quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

O poder do futebol sediado em Lisboa

O poder do futebol, o famoso sistema, (conselho de Arbitragem, Observadores, Conselho de Disciplina e FPF) sediado em Lisboa, está cada vez mais obstinado em derrubar (apear) Pinto da Costa o dirigente mais títulado em Portugal; da presidência do FC Porto e do futebol português.
Por outro lado, Lourenço Pinto presidente da Associação de Futebol do Porto deixou-se ultrapassar por Nuno Lobo presidente da Associação de Futebol de Lisboa, e, a partir daqui, passaram a ser os dirigentes de Lisboa a controlar o poder do futebol nacional, e, a contribuirem para falsear a verdade desportiva das mais importantes competições do futebol português...!!!

Foi vergonhosa a actuação do juiz do apito Luís Godinho, de Évora! Pela dualidade de critérios que utilizou. Adoptou um critério largo para deixar jogar, favorável ao Moreirense. Os jogadores de Moreira de Cónegos fartaram-se de distruir lenha, dar pancada, (agarrões, empurrões, rasteiras, entradas a varrer, e, ainda por cima fez vista grossa a uma grande penalidade em que o André André foi nitidamente impedido de jogar a bola dentro da grande área do Moreirense, na 1ª parte) nos jogadores portistas, mas à mais pequena falta dos portistas era certo e sabido que lhes seria exibido o cartão amarelo.

1 comentário:

  1. Quando é que será que vamos deixar de ter jogar contra 11 + 1 grupo de TRÊS PALHAÇOS?

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.