tem justificação, em Portugal tudo tem duas justificações. Agora, abram-se garrafas de champanhe, soltem as opiniões. É disto que o povo gosta, isto é que é o combustível do futebol português. Agora, é pôr a malta a falar nos programas desportivos. Não vale a pena um profissional perder tempo com isto".



terça-feira, 16 de junho de 2020

CD Aves 0 FC Porto 0

Este empate do FC Porto no estádio do CD Aves essencialmente assenta em três factores:
a) À arbitragem habilidosa de Carlos Xistra que permitiu o jogo faltoso dos jogadores do Aves, tipo vale tudo: canelada, agarrões, empurrões e em ultimo recurso quando passa a bola não passa o homem...!
b) Inépcia atacante dos portistas no capítulo da finalização, que até desperdiçaram uma grande penalidade (remate fraco e denunciado), ausência de capacidade de remate de meia distância e muita precipitação no último passe, ou seja, nas assistências para golo (finalização).
c) Muita precipitação na entrega da bola ao colega desmarcado, muitos passes errados, falha do jogo de conjunto da equipa. Falha de entendimento, ou Inexistente entre a defesa, o meio campo e o ataque.

A equipa portista
Sérgio Conceição escolheu o seguinte onze: Marchesín, Tomás Esteves, Pepe (cap.), Mbemba, Diogo Leite, Matheus Uribe, Sérgio Oliveira, Otávio, Tecatito Corona, Luis Díaz e Zé Luís.

No banco, o treinador terá as seguintes alternativas: Diogo Costa, Danilo, Romário Baró, Vítor Ferreira, Fábio Vieira, João Mário, Marega, Soares e Aboubakar.

Ficha oficial do jogo - Estádio do CD Aves 16 de Junho de 2020
O FC Porto empatou esta terça-feira diante do CD Aves (0-0), no Estádio do Aves, em jogo da 27.ª jornada da Liga NOS. Os Dragões seguem na liderança do campeonato, com 64 pontos, e por lá vão ficar independentemente do que aconteça nesta ronda.

Árbitro: Carlos Xistra da AF Castelo Branco
Assistentes: Jorge Cruz e Marco Vieira
4º Árbitro: Luís Máximo
VAR: Bruno Esteves, AVAR: Ricardo Santos

CD AVES . 12Fábio Szymonek
25Afonso Figueiredo, 15Oumar Diakhité, 32Buatu, 44Bruno Morais
29Cláudio Falcão, 55Estrela 92', 20Zidane Banjaqui 64', 96Kevin Yamga
90Pedro Soares, 73', 23Mohammadi 73'

SUPLENTES : 1Aflalo, 77Mato Milos, 28Bruno Lourenço 92'
7Rúben Oliveira 64', 26Aaron Tshibola, 10Pedro Delgado
27Rúben Macedo 73', 45José Varela 73', 18Boateng

TREINADOR : Nuno Santos

FC PORTO: 32Agustín Marchesín
2Tomás Esteves 59', 19Mbemba, 3Pepe, 4Diogo Leite
16Matheus Uribe 76', 25Otávio 89', 27Sérgio Oliveira
7Luis Díaz, 20Zé Luís 77', 17Tecatito

SUPLENTES : 31Diogo Costa, 8Romário Baró, 50Fábio Vieira
22Danilo Pereira, 77Vítor Ferreira 77', 9Aboubakar 89', 11Marega 59'
29Soares 76', 57João Mário

TREINADOR :Sérgio Conceição

Num Conselho de Disciplina controlado pelo Benfica...!

Conselho de Disciplina da FPF "vergonhoso"

Num Conselho de Disciplina da FPF controlado por serventuários do Benfica, Alex Telles nunca seria despenalizado, por mais inocente que fosse... O que foi provado com imagens do lance no Porto Canal...!!




VAR Bruno Esteves um dos serventuários do actual sistema...!

Uns anos atrás Luís Filipe Vieira disse: - "melhor do que ter boas equipas é ter os homens certos nos lugares certos" - e por isso é que actualmente os órgãos de poder do futebol estão infestados de gente (predisposta) serventuária do clube da águia... Com o apoio da Comunicação Social afecta ao Benfica...!!

Analisando os desempenhos nos últimos anos das equipas de arbitragem constatamos que existe um condicionamento imposto pelo Benfica com o fim de na dúvida prejudicar sistematicamente o FC Porto a fim de facilitar o trabalho (levar ao colo) ao Benfica na conquista de títulos!


O Conselho de Arbitragem (secção profissional) Membros:
Presidente: Fontelas Gomes - Vice-presidente João Ferreira ("o João pode ser o João Ferreira").
Vogais: Bertino Miranda e Ricardo Duarte.

Conselho de Disciplina da FPF membros :
Presidente: José Manuel Meirim (Cláudia Santos)
Secção Profissional:
Vice-presidente: Maria José Carvalho
Vogais: Isabel Lestra, Ricardo Pereira, Fernanda Santos, José Coutinho de Almeida e Carla Pera Vieira

O Conselho de Arbitragem nomeou Carlos Xistra (AF Castelo Branco) para dirigir o jogo CD Aves x FC Porto de terça-feira.

CD Aves-FC Porto
Árbitro: Carlos Xistra da AF Castelo Branco
Assistentes: Jorge Cruz e Marco Vieira
4.º árbitro: Luís Máximo
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Ricardo Santos

PS - Só com a existência dum Tribunal Arbitral do Desporto constituído por juristas independentes a que os clubes possam recorrer se poderá instituir alguma transparência no futebol português.

domingo, 14 de junho de 2020

Funcionário do Benfica desafia a PJ

Rui Pinto denuncia funcionário do Benfica que desafia a PJ 
                              

sexta-feira, 12 de junho de 2020

FC Porto - Sete futebolistas da geração campeã

Os sete magníficos


Fake News Benfica

Fake News Benfica
A edição de ontem da newsletter News Benfica, que é justamente conhecida como Fake News Benfica, foi integralmente dedicada ao FC Porto. Como é habitual, não passou de mais um chorrilho de mentiras que teve como único propósito tentar desviar o foco das várias crises que o clube atravessa:
1. A crise que resultou da rejeição pela CMVM da OPA do Benfica sobre a própria SAD, que poderia ter como principal beneficiário um sócio secreto de Luís Filipe Vieira.
2. A crise que resultou do conhecimento público dos negócios de Luís Filipe Vieira com José António dos Santos, que o presidente do Benfica sempre escondeu dos sócios e acionistas do seu clube e do mercado, ao contrário do que era sua obrigação.
3. A crise que resultou de um artigo de fundo num dos melhores jornais do mundo que expôs de forma insofismável o domínio ilegítimo do Benfica sobre vários setores da sociedade portuguesa.
4. A crise que resultou da divulgação de um conjunto de ações de colonização de outros clubes da Liga, que só algum tolinho poderá considerar que não constituem casos flagrantes de concorrência desleal com possível impacto elevado na verdade desportiva do campeonato.
5. A crise que resultou de demissão do presidente da Assembleia Geral do Benfica, em conflito aberto com a direção do clube.
6. A crise que resultou do apedrejamento selvagem ao autocarro do Benfica e da vandalização das casas de vários jogadores e de Bruno Lage por parte de elementos das claques que Vieira continua a fingir não reconhecer, apesar de vários anos a financiá-las e a conceder-lhes benefícios.
7. A crise que resultou da reeleição de Jorge Nuno Pinto da Costa como presidente do FC Porto, apesar dos esforços da imprensa vermelha e dos porta-vozes oficiosos do Benfica para denegri-lo durante a campanha eleitoral, talvez esperançados num desfecho diferente.
8. A crise que resultava de apenas uma vitória nos nove jogos anteriores, e que ontem se prolongou para uma vitória em dez encontros, apesar dos recorrentes benefícios da arbitragem – a propósito, como é que o videoárbitro Bruno Esteves não viu uma mão de Taarabt na área em Portimão? Pior: como é que Bruno Esteves, que deixou de ser árbitro de campo por ser incompetente, que é um videoárbitro incompetente, que tem o passado que tem e que tem as ligações ao Benfica que tem, pode continuar a participar em jogos do clube de Vieira? Ou será que o que toda a gente vê como incompetência, sobretudo nos jogos do Benfica, é afinal "competência" e o motivo para continuar a fazer o que faz?
São, portanto, pelo menos oito os factores da crise do Benfica, que só não é mais vezes referida assim – como crise do Benfica – porque a submissão de uma parte importante da comunicação social aos interesses deste clube continua a ser uma realidade. As estratégias “vieiristas” para enfrentá-la já estão em marcha há muito e passam essencialmente por duas coisas:

