segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Anjos e águias

…Pronto, não se fala mais disso (kit). Já se sabe que há clubes que nunca cometem irregularidades, que são incapazes dum acto incorrecto, duma acção errada, que são exemplos de correcção. Malandros são sempre os outros. No futebol português não há diferenças entre anjos e águias (pode?!).
Não, não vou discorrer sobre o que seria se fosse outro clube nas mesmas circunstâncias. Digamos que não acredito que nestas últimas semanas não tivesse havido outro assunto nas primeiras páginas, nos debates televisivos, nos editoriais. E também não, não há aqui qualquer sentimento de injustiça, apenas uma imensa vontade de rir.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.