sábado, 4 de março de 2017

R. a João Gabriel

Durante décadas...?!
Devem estar a ver-se ao espelho... O clube do regime de Salazar que com a ajuda da Comunicação Social afecta ao clube da águia centrada na capital, sempre controlou a arbitragem...! Estão a ver-se ao espelho, só pode... E que dizer dos Vouchers (jantares oferecidos a: árbitros, assistentes e observadores...? E ainda, porque é que o apito dourado não passou de Leiria para baixo? Porque Maria José Morgado mulher dum conhecido benfiquista descobriu um telefonema de Luís Filipe Vieira a escolher árbitros: o João, pode ser o João Ferreira...! E ainda o célebre caso do Calabote...! Queres mais? As falcatruas para beneficiar o Benfica  já vêm de longe. Na temporada de 1940/41 o presidente portista Ângelo César foi irradiado pela FPF por reclamar contra os poderes instituidos em Lisboa, contra as arbitragens que prejudicavam constantemente as equipas do Norte, favorecendo por outro lado, as do Sul... O grito de revolta ecoava nessa altura por toda a cidade do Porto. 

Por agora é tudo. Mas se quiseres que continue há um longo historial dos benefícios concedidos aos dois grandes de Lisboa que poderei divulgar... Vê lá se ganhas juízo.... Os antecedentes (telhados de vidro) são inumeros...

1 comentário:

  1. A Gabi, desde que foi ter com o Gusmão ao mato, ficou doidona! Até virou de lagarto para galinha!

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.