1. Sacrificar Bruno Lage, como se fosse Bruno Lage o responsável, por exemplo, por Pizzi ter falhado dois dos quatro penáltis de que o Benfica beneficiou nas últimas quatro jornadas. E como se Bruno Lage tivesse alguma dose de culpa nas vieirices que atiram constantemente o nome do clube para a lama.
2. Atacar o FC Porto, activando os mecanismos de uma caríssima máquina de propaganda que não hesita em recorrer à mentira para intoxicar o espaço público e desviar as atenções do que não interessa.
Vem tudo isto a propósito, como já se disse, da edição de ontem da Fake News Benfica. Eis algumas das mentiras flagrantes:
1. Os responsáveis pela comunicação do FC Porto surgiram a “elogiar o trabalho isento e equilibrado de José Manuel Meirim” depois de tomarem conhecimento da candidatura de Cláudia Santos ao Conselho de Disciplina da FPF. Isto, pura e simplesmente, nunca aconteceu. Ninguém, em nome do FC Porto, alguma vez recuou em relação às críticas já dirigidas a José Manuel Meirim.
2. O FC Porto tem vindo a “colocar em causa a nova candidatura por se tratar de uma deputada e existir uma eventual incompatibilidade face ao exercício desse cargo político”. Falso, também. O FC Porto tem criticado Cláudia Santos, e requereu inclusivamente a rejeição da sua candidatura, por causa do seu desempenho parcial na Comissão de Instrutores da Liga e por uma animosidade fanática em relação ao FC Porto que é apontada por quem bem a conhece. Quem não tiver a memória fresca só tem de consultar o Dragões Diário de 1 de Maio ou rever a entrevista de Jorge Nuno Pinto da Costa ao Porto Canal a 8 de Junho e a edição do dia seguinte do Universo Porto da Bancada.
3. Rui Moreira está ligado a “processos de decisão que estão a gerar polémicas”, na sequência de “intervenção noticiada e nunca desmentida do atual presidente do Conselho Superior do FC Porto e presidente da Câmara Municipal do Porto”. Nada mais falso. O que o Benfica diz que nunca foi desmentido, na realidade, foi desmentido por Jorge Nuno Pinto da Costa no Porto Canal: “O Dr. Rui Moreira soube onde será o centro há dias. Nem tinha que saber, pois não é um assunto dele”. É só puxar atrás na box. E, já agora, Rui Moreira não é presidente do Conselho Superior do FC Porto. É vice-presidente.
4. O presidente do FC Porto foi “condenado por corrupção desportiva pelas instâncias da justiça desportiva”. O Benfica esconde que a decisão tomada em 2008 pelo fanático benfiquista Ricardo Costa, também conhecido como “Regresso ao Passado”, foi revertida por instâncias superiores desportivas e desacreditada pela justiça civil. Ou seja, nunca houve qualquer condenação transitada em julgado ao FC Porto ou ao seu presidente. O que é natural, tendo em conta que Jorge Nuno Pinto da Costa não é nem nunca foi um reles ladrão de camiões. Nem sequer costuma começar a chorar quando é mandado parar pela polícia no trânsito, com medo de que seja encontrada droga na mala ou nos pneus do seu carro. Nem sequer trabalha num estádio que terá funcionado como entreposto de comércio de droga. Nem sequer teve um motorista e dirigente condenado por tráfico de droga.
A edição de ontem da Fake News Benfica não é, note-se, o mero resultado de um vulgar trabalho de um mitómano. É antes mais um sintoma de uma crise cada vez mais indisfarçável, que resulta da lama que as acções de Vieira continuam a lançar sobre o Benfica. Os seus papagaios bem podem continuar a atirar a porcaria que os cobre para a frente da ventoinha para tentar atingir os outros. O cheiro pestilento que exalam não os há de largar.

Sport TV equiparada à BTV

No meio de tantos aspectos agradáveis – a vitória, a liderança isolada, a estreia de mais um jovem promissor – há um ponto negativo que não pode deixar de ser assinalado: a emissão da Sport TV. Pura e simplesmente, não é admissível que não haja repetições dos lances duvidosos em que o FC Porto pode ter sido prejudicado. Ontem, isso aconteceu várias vezes. Quem paga a Sport TV não tem de levar com transmissões à moda da BTV.

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Sérgio Conceição considerou justa a vitória do FC Porto sobre o Marítimo

O FC Porto venceu esta quarta-feira o Marítimo (1-0), no Estádio do Dragão, e é líder isolado do campeonato com 63 pontos, mais dois do que o Benfica, segundo classificado. Após o triunfo sobre os madeirenses, que Sérgio Conceição considerou justo, o treinador portista voltou a falar sobre o “ambiente muito diferente e muito atípico” que tem marcado o regresso da competição após a paragem forçada pela pandemia. Na próxima ronda, os Dragões deslocam-se ao terreno do CD Aves (16 de junho, 21h15, Sport TV).

O resumo do jogo
“Estes jogos são disputados num ambiente muito diferente e muito atípico para um jogo de futebol. Os adeptos são essenciais num jogo de futebol. Não é normal vermos tantos erros individuais como os que temos visto em vários jogos. Sabíamos da dificuldade deste jogo, pois o Marítimo não está numa situação confortável. Também sabíamos que podiam mudar a estrutura habitual. Vou percebendo que há um respeito muito grande pelo FC Porto e não podemos controlar o que os outros fazem. Temos é de encontrar a melhor forma de chegar à baliza, fazer golos e ganhar. Na primeira parte fizemos o golo e tivemos um ou outro erro que podia ter dado golo ao Marítimo, mas também falhámos mais uma ou outra oportunidade. Nesse aspeto, a primeira parte foi equilibrada. Na segunda parte controlámos melhor o jogo e o único remate perigoso do Marítimo foi já na parte final. O resultado é justo, num jogo difícil contra uma equipa organizada. Temos de nos preparar para estas dificuldades até ao fim do campeonato. O resultado é sempre o mais importante e não tenho visto grandes exibições desde que o campeonato regressou. Tivemos um espírito fantástico a segurar a vantagem que conseguimos.”

A expulsão de Alex Telles
“O Alex Telles levou um amarelo durante o jogo. As dificuldades foram normais pois os nossos laterais dão muito em termos físicos. O Manafá também tinha amarelo, mas não ia substituir só por substituir. O Alex Telles pode fazer a diferença a qualquer momento do jogo e optámos por mantê-lo.”

Formação de qualidade
“Nós não metemos jogadores da formação a jogar só para parecer bem. O Fábio Vieira estreou-se hoje, mas está há muitos meses a treinar connosco. Não foi nenhum prémio por nada, pois ele tem muita qualidade. A formação do FC Porto tem imensa qualidade, mas não queremos lançar jovens jogadores só por lançar. À medida que o campeonato se aproxima do fim, todos os jogos e todos os pontos são decisivos. Hoje tínhamos muitos jovens no banco e outros a jogar. Há aqui muitos jovens com qualidade e, num futuro próximo, podem ser uma mais-valia para o clube. Estou esperançado que, nos próximos tempos, a base da equipa principal sejam jogadores da formação. E não é pelas dificuldades financeiras, é pela qualidade que têm.”

A pressão é para todos
“Toda a gente está pressionada, dependendo dos objetivos. Há quem lute pelo título, há quem lute pela Europa e há quem lute para não descer. À medida que se aproxima o final do campeonato, as coisas ficam mais difíceis numa atmosfera diferente em que nunca pensei que fosse tão difícil jogar. Temos de nos focar em nós e ganhar os nossos jogos. O nosso foco é total naquilo que é o nosso trabalho. Trabalhamos diariamente para fazer a melhor exibição possível e ganhar.”

FC Porto x Marítimo apesar de tudo deu vitória para os Dragões

Apesar dos critérios discutíveis de Tiago Martins (AFL): cartões amarelos injustificáveis para intimidar os portistas e do 2º amarelo a Alex Telles a pedido dos jogadores do Marítimo que permaneciam no seu banco, os Dragões lá conseguiram os 3 pontos da ordem, não obstante as decisões controversas do árbitro do jogo Tiago Martins o qual revelou não ter personalidade para se impor aos referidos elementos que permaneciam no banco dos madeirenses,deixando-se atrofiar pelos gritos destes...!!

O FC Porto é líder isolado do campeonato. Após o empate do Benfica, momentos antes, em Portimão, os Dragões entraram em campo atrás dos encarnados e garantiram uma vitória que os recolocou no comando da Liga NOS. Um grande golo de Corona, nos primeiros minutos do encontro, fez com que os três pontos ficassem na Invicta no regresso dos portuenses ao Estádio do Dragão, mais de três meses depois da última partida caseira.

Ficha oficial do jogo - Estádio do Dragão - 10 de Junho de 2020

Árbitro: Tiago Martins da Associação de Futebol de Lisboa
Assistentes: Pedro Mota e Hugo Ribeiro
4º Árbitro : Hugo Silva
VAR: Manuel Oliveira, assistido por AVAR: Tiago Leandro

FC PORTO : 32Agustín Marchesín 18Wilson Manafá, 19Mbemba, 3Pepe, 13Alex Telles
22Danilo Pereira, 27Sérgio Oliveira,
17Tecatito, 20Zé Luís, 11Marega, 7Luis Díaz

SUPLENTES : 31Diogo Costa
4Diogo Leite, 16Matheus Uribe, 50Fábio Vieira, 77Vítor Ferreira
9Aboubakar, 29Soares, 57João Mário, 49Fábio Silva

TREINADOR : Sérgio Conceição

CS MARÍTIMO : 94Charles
2Bebeto, 5Zainadine Júnior, 17Rúben Ferreira, 31Nanú
25Renê Santos, 15Dejan Kerkez, 18Franck Bambock
96Diego Moreno, 13Daizen Maeda, 95Joel Tagueu

SUPLENTES : 1Amir
45Fábio China, 20Kibe, 60Pelágio, 44Vukovic, 7Bruno Xadas
12Edgar Costa, 10Getterson, 38Milson

TREINADOR :José Gomes

Grande golo aos 6’ por Tecatito

terça-feira, 9 de junho de 2020

Câmara de Matosinhos, afinal o que já se sabia...

Câmara de Matosinhos... Mas afinal já se sabia que era um empreendimento privado em colaboração com o FC Porto...!

Câmara de Matosinhos nega ter cedido terrenos para construção da Cidade F. C. Porto

O comunicado na íntegra:

"A Câmara Municipal de Matosinhos encontra-se a analisar um Pedido de Informação Prévia (PIP) que demonstra a intenção do Futebol Clube do Porto em instalar um complexo desportivo, com várias valências, no lugar da Amieira, na freguesia de São Mamede Infesta. Ou seja, o Futebol Clube do Porto fez entrar na Câmara Municipal de Matosinhos um pedido de informação que tem como objetivo perceber se é possível ou não realizar aquela operação urbanística.

A CMM ainda não aprovou nenhum PIP, nem nenhum Plano de Pormenor, nem alterou o Plano Diretor Municipal para esta área, pelo que nega categoricamente todas as notícias que vieram a público insinuando que a Câmara Municipal de Matosinhos teria cedido terrenos ao Futebol Clube do Porto.

A autarquia reforça que este se trata de um projeto privado, cujo promotor é uma entidade privada, não existindo nenhum tipo de parceria entre o promotor e a Câmara Municipal de Matosinhos, a quem cabe, como em dezenas de outros processos da mesma natureza, analisar e pronunciar-se de acordo com os regulamentos."

                           

A todos os possíveis benfiquistas que por aqui apareçam

Aos possíveis benfiquistas que por aqui apareçam a comentar recordo-lhes as façanhas do execrável Vieira actual presidente do clube da Águias:
a) Trafulhice é sinónimo de Luís Filipe Vieira, e exemplifico:
b) Processos na Justiça por actuações fraudulentas
c) O caso dos e-mails: através dos quais tomou-se conhecimento de que o 1º Ministro Filipe Vieira, o seu assessor Paulo Gonçalves, e demais personalidades, pretendiam controlar (padres/árbitros) por processos fraudulentos o Futebol (CA nomeações, CD e FPF), toda a Comunicação Social e pasme-se, até a Justiça em Portugal...!
d) O caso e-toupeira; as afirmações entre benfiquistas em que referiam : o Benfica agora manda, mas manda mesmo...
e) O Luís Filipe Vieira (DN) apanhado ao telefone a escolher árbitros: "o João. pode ser o João Ferreira"; este actualmente a desempenhar o cargo de vice-presidente no Conselho de Arbitragem...etc...! E esta foi uma das razões porque a Maria José Morgado mulher dum conhecido benfiquista não continuou com o Processo Apito Dourado até Lisboa, pois o processo não passou de Leiria para baixo, porque se iriam descobrir todos os "podres" relacionados com os actuais dirigentes do Benfica.

Mais um árbitro conveniente ao Benfica e...

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Tiago Martins para arbitrar o jogo entre FC Porto e Marítimo, agendado para a próxima quarta-feira (21h30, Sport TV), no Estádio do Dragão, referente à 26.ª jornada do campeonato.

Árbitro: Tiago Martins da Associação de Futebol de Lisboa
Assistentes: Pedro Mota e Hugo Ribeiro
4º Árbitro : Hugo Silva
VAR: Manuel Oliveira, assistido por AVAR: Tiago Leandro

E ainda:

Pinto da Costa comentou também as notícias sobre negócios obscuros e “escândalos” entre Benfica e Desportivo das Aves, que fizeram a manchete do jornal Público, garantindo que “os contratos do FC Porto são claríssimos e não fictícios”, e estranhou ainda a escolha de Cláudia Santos para a presidência do Conselho de Disciplina da FPF, depois de ter sido “colocada fora da Liga” por nove de dez clubes. A excepção foi o Benfica (claro como água).

segunda-feira, 8 de junho de 2020

FC Porto - Assembleias Gerais

Ao cuidado de universoporto@portocanal.pt - Caríssimos boa tarde!

Este tem por fim sugerir a quem de direito que de futuro as Assembleias do FC Porto para discussão e aprovação de assuntos que carecem da aprovação dos sócios do Clube, se realizem no Dragão Caixa e a horas decentes de modo a que mais sócios se sintam confortáveis a assistir e a participar activamente.

Saudações portistas
Armando Almeida Monteiro
Sócio nº 2770 do FC Porto

José Fernando Rio: "Números são muito fortes e...

Dr. José Fernando Rio: "Números são muito fortes e dão-nos mais capacidade de escrutínio"

O líder da Lista C pediu mais "rigor e profissionalismo" à lista de Pinto da Costa e garante que "não haverá divisões". "Darei os parabéns ao presidente mais tarde", afirmou.

"Foi o processo eleitoral mais concorrido deste século e o segundo de sempre. Recolhemos mais de 25% dos votos, o presidente Pinto da Costa ficou abaixo dos 70% e acredito que estes números são muito fortes e nos dão mais capacidade de escrutínio desta nova direcção, a quem se pede mais rigor e profissionalismo. Com este resultado, temos condições de intervir caso seja necessário. Parabéns a Pinto da Costa? Houve o confronto natural de um processo eleitoral, mas agora não vamos criar divisões. Liguei ao presidente para lhe dar os parabéns, mas tinha o telemóvel desligado. Darei os parabéns mais tarde", disse José Fernando Rio em declarações à RTP 3.

A Lista A recolheu 68,65% dos votos, seguindo-se José Fernando Rio (26,44%), da Lista C, e Nuno Lobo (4,91%) da Lista B. Pinto da Costa, eleito pela primeira vez em 1982, vai assim, cumprir, o 15.º mandato à frente do F. C. Porto. As eleições deste fim de semana - inicialmente agendadas para Abril mas adiadas para Junho devido à covid-19 - foram as mais concorridas do século, com 8480 votantes, superando o registo de 2007, com 3820 votantes.

O líder dos azuis e brancos ganhou em todas as mesas, desde a dos sócios mais antigos à dos mais recentes, e agradeceu aos sócios o voto de confiança: "Tenho de agradecer a todos os sócios que vieram votar e, de uma maneira especial, aos que confiaram em mim. Num momento que não é fácil para ninguém, vieram dar-me um voto de confiança", disse no Dragão Arena.

A tomada de posse está marcada para terça-feira, às 18 horas.


