segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Um manto velhinho de 48 anos

O sorteio da Taça de Portugal trouxe à actualidade uma história exemplar. Em 1967 o sorteio da Taça ditou um Angrense-Benfica. O jogo nunca viria a realizar-se, porque o Benfica convenceu o adversário a desistir da Taça a troco de um jogo particular realizado no final da época, devido aos compromissos internacionais dos lisboetas. Actualmente o calendário das equipas é muito mais preenchido, como todos sabemos, o FC Porto também tem compromissos internacionais, mas os açorianos podem estar seguros de que a nossa equipa vai mesmo jogar aos Açores para a Taça. Conheça esta história que diz muito do que era o futebol português no tempo da outra senhora e que explica porque continua a haver quem ache que deve ganhar por direito divino.

Carapuça
Vítor Pereira reagiu prometendo uma acção judicial contra o ex-árbitro, embora talvez fosse mais simples divulgar o registo telefónico dos árbitros, mas quem enfiou a carapuça, quem foi? Esse mesmo, mr. Burns, que com a subtileza habitual encheu-se das dores de Vítor Pereira, numa espécie de confissão de valor acrescentado. Como muito bem disse Julen Lopetegui “está tudo dito, não é preciso dizer mais nada”. Ou como dizia o outro, como voucher ou sem voucher, não há almoços grátis.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.