sábado, 21 de julho de 2018

Nova derrota dos portistas

A defesa portista dá barraca e o resultado é nova derrota da equipa.
O sector defensivo da equipa azul e branca volta a revelar: inépcia, lentidão, défice de qualidade e ausência de organização...!!!

FC PORTO

Fabiano 65', Diogo Leite, Chidozie 45’, Alex Telles 65', Felipe, Óliver Torres 65',
Paulinho 45', Sérgio Oliveira 45', André Pereira 45', Marega 65', Brahimi 45',
Suplentes: Iker Casillