terça-feira, 31 de janeiro de 2017

"Joguem à bola e parem com a choradeira"

Chegou a vez dos adeptos portistas devolverem o slogan aos benfiquistas:"joguem à bola e parem com a choradeira" em vez de reclamarem dos juizes do apito...
Que dizer da imprensa desportiva (lisboeta) benfiquista que hoje, ao invés do que fizeram com o F.C.Porto - que tem resmas de razões para reclamar: já são 20 as grandes penalidades escamoteadas pelos árbitros... -, toma as dores do "clube da Águia" e aponta o dedo ao árbitro? Estes são os tais que têm dois pesos e duas medidas: são facciosos, sectários e intelectualmente desonestos.
"Joguem à bola e parem com a choradeira" - não era o que diziam ao F.C.Porto?
E no entanto, a nosso favor está o facto de ao contrário dos benfiquistas fanáticos, não colocarmos todo o enfoque nos erros dos árbitros, sabermos reconhecer as nossas falhas e que se quisermos ganhar tem de ser sempre contra tudo e contra todos -, deixem portanto de se queixar dos juizes do apito. Depois do que aconteceu nas últimas épocas, ver o clube do regime justificar-se com arbitragens... é uma anedota... Só pode...!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.