segunda-feira, 17 de julho de 2017

O "POLVO" benfiquista

O Benfica corrupto de Luís Filipe Vieira não se conforma com a justa decisão do actual Conselho de Justiça. E porquê?
a) Porque pretende fazer esquecer a existência do “POLVO” benfiquista denunciado no Porto Canal (cartilha, emails, missas, padres e 1º ministro), continuar a lançar “lama” ao FC Porto a fim de retirar mérito e colocar em cheque todos os títulos conquistados até à data.
b) Porque razão o processo Apito Dourado não passou de Leiria para baixo?
É simples, porque se iria descobrir que Luís Filipe Vieira escolhia os árbitros convenientes para dirigir os jogos do Benfica (apanhado ao telefone: o João, pode ser o João Ferreira)
c) No âmbito do Apito Dourado o presidente do CD da FPF na altura, o fanático benfiquista Ricardo Costa, mais conhecido por “o pavão vermelho”; deturpou, determinou e condenou o FC Porto a seu bel prazer; de modo a satisfazer as teses que agradavam ao Benfica.
d) O FC Porto apesar de ter sido ilibado depois de analisados pelos peritos especializados em arbitragem os dois jogos do Apito Dourado em causa (Beira-Mar e Estrela da Amadora) foi, não obstante, condenado pelo “pavão vermelho”, o tal benfiquista fanático Ricardo Costa que pretendia a todo custo lançar “lama” para cima dos portistas retirando-lhes o mérito dos títulos conquistados até então. De notar que na altura os Dragões ganhavam em Portugal e na UEFA!
e) Mas mais, os benfiquistas baseiam-se em pseudo telefonemas de Pinto da Costa e nos depoimentos de Carolina Salgado; uma personagem sem credibilidade paga e instrumentalizada por Leonor Pinhão outra benfiquista fanática que recorria a métodos execráveis para conseguir atingir os seus (dela) fins; tudo isto a fim de denegrir Pinto da Costa e o FC Porto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.