Como registo das promessas (08/06/2020)



FC Porto Eleições_Ironia

Ironia sim, os 68% que correspondem ao resultado obtido pela lista"A" nas eleições, pois acabaram por eleger para os próximos 4 anos uma direcção cujos principais elementos que compõem esta lista são responsáveis por o FC Porto estar praticamente em falência técnica e não obstante os seus dirigentes continuam a ser principescamente remunerados e ainda a beneficiar de prémios sem justificação...!!
Que dizer, como se poderão classificar os 68% dos sócios que indiferentes aos últimos erros de gestão preferiram ignorar a situação e apesar das vicissitudes que o Clube atravessa continuam a apoiar gente que só pensa em governar-se, sugar (lapidar) os recursos do FC Porto...?!

sábado, 6 de junho de 2020

Público_Acordos secretos ilegais entre Benfica e Aves

Jornal Público - Acordos secretos entre Benfica e Aves expõem relações de dependência
Negócios duvidosos, contratos com adendas leoninas, relações de subalternidade. É neste ambiente que o clube da Luz e o emblema avense se movem no futebol português Destaque, pág 2 a 5

https://www.fcporto.ws/jornal-publico-noticia-acordo-secretos-entre-benfica-e-aves-expoem-relacoes-de-dependencia/

Futebol critérios de desempate Portugal, Espanha e Itália

Liga portuguesa de futebol profissional - Classificação geral actual

1º - Benfica    golos marcados 52 - golos sofridos 14
2º - FC Porto golos marcados 51 - golos sofridos 18

Futebol – Critérios de desempate em Portugal, Espanha e Itália

É o tema do momento, a polémica de sempre. O critério de desempate no caso de igualdade pontual definido pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) é aplicado, apenas, na última jornada e baseia-se no confronto direto entre as duas equipas empatadas em pontos.
Até lá, que é o mesmo que dizer até à jornada 30 da liga portuguesa, esse desempate é feito com base na diferença de golos marcados e sofridos em toda a competição.
Sobretudo porque assumimos a responsabilidade enquanto meio de comunicação social, não só de informar mas também de formar, de ajudar os leitores a perceberem melhor a realidade, pelo que, refletimos da primeira à jornada 30 da Liga Zon Sagres, a classificação tendo o confronto direto como primeiro critério de desempate. É preciso frisar que este critério se aplica não só à liderança, mas também em relação aos lugares que dão acesso às competições europeias e aos que ditam a despromoção do principal escalão do futebol luso. Com base nesta divisão de critérios da LPFP, um vigora durante 29 rondas e o real aplica-se apenas na jornada 30 (estejam ou não cumpridos antes da derradeira jornada os dois jogos que permitem aplicar o confronto direto).

Espanha com ligeiras diferenças
Em Espanha o regulamento espanhol baseia-se, em primeira instância, na diferença de golos marcados nos jogos entre as equipas empatadas em pontos. O seguinte critério a aplicar-se analisa a diferença de golos marcados em todos os jogos da liga e por último analisa-se o total de golos marcados em toda a prova.

Itália, confronto directo é preponderante
A liga italiana tem como primeiro critério de desempate o confronto direto entre as equipas com os mesmos pontos. A segunda regra a aplicar caso a primeira não surta o desempate é a diferença entre golos marcados e sofridos nos jogos entre as equipas empatadas e posteriormente analisam-se todos os golos marcados e sofridos em todo o campeonato. Se, no entanto, continuar a haver igualdade pontual na Serie A fica à frente a equipa que possuir mais golos apontados em toda a liga. Caso todos estes critérios não consigam desfazer a tal igualdade pontual, dizem os regulamentos italianos que se procederá a um sorteio.

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Pinto da Costa: "Agora é que vai ser..."

No decorrer da entrevista ao "Portal dos Dragões", Jorge Nuno Pinto da Costa falou dos jogadores do F. C. Porto, cujo contrato se aproxima do fim. E também abordou o eventual regresso de Ricardo Quaresma ao Dragão.

O presidente portista foi, primeiro, directamente confrontado com a situação contratual do jovem defesa direito, Tomás Esteves. "Julgo que já há acordo para renovar", assegurou, falando depois do muito desejado regresso de Ricardo Quaresma ao F. C. Porto.

"Isso do Quaresma tem de ser encarado de duas diferentes perspectivas. Ele pode regressar a casa ainda como jogador, mas nunca pensamos nisso porque a época está a decorrer e estamos apenas concentrados no campeonato e na Taça de Portugal. E outra possibilidade é regressar noutras circunstâncias, depois de terminar carreira, num cargo técnico ou directivo. De qualquer das formas, será sempre um prazer se, um dia, ele regressar. O Quaresma está tão ligado ao F. C. Porto, como o F. C. Porto e os seus adeptos, onde me incluo, sentem um carinho enorme por ele", rematou Pinto da Costa.

Relativamente a jogadores nucleares que terminam contrato no final da próxima época, como por exemplo Alex Telles, Otávio ou Marega, o presidente explicou o seguinte: "Vamos tentar renovar com eles, algumas das conversações já estão bem encaminhadas, mas vamos esperar que a época termine porque o momento não é o ideal para falar disso. Antes de a próxima época começar, esses jogadores têm de ter uma posição definida, temos de saber se podemos contar com eles".

Pinto da Costa revela que Cidade do F. C. Porto nascerá em Matosinhos
O presidente do F. C. Porto revelou todos os pormenores da principal obra infraestrutural que pretende erguer caso seja reeleito na presidência do clube azul e branco. Pinto da Costa confirmou que a Cidade do Futebol portista nascerá em Matosinhos.

"Temos um terreno de 8 hectares no concelho de Matosinhos. O plano director já está alterado e o de pormenor já foi aprovado pela Câmara Municipal. Prevê sete campos de futebol de 11, um deles com bancada para 2500 lugares, e dois campos de futebol de sete. Terá uma zona residencial, um lar, um hotel para 100 camas e temos dois tipos de financiamento aprovados", explicou o presidente do F. C. Porto, em entrevista à página de Facebook "Portal dos Dragões", prosseguindo, depois, igualmente de forma pormenorizada.

"O F. C. Porto é que terá de optar por um dos financiamentos, mas isso ainda não ficou decidido pois estamos em final de um mandato e entendemos que não o devermos fazer. Poderá ser um financiamento bancário, a 10 anos. Mas temos outra opção, com um investidor privado, que pagará tudo e terá a responsabilidade total da obra e nós pagaremos o aluguer durante 20 anos e, no fim, todo o complexo passa automaticamente para o F. C. Porto. Teremos de analisar o que é melhor para o F. C. Porto", explicou Pinto da Costa.





































quinta-feira, 4 de junho de 2020

Apesar da derrota em Famalicão, FC Porto continua líder

Pinto da Costa, em entrevista ao Portal dos Dragões, falou de algumas temas da actualidade dos dragões e comentou o jogo em Famalicão e o empate do Benfica.

Jogo em Famalicão: "Sem adeptos nas bancadas, o jogo com o Famalicão foi uma partida estranha. É quase como ir a um restaurante e depois servirem a comida sem sal. Quase roça a insensatez. Depois foi também um jogo atípico e que correu tudo mal. Não concretizámos as oportunidades. Depois sofremos um golo atípico e contra a corrente do jogo. Felizmente, hoje um dirigente dizia que o Benfica dependia de si para ser campeão, e era verdade, mas agora posso dizer que só o FC Porto é que depende de si. Não esperava que fosse tão depressa. Ontem correu tudo mal, foi uma anormalidade, mas quarta-feira a equipa vai mostrar que está bem."

Teme que, se o Benfica passar para a frente da classificação, arranjem um subterfúgio para não reatarem o campeonato?

"É rara a pessoa que não me pergunta isso. Se calhar, com a minha idade, ainda sou inocente, mas todos fazem a mesma pergunta. Parece que estão todos convencidos disso e eu espero que isso não aconteça, porque espero que só tenham estado líderes durante 24 horas."

Naming do Estádio do Dragão: "Há negociações adiantadas, estamos na fase da direcção do contrato e os valores estão mais ou menos definidos. Gostava muito que o nome Dragão não saísse do nosso estádio. O nosso pavilhão também teve o nome de uma entidade bancária a seguir ao Dragão. Pode continuar a ser Estádio do Dragão e depois o nome da empresa patrocinadora."

Mais distante na Comunicação? "Não posso entrar pelos jornais e pelas televisões dentro a dizer que quero falar. Sei que há televisões onde sou vetado e há jornais que não me convidam para nada."

