segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

FC Porto 3 Paços de Ferreira 0

Esta equipa do FCP para ter real dimensão europeia tem de se lhe acrescentar centímetros à altura dos seus jogadores. Até um qualquer leigo em ciências futebolísticas consegue detectar as dificuldades da equipa nos lances de bola parada, tanto defensivos como ofensivos (pontapés de canto e livres marcados próximo da grande-área). Nos lances de bola parada defensivos é vulgar a equipa andar às aranhas, no lances ofensivos é tão inocente ( ineficaz) que não consegue fazer mal a uma mosca.
E o Plantel do FCP tem nas suas fileiras jogadores que poderiam com um pouco mais de ritmo, aumentar os seus níveis de confiança, e nessas condições, desempenhar perfeitamente um papel (trinco) importante na equipa, casos de Bolatti e Kazmierczak, ambos de elevada estatura, possantes e detentores de boa técnica. O Paulo Assunção visto ser um jogador de grande mobilidade e capacidade de desarme poderia perfeitamente ser adaptado a lateral esquerdo, posição onde a equipa é deficitária.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.