quarta-feira, 18 de março de 2009

Gerrard prefere Villarreal ou FC Porto para o Liverpool

Estas declarações do internacional inglês Gerrard, vêm confirmar as minhas observações (o que tenho escrito) sobre as possibilidades da actual equipa do FC Porto na Champions League.

Na minha opinião, sob um ponto de vista puramente técnico a equipa do FC Porto não tém de temer ninguém, o problema estará relacionado com a condição física dos jogadores. Em conseguir jogar no ritmo das equipas inglesas ou da equipa alemã que é equivalente ao futebol pujante, de grande resistência, veloz e de capacidade de choque inglês. 
18:14 - Futebol - Liga Campeões
O médio Steven Gerrard, capitão do Liverpool, entende que Villarreal ou FC Porto seriam os adversários ideais nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, cujo sorteio se realiza sexta-feira.

"Estamos ansiosos pelo sorteio desta semana. Se pudéssemos escolher um adversário, o ideal seria um Villarreal ou um FC Porto, mas nesta altura não há adversários fáceis", disse o jogador em declarações à revista do clube inglês, colocando o conjunto espanhol e o tricampeão português em plano inferior.

Depois de os "reds" terem goleado o Real Madrid na segunda mão dos oitavos-de-final por 4-0, Gerrard defende que devem ser os potenciais rivais a estar preocupados com a hipótese de lhes calhar em sorte o Liverpool e assegurou que a equipa "não tem medo de ninguém".

"Aceitaremos qualquer adversário que nos calhe e vamos continuar a pensar que podemos alcançar a qualificação", disse Gerrard, acrescentando: "Se me perguntam pelo factor medo na Liga dos Campeões, penso que serão as outras sete equipas do sorteio que deverão preocupar-se por nos enfrentar, depois do resultado com o Real Madrid".

Sobre a possibilidade do sorteio ditar um confronto entre equipas inglesas, Gerrard disse que "mais tarde ou mais cedo isso vai acontecer", por isso, "é igual que seja nas meias-finais ou na final".

No sorteio de sexta-feira, além do FC Porto, vão estar Arsenal, Chelsea, Liverpool e Manchester United, todos de Inglaterra, os espanhóis FC Barcelona e Villarreal, o campeão alemão, Bayern de Munique, que eliminou o Sporting nos oitavos-de-final, com goleadas de 5-0, em Alvalade, e 7-1, na Alemanha.

O FC Porto afastou o Atlético de Madrid, com um empate 2-2 na capital espanhola e um "nulo" (0-0) no Dragão.

Os jogos da primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões estão agendados para 07 e 08 de Abril, enquanto os da segunda se disputam a 14 e 15 de Abril.

Estratégia

Elementos indiscutíveis na equipa: Helton (keeper); Fucile (LD); Rolando e Bruno Alves (DC); Cissokho (LE); Fernando (trinco); Lucho e Raúl Meireles (médios ofensivos); Lisandro, Hulk e Rodriguez (Avançados)

A minha sugestão na hipótese do FC Porto defrontar uma equipa inglesa, ou até o Bayern de Munique, seria injectar capacidade de choque ao meio-campo constituido pelos: Lucho, Meireles e Madrid, este um meio-campo iminentemente técnico e muito macio. 

Em alternativa seria preparar dois conjuntos de três jogadores com o fim de cada trio do meio-campo jogar só meia parte do jogo, ou seja, cada conjunto do meio-campo jogaria só meia parte a fim de dar o litro nesse espaço de tempo, com o fim da equipa do FCP jogar ou até conseguir superar o ritmo do futebol inglês.

Os jogadores a preparar para formar os dois conjuntos saíriam deste lote: Andrés Madrid, Fernando, Lucho, Raúl Meireles, "Sapunaru, Stepanov e Tomás Costa" . Os jogadores mencionados entre aspas,teriam de ser adaptados com o fim de (essencialmente defender) injectar capacidade de choque ao meio-campo, a ideia seria, misturar elementos técnicos com jogadores mais em força.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.