O que publicaram os Jornais Desportivos

Do benfiquista Duarte Gomes em A Bola









































O Record deliberadamente omite arbitragem polémica



























Apesar de tudo só OJogo aborda "quase" todos os lances polémicos.
Nas imagens transmitidas pelo Porto Canal existem mais lances ilegais passíveis de crítica e superiormente comentados por Carlos Duarte perito em arbitragem...!






















quarta-feira, 3 de junho de 2020

Nuno Almeida e Luís Ferreira nomeados para travar o FC Porto

Duas expulsões e duas grandes penalidades perdoadas à equipa do Famalicão... Demonstração com imagens perfeitamente visíveis e repetições no Porto Canal...!!
É um facto que Nuno Almeida permitiu o jogo faltoso dos famalicenses, mas mesmo assim se o meio campo portista fosse eficaz e superasse em esforço e capacidade de correr o meio campo dos adversários o desfecho negativo para os azuis e brancos não teria acontecido... A agravar ainda mais a situação aconteceu que Marchesin por excesso de desconcentração e cúmulo de facilitismo, resolveu conceder, permitir que o adversário marcasse um golo, factor que enervou e retirou concentração à equipa, tornando a possibilidade de recuperação muito mais difícil...!!
Mas apesar da cegueira momentânea e das inacções de Nuno Almeida e do VAR Luís Ferreira o FC Porto tinha obrigação de vencer se tivesse sido a equipa consistente que costumava ser antes da interrupção do campeonato.


Ficha oficial do jogo - Estádio Municipal de Famalicão - 03 de Junho de 2020

O FC Porto perdeu esta quarta-feira diante do Famalicão (2-1), no Estádio Municipal de Famalicão, em jogo da 25.ª jornada da Liga NOS. Os Dragões seguem na liderança do campeonato, com 60 pontos, mais um do que o Benfica, que tem menos um jogo disputado.

Árbitro: Nuno Almeida da AF do Algarve
Assistentes: André Campos e Venâncio Tomé
Quarto Árbitro: David Silva
VAR: Luís Ferreira auxiliado pelo AVAR: Nélson Cunha

FC FAMALICÃO: 1Defendi
2Ivo Pinto, 18Nehuén Pérez, 23Roderick, 32Álex Centelles 81'
28Pedro Gonçalves, 69Uros Racic, 10Rúben Lameiras 62'
19Toni Martínez, 17Diogo Gonçalves, 11Fábio Martins 75'

SUPLENTES : 64Gabriel Souza, 15Riccieli, 97Patrick William 62'
6Guga 75', 8Ofori, 7Walterson Silva 81', 33Anderson Oliveira

TREINADOR : João Pedro Sousa

FC PORTO : 32Agustín Marchesín
17Tecatito, 3Pepe, 19Mbemba, 18Wilson Manafá
25Otávio, 22Danilo Pereira 73', 27Sérgio Oliveira
11Marega, 29Soares 82', 7Luis Díaz

SUPLENTES : 31Diogo Costa
4Diogo Leite, 16Matheus Uribe, 50Fábio Vieira, 77Vítor Ferreira
9Aboubakar 82', 20Zé Luís 73'

TREINADOR : Sérgio Conceição

Os Golos

Famalicão: Fábio Martins 48' e Pedro Gonçalves 78'
FC Porto: Tecatito 74'

Pinto da Costa no seu melhor...

Pinto da Costa foi o último dos três candidatos às eleições no FC Porto a ser entrevistado no Porto Canal

Cidade do futebol: "Quando dizemos o que queremos e estamos a fazer aparecem logo a boicotar. Temos um projeto que será aprovado, mas há problemas de licenças. Há espaço e temos de pesar em grande, daí passar da academia à cidade do futebol"
A formação: "É importante. FC Porto não tem academia, mas tem lançado talentos, tido resultados. É o único clube que conquistou um título europeu nas camadas jovens. Mas queremos melhor e, por isso, o Fernando Gomes será o responsável nesse setor, aproveitando tudo o que está lá de bem feito e mudar o que tiver de ser. Em 1987 quando vencemos o título europeu tínhamos muitos portugueses, mas os jogadores mais decisivos foram o Mlynarckk, o Celso, o Juary, o Madjer, o Futre que era da escola do Sporting. Pensar que só vou ter jogadores da formação... Nunca mais poderíamos pensar em ir longe nas provas europeias. Pensar que não precisamos de jogadores estrangeiros é uma utopia"
Sem políticos: "Para mim, um presidente de Câmara não é um político. Rui Moreira não é de nenhum partido, é um autarca. Não tenha nada contra os políticos, apenas contra aqueles que nos seus cargos assumem o seu clube. Como o Mário Centeno a pedir para acelerar as coisas na Assembleia da República para ir ver o Benfica, Não estou a ver o doutor Rui Moreira a fazer isso"
Os outros candidatos: ""Ouvi as duas entrevistas e as ideias eram ter muita vontade e competência. Em nenhum deles, salvo os nadadores, têm a mínima experiência de FC Porto. Gostava era de ver candidatos com experiência que acompanham o clube, que vão às Assembleias Gerais. Então um indivíduo de 50 anos tão interessado no clube e não vai às Assembleias?"
A sucessão: "Rui Moreira e Villas-Boas sempre disseram e a mim também que se eu me candidatasse, subscreviam a minha candidatura, como o António Oliveira. Julgo que este será o último mandato. Não garanto, porque nunca sabemos. Mal do FC Porto se nenhum dos candidtos que tem capacidade para o ser não se assumir. Rui Moreira, Villas-Boas, Oliveira, embora tenha dito que nunca será. Ficaria super descansado e feliz porque poderia ver, sem responsabilidade, o FC Porto na senda do triunfo."
Palavra aos adeptos: "Não tenho de convencer os adeptos de nada. Eles conhecem-me, sabem o que era o FC Porto antes de eu assumir, Só lhes peço uma coisa: votem, dando um sinal de vitalidade e da força do FC Porto e que pensem bem o que fazem"
Resposta a Luís Filipe Vieira: "Só me custa dizer o nome do Benfica se ganhar ao FC Porto. As relações com o Benfica estão cortadas há muitos anos. Da minha parte não há hipóteses de reatarem. Digo sempre a mesma coisa e não me esqueço de como estava a Liga quando entrou o doutor Pedro Proença. Não vou em golpes para tentar, a meio, com o pretexto de uma cara ao Presidente.. As toupeiras não são crimes, mas escrever ao Presidente da República é"
Mala Ciao: "Fui saber o que é. Explicaram-me que foi uma denúncia comprovada pelos acusados de que havia jogadores do Rio Ave e de outro clube que testemunharam que tinham sido contactados para perder jogos contra o Benfica. Isso mostra que continua ter toupeiras muito eficientes sobre quem faz as denuncias anónimas."
A resposta: "O Manuel José ao referir-se daquela maneira o Fernando Gomes mostrou uma baixeza e vileza sem par e sem qualificação. Disse o que tinha a dizer, que foi considerado correto, e a prova disso é que a RTP onde ele cometeu essa indignidade, transcreveu a minha resposta. Não foi para me defender, mas porque também se sentiu incomodada. Devia pôr-se de pé para falar do Fernando Gomes."

Pinto da Costa, presidente do FC Porto e candidato à presidência nas eleições de 6 e 7 de junho, abordou o fair-play financeiro de que o clube é alvo, em entrevista ao Porto Canal.

Há 4 anos houve alguma contestação e votos em branco... Duplicou o passivo, a situação desportiva piorou. Foi um falhanço este mandato?
"Não. Uma das mais recentes e piores explicações é o que aconteceu com este vírus maldito. Antes a situação já não era boa. Ainda ontem vi (não vi, mas li extratos) que um presidente de um clube foi impossibilitado de vender dois jogadores por 100 mil cada um. Nós também tínhamos, não era assim, mas estávamos mais perto disso do que longe da metade..."
Mas antes do vírus, já estava mal, tinha fair-play financeiro...
"Já, mas se tivesse faturados 147 milhões de euros que estavam acordados não estávamos a falar de problemas financeiros. Benfica tinha 200 milhões, nós 147. Posso contrair dívidas, porque sei que estou seguro. Se aparece um vírus que nos afeta todos, temos de estar conscientes e encontrar soluções."
Fair-play financeiro:
"O que dói não é se está em fair-play ou deixa de estar. É demagogia. O que os adeptos querem é garantia de que a bola entre, ganhe títulos e mantenha em seu poder os ativos e ações da SAD do FC Porto. Não pode gastar mais do que tem, mas pode sabendo que amanhã vai ter algo que vale tanto. Não pode deixar de fazer um investimento sabendo que vem um vírus. Negócios estavam feitos antes do fim do ano. Só faltava concretizar. Vírus afetou e não só em Portugal. Tudo ficou em suspenso."
É possível não depender disso e entrar na Champions?
"É possível, é não entrar, o clube tem de moldar despesas às receitas. Nós incluíamos, até agora, receitas de venda de jogadores. Mas ninguém pensou que vinha um vírus. O senhor sabia? Era o único que sabia? Não me diga que o senhor é chinês."
Clubes dependem de venda de jogadores?
"Não. Dependem de tudo somado. Mas se vem o vírus e deixa de ter merchandising, receita de museu, bilhética, cativos... se calhar só o senhor é capaz de fazer projeções que se calhar vinha o vírus da China. Vírus foi para todos e os clubes estão todos tão bem que tiveram de cancelar os negócios que tinham connosco. Para já essas vendas estão suspensas, mas por esses valores tenho muitas dúvidas que voltem."

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Opiniões importantes de portistas

É só para referir que gostei destes:

Caríssimo Vila Pouca, não sei nem quero saber e era o que faltava, em que vai votar. Apenas sei que com o seu portismo dedicado, vai votar! E isso já é sinónimo de crença num futuro melhor. Porque gratidão com o actual presidente é uma coisa, dívida é outra. E creio bem, que o FC Porto e os seus associados nada devem a Pinto da Costa. A não ser a tão prometida estátua.

Caríssimos portistas em geral e ao Gilles em particular por ter induzido em erro as respectivas transmissões das listas pelo Porto Canal.

Hoje é a Lista D através de Miguel Bráz que exporá as suas razões. Amanhã será José Fernando Rio, o meu candidato, na 2ª será o Lobo e na 3ª Pinto da Costa. Se as partes interessadas concordarem, 5ª ou 6ª feira haverá debate colectivo.

Tripeiro de Massarelos

Mas também eu já decidi, pelas razões mais que conhecidas e embora tenha uma dívida de gratidão com PC, não votarei na lista A

Saúde que é o bem mais precioso para todos os portistas

Só portista quem é abençoado por Deus

A motivação de José Fernando Rio - Lista C

José Fernando Rio concedeu uma entrevista ao Porto Canal, na qual abordou os motivos que o levaram a avançar para as eleições agendadas para o próximo fim de semana.
"Estou aqui porque faço uma avaliação negativa dos últimos quatro anos da atual direção. O FC Porto está pior, sobretudo financeiramente. É chegado o momento de tomar decisões para que FC Porto continue um clube grande. Quem trouxe o clube até este estado já não vai ter a capacidade para dar a volta. As pessoas têm de votar com o coração e com a razão e se o fizerem será na minha lista", afirmou o candidato.
"O FC Porto tem perdido competitividade. Só tem um título em seis anos, discutiu-os, mas só ganhou um. Nos últimos 30 títulos internos, ganhou duas Supertaças e um campeonato. Parece-me bastante pobre até para aquilo que o presidente nos habituou. Antes ganhava 25 destes 30", vincou, abordando depois as saídas sem contrapartidas financeiras, como foi o caso de Herrera, em final de contrato.
"Não admito que jogadores chave saíam a custo zero. Há um grande conjunto de interesses que gravitam à volta dos jogadores, mas um clube como o FC Porto tem de antecipar problemas e encontrar soluções. Admito que haja um caso extremo em que um jogador meta na cabeça isso, mas os interesses do FC Porto têm de prevalecer. Tem havido desleixo nessas negociações. Não sei se o Herrera já tinha decidido sair, mas era o capitão e foi fundamental para o último título. Os adeptos não entendem bem que um jogador assim saia sem qualquer benefício financeiro. Será que tentou renovar a meio ou nos dois últimos anos? Não sei, não conheço os pormenores. Mas não acredito que ele não aceitasse renovar", indicou.

Oh Jorge Nuno és um brincalhão

Pinto da Costa admitiu, numa entrevista ao 'Jornal de Notícias', que abdicaria de ir a sufrágio no próximo fim de semana se Rui Moreira, mas também António Oliveira, Vítor Baía ou André Villas-Boas, tivessem avançado com uma lista para estas eleições do FC Porto.
"Qualquer um deles, se se candidatasse, seria prestigiante para o clube. Com eles estava tranquilo, não me candidatava, mas se o fizesse sentia-me prestigiado em concorrer com pessoas que têm um passado no FC Porto. (...) Se o Rui Moreira se tivesse candidatado - embora ele me tenha dito que não o faria, e que eu devia continuar neste período difícil -, merecia o meu apoio e eu não avançava, não me teria candidatado. O passado e presente e o amor que tem à cidade e ao FC Porto falam por si", afirmou o líder azul e branco, acrescentando que os outros dois candidatos "não lhe dão garantias". 
Pode...?! Não serão antes os efeitos dos 10 ou 12 mil euros por mês...?
Há uns anos atrás Pinto da Costa foi confrontado com o facto de serem exorbitantes os vencimentos mensais que ele e demais membros da direcção auferiam e auferem, ao que ele respondeu : não tenho nada a ver com isso, os vencimentos dos membros da direcção foram estabelecidos por uma Comissão designada para o efeito... Mas o que é certo é que Jorge Nuno, não repudiou e se calhar até deve ter achado conveniente, muito aliciante mesmo, daí o facto de se recusar a deixar a direcção do FC Porto... A "teta" é boa demais.

FC Porto Eleições - José Fernando Rio Lista C

Lista C – José Fernando Rio realçou a questão financeira. "Sem as contas equilibradas não podemos fazer tudo o que queremos pelo clube: investir na equipa principal, construir uma academia fundamental para a aposta na formação, construir mais um pavilhão para permitir trazer mais modalidades ao clube, com especial atenção para o desporto feminino. O F. C. Porto não pode ser só um clube de homens", apontou o candidato.
"O F. C. Porto tem de voltar a ser uma voz de referência no futebol nacional, que agora não tem, e ter uma voz ativa junto das instituições nacional e do governo, que agora também não tem", salientou o rosto principal da Lista C, acrescentando ainda: "O F. C. Porto a nível financeiro vive uma situação quase dramática e, se não tiver novos rostos, corre o risco de deixar a ser o clube que é".
José Fernando Rio insistiu na ideia de ter uma candidatura forte", contudo, está consciente de que "para chegar à meta em primeiro lugar, os sócios têm de esquecer o elo emocional com Pinto da Costa". "Existe uma dívida de gratidão mas isso não chega para o F. C. Porto fazer um caminho saudável", finalizou.
Eis os elementos que integram a Lista C:
Direcção
José Fernando Rio (presidente)
Miguel Magalhães (vice-presidente - Financeiro)
Nuno Nunes (vice-presidente - Estrutura e Estratégia)
Alexandre França Barreira (vice-presidente - Jurídico)
José Correia (vice-presidente - Modalidades)
André Sousa Machado (vice-presidente - Marketing e Comunicação)
Joana César Machado (vice-presidente - Relações Institucionais)
José Meinedo (vogal - Património e Instalações)
Jorge Gunther Amaral (vogal - Transformação Digital)
Jaime Milheiro (vogal - Modalidades Profissionais)
Teresa Figueiras (vogal - Modalidades de Alto Rendimento)
João Morais (vogal - Modalidades de Alto Rendimento em Parceria)
Mário Abreu Faria (vogal - Provedor de Sócio)
Mesa da Assembleia Geral
André Navarro de Noronha (presidente)
Maria João Faria (vice-presidente)
João Paulo Borges (1.º secretário)
Luís de Castro Fernandes (2.º secretário)
Luís Cudell de Azevedo Campos (3.º secretário)

FC Porto Eleições - Nuno Lobo - Lista B

Nuno Lobo, candidato da lista B à presidência do FC Porto, apresentou a lista completa para as eleições no FC Porto, previstas para 06 e 07 de Junho.
O candidato tem como cabeças de lista Franco Araújo Ramos para a Mesa da Assembleia Geral, António Nunes para o Conselho Fiscal e disciplinar e Martins Soares para o Conselho Superior.
Presidente: Nuno Lobo
Vice-presidentes : Amaro Correia, José Moutinho, Artur Guimarães Silva, Guilherme Koehler, Miguel Passos e Nélson Sousa
Vogais : Rui Nascimento, Pedro Trigo, Raúl Magalhães, Maciel Carvalho, Nélson Manuel e António Vieira
Mesa da Assembleia Geral:
Presidente: Franco Araújo Ramos
Vice-presidente: Pedro Patrício
Secretários: Paula Mourão, Paula Duarte e Gilberto Ferreira
Suplentes: Diogo Pinto da Costa, Mário Soares e José Silva
Conselho Fiscal e Disciplinar
Presidente: António Nunes
Vice-presidente: Mário Duarte
Secretário: Tiago Sousa
Relatores de Contas: Henrique Mestre e Henrique Coelho
Relator de Contencioso: Carlos Quaresma
Relator de Sindicância: Rafael Sampaio
Suplentes: Pedro Aguiar de Matos e João Araújo Ramos

PS - Finanças: Artur Guimarães Silva
Modalidades: José Moutinho

Nuno Almeida aka "Ferrari Vermelho" nomeado

Árbitro: Nuno Almeida da AF do Algarve foi o árbitro nomeado pelo Conselho de Arbitragem para o Famalicão-FC Porto, da 25.ª jornada, agendado para esta quarta-feira, data da retoma da Liga.
Assistentes: André Campos e Venâncio Tomé
Quarto Árbitro: David SilvaVAR: Luís Ferreira
AVAR: Nélson Cunha

domingo, 31 de maio de 2020

«O futuro do FC Porto está em causa se o elo emocional com Pinto da Costa não for quebrado»

«Pinto da Costa já foi o maior presidente do FC Porto, mas a verdade é que nos últimos anos a situação ficou pior e, se olharmos para o último mandato, o FC Porto estava melhor há quatro anos. O futuro do FC Porto está em causa se esse elo emocional não for quebrado», referiu o candidato pela lista C, assumindo que falar abertamente da «dívida de gratidão» para com o líder do clube não menoriza a sua lista.
«Os sócios do FC Porto aceitam as nossas ideias. O que nos falta para ultrapassar a meta em primeiro lugar é fazer com que os adeptos do FC Porto esqueçam o elo emocional que têm com Jorge Nuno Pinto da Costa. Para votar não pode ser só com o coração, mas também com a razão», prosseguiu.
«O FC Porto quer ser uma voz de referência no futebol nacional, mas para isso precisa de ter a casa ordenada. Neste momento, o FC Porto não tem uma voz ativa nas principais instituições nacionais e nas entidades governamentais», referiu, voltando a aponta o dedo a Pinto da Costa: «Houve um auto afastamento da parte do clube e houve quem aproveitasse e tomasse conta do poder.»
«Queremos que nos respeitem e, hoje em dia, o FC Porto não é ouvido. Queremos ter relações institucionais com os clubes portugueses, mas há um com quem não é possível ter relações, porque sabemos que a sua teia de influências visa dominar o futebol português e prejudicar os seus adversários. Connosco isso vai mudar.»
Sobre o seu programa, José Fernando Rio destacou como principais pilares a aposta na formação e a construção de uma Academia.
«A Academia para o futebol jovem é fundamental para o futuro do clube. A atual direção fez essa promessa há quatro anos e não cumpriu. Sem as contas equilibradas e sustentáveis não há dinheiro para investir em pavilhões para as modalidades. Só o Dragão Arena não é suficiente para as atuais modalidades e para as que pretendemos trazer para o clube. O FC Porto já foi mais eclético. Queremos também fazer uma aposta forte nas modalidades femininas.»
As eleições para a presidência do FC Porto estão marcadas para os dias 6 e 7 de junho. Na corrida, além de José Fernando Rio (lista C) e Pinto da Costa (lista A) estão ainda Nuno Lobo (lista B) e também Miguel Brás da Cunha que concorre pela lista D apenas para o Conselho Superior.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Caríssimos Portistas

"Quem vive do passado vive equivocado" by Fernando Riera
aquando da sua passagem como técnico do FC Porto...!

Atendendo à composição da lista A Pinto da Costa deve realmente estar preocupado:
a) Convidou para fazerem parte da lista A dois pesos pesados, duas glórias do futebol portista, mas que apesar de indiscutivelmente terem sido dois futebolistas excepcionais, tenho constatado que são medíocres comunicadores. Vítor Baía que de vez em quando aparece nos canais de televisão, a argumentar é muito pobre. Quanto ao "bibota" que foi quem me entregou o emblema d'ouro, quando o abordei revelou a mesma dificuldade em comunicar.
b) Relativamente aos sonantes gestores de banco convidados, só aceitaram fazer parte da lista A para se servirem e não para servirem o FC Porto. Os chorudos vencimentos que vão auferir, que diga-se o que se disser PC apoia (governa), são muito convenientes e suficientemente aliciantes para convencê-los...!!
c) Acreditaria nas boas intenções de Pinto da Costa se uma das medidas (preconizadas) adoptadas por ele nesta altura em que o FC Porto padece de dificuldades financeiras fosse: reduzir em 50% os vencimentos da Administração e restantes membros da Direcção

Saudações portistas
FC Porto sempre e acima de tudo

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Opiniões portistas colhidas na blogsfera

Tripeiro de Massarelos disse...
Caríssimos, ao que consta Alex Telles foi saldado, e aqui a palavra até merece sublinhado, ao PSG pela bagatela de 25 milhões de euros. Para um clube que comprava barato e vendia caro, nada como uma inversão dos seus valores, adiante.
Como precisamos de fazer 60/70 milhões de mais-valias, segundo palavras de Fernando Gomes e antes da pandemia, no que nas contas reais dão os tais 100 milhões de euros em vendas, se o nosso melhor jogador só vale 25, então vamos ter que despachar o plantel todo para chegarmos à quantia necessária. Outro pormenor que a imensa maioria não vê, é que esses "100 milhões" são obrigatórios até 30 de Junho deste ano corrente, data em que há o fecho de contas. Isto se o FC Porto quiser ver-se livre já este ano do fair-play financeiro.
E depois há as famosas entrelinhas que muitos de nós também não ligamos como por exemplo: Danilo - o FC Porto só detém 80% do passe; Corona - 66% e por aí fora.
Não queria estar na pele nem do causador da desgraça se recandidata com uma promessa estúpidamente impossível, como na pele do José Fernando Rio o único e credível opositor a Pinto da Costa. De Nuno Lobo nem me merece uma palavra.
Neste marasmo todo, onde só um génio das finanças nos poderá salvar, e acreditando que o FC Porto ainda pode e deve vender mais jogadores, onde haverá o dinheiro suficiente para reforços? É que é tudo muito lindo, sobretudo para os que não percebem de futebol mas que se acham os melhores treinadores de sofá que existe, não será com a exclusiva responsabilidade da formação que atingiremos os objectivos.
Estou apreensivo e sinceramente, temo muito pelo futuro do nosso FC Porto.

Teófilo disse...
Caros Portistas,
Qualquer um dos candidatos antes de prometer o que quer que seja tem, deve, pedir uma auditoria externa e minuciosa às contas de todo universo FCPORTO. Depois dessa auditoria, tem de ver onde pode cortar para reduzir despesas/custos a todos os níveis mas tem de começar pelos ordenados, vencimentos escandalosos da administração (mais prémios) da SAD. Quando tiver todas as contas na sua posse, (deverá) terá de convocar uma assembleia geral do clube com vários planos (projectos) para a apresentar aos sócios, e só depois, serem os sócios a escolher qual o caminho a seguir, assim não há nem pode haver contestação caso sejam os sócios a decidir, isto na minha maneira de ver as coisas. O buraco do FCP pode ser muito maior do que se pensa pois ninguém sabe os valores antecipados. Pelas minhas contas e que o que foi as ultimas eleições 30% de nulos ou em branco e FR tem 36% nas sondagens pode haver uma surpresa daí o nervosismo do Presidente, está muita gente farta da inércia, do desleixe e da má gestão desta direcção.
FOMOS PORTO! SEMPRE F.C. PORTO!

Venda do ativo Alex Telles ao Paris Saint Germain ?

Venda de ativo para resolver problemas financeiros...?!



terça-feira, 26 de maio de 2020

Quem vive do passado, vive equivocado... Fernando Riera

Opiniões portistas
Subscrevo na integra:

...Custa-me imenso e é com sinceridade que digo isto, que o presidente mais titulado do Mundo, com 82 anos de idade se agarre ao poder como uma lapa e venha com promessas que já sabemos que serão difíceis de cumprir. Algo vai mal na vida pessoal do senhor Jorge Nuno Pinto da Costa.
Já agora, se bem se lembram, ou deveriam lembrar-se, nas últimas eleições onde houve pouca democracia, registaram-se 500 votos nulos ou em branco. No universo eleitoral foi uma percentagem bastante significativa. Será que PdC só agora e a poucos dias do acto é que está a tomar consciência que afinal não é tão invencível/infalível como julga? O que é uma pena num homem que poderia e deveria ter saído pela porta grande.

O candidato decepção

https://renovaroporto.blogspot.com/2020/05/hoje-sou-contra-pinto-da-costa.html


Creio que o que actualmente está a ter muita influência, decisivo mesmo, é o facto do presidente do FC Porto auferir 12.000€ (ou mais e os chorudos vencimentos dos membros da direcção) por mês o que não é indiferente para qualquer pessoa... Atendendo à sua importância, estranho na blogsfera ninguém abordar este assunto...!

Armando Vale

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Continuidade na APAF

Nada de novo na APAF
Luciano Gonçalves foi este sábado reeleito presidente da direção da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), numa eleição com recorde de votantes nos 41 anos da associação.

Em comunicado, a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) dá conta dos valores da eleição registada na noite de sexta-feira, em que nota ainda "a inexistência de qualquer voto nulo ou em branco", tendo todos apostado na candidatura única de Gonçalves, eleito para mais quatro anos.

Além do presidente, a lista de órgãos sociais conta com três vices: Gustavo Sousa, Nuno Conceição e José Rodrigues, com Artur Soares Dias como presidente da Mesa da Assembleia Geral.

A José Fernando Rio signatário da lista C

Olá Dr. José Fernando Rio!
Eu, Armando Monteiro, sócio do FC Porto nº 2770, também entendo que em face da grave situação financeira actual do FC Porto, está na altura de injectar sangue novo. Acredito que Jorge Nuno está a perder discernimento, porque em vez de decidir escolher Vítor Baía para vice-presidente devia ter solicitado a José Fernando Rio que se juntasse a ele na presidência e assim começar dar passos seguros na sua (dele) sucessão.
PS - Vítor Baía?! Este nem sequer teve talento para gerir a fortuna pessoal, quanto mais a do FC Porto.

domingo, 24 de maio de 2020

Calendário para os jogos que faltam disputar 2019/20


FC Porto volta a jogar no dia 3 de Junho 2020
Campeonato suspenso desde 12 de Março recomeça a 3 de Junho devido à pandemia covi19
O campeonato regressa com a 25.ª jornada, na qual o líder da prova defronta o Famalicão (21h15)
O FC Porto vai voltar a jogar no dia 3 de Junho (quarta-feira), a partir das 21h15 (Sport TV), frente ao Famalicão, na 25.ª jornada do campeonato. A Liga Portugal anunciou esta sexta-feira a data oficial para o regresso da principal prova do calendário nacional.
O campeonato está suspenso desde o dia 12 de Março devido à pandemia da Covid-19. Aquando da interrupção, já tinham sido disputadas 24 jornadas, nas quais o FC Porto, líder isolado, fez mais um ponto do que o Benfica. À entrada para as dez rondas finais, os Dragões somam 60 pontos e os lisboetas 59.
Calendário do FC Porto:
25.ª jornada – Famalicão-FC Porto (quarta-feira, 03/06, 21h15, Sport TV)
26.ª jornada – FC Porto-Marítimo (quarta-feira, 10/06, 21h30, Sport TV)
27.ª jornada – CD Aves-FC Porto (terça-feira, 16/06, 21h15, Sport TV)
28.ª jornada – FC Porto-Boavista (terça-feira, 23/06, 21h15, Sport TV)
29.ª jornada – Paços de Ferreira-FC Porto (segunda-feira, 29/06, 21h15, Sport TV)
30.ª jornada – FC Porto-Belenenses (domingo, 05/07, 21h30, Sport TV)
31.ª jornada – Tondela-FC Porto (quinta-feira, 09/07, 19h15, Sport TV)
32.ª jornada – FC Porto-Sporting (quarta-feira, 15/07, 21h30, Sport TV)
33.ª jornada – FC Porto-Moreirense (segunda-feira, 20/07, 21h15, Sport TV)
34.ª jornada – SC Braga-FC Porto


Aos Portistas

Tenho-me dado ao cuidado de ler todos os comentários que têm grassado por aí (blogs)... Noto que há uma quase unanimidade em todos eles de que o FC Porto está a ser mal gerido... Então, estão à espera de quê para anunciar a intenção de apear PC da presidência?! 
Se por um lado temos para com ele uma divida de gratidão, por outro lado constatamos que PC já não tem a clarividência que tinha e que só está agarrado ao cargo porque a "teta" é muito boa; se não estou em erro 12 000€ por mês é altamente aliciante, daí o facto dele PC decidir não deixar o lugar para gente nova... Então a inclusão de VB como vice-presidente na lista A é o "fim da picada"... Mas mais, aliás actualmente PC está rodeado de personalidades totalmente predispostos a servirem-se, em vez de servirem o FC Porto...
É por isso que estou tentado a votar na lista C para que o meu voto seja antes de tudo um cartão vermelho à lista A devido aos erros de gestão...!

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Muito conveniente para o Benfiquistão, árbitros viajarem com a equipa

A decisão está tomada e os benfiquistas rejubilam, esfregam as mãos de contentes...!
Doutro modo, cairia o Carmo e a Trindade caso fosse inconveniente para o clube da águia...!

Apesar dos benfiquistas menorizarem, desvalorizarem a situação, é de realçar a opinião do ex-árbitro Pedro Henriques que relembra o "desconforto" que tal situação provoca em situações semelhantes..., - Pelo menos digo eu...- naqueles juízes do apito isentos, íntegros, que se recusarem a servir, beneficiar, o Benfica de Vieira...!!




As guerras de bastidores ou os podres do futebol português

Guerras de bastidores no futebol sempre houve e portanto actualmente não é novidade nenhuma...!
Desde os anos da tenebrosa ditadura, em que Portugal esteve mergulhado numa das mais negras páginas da sua história, que o poder da altura, ou seja, as personalidades que em Lisboa (governo) ocupavam o poder político faziam questão de controlar os órgãos de poder do futebol, de modo a garantir a supremacia das equipas da Capital, até aos actuais dirigentes dos órgãos de poder do futebol (CA,CD da FPF), que se serviram de estratégias "ardilosas" (alterando os regulamentos de forma a perpetuarem-se no poder) ,  para se apoderarem do poder no Conselho de Arbitragem(nomeações) e Conselho de Disciplina da FPF;estes dirigentes, personalidades escolhidas a dedo para servir o Benfica de Filipe Vieira, que têm vigorado na última década e continuam a vigorar...!! Daí, os últimos campeonatos ganhos pelo SLB nos quais foram nitidamente "levados ao colo" pela arbitragem e pela pseudo-justiça de Ricardo Costa, o "pavão vermelho" quando este ocupava o cargo de presidente da Comissão Disciplinar da Liga... Cargos relativos ao poder do futebol, que têm ocupado e vão continuar a ocupar agora com a nomeação de Cláudia Santos, outra benfiquista fanática, para a presidência do Conselho de Disciplina...!




terça-feira, 19 de maio de 2020

Solidariedade Nacional = frete ao SLB ? Se não é exala cheiro intenso

Carlos Pereira presidente do Marítimo muito contente por, segundo ele, ter o apoio do clube amigo SLB que é liderado por Filipe Vieira.
A esta solidariedade não se poderá considerar predisposição para fazer o "frete" ao clube da águia quando as duas equipas se defrontarem na Madeira?
Pois, se não for, dá para desconfiar e de que maneira... É que exala cheiro intenso a "complot"! *


Carlos Pereira,presidente do Marítimo diz que tem apoio do Benfica: "Isto é solidariedade nacional"

* - Acordo secreto para fazer algo, especialmente se é ilícito ou prejudicial para outro.

Façanhas de Bagão Félix mais conhecido entre os portistas como o "papa hóstias"

Há uns anos atrás Bagão Félix manifestou-se agastado porque, segundo ele, os clubes de futebol portugueses se esforçavam demasiado para tentar ganhar ao seu clube Benfica, chegando mesmo a preconizar que adoptassem essa estratégia mas sempre que defrontassem o FC Porto, inclusivamente sugeriu que utilizassem métodos super defensivos tipo o famoso "catenaccio", super ferrolho, a fim de impedirem por todos os meios os portistas de vencerem... Até onde vai o "fanatismo" deste tenebroso personagem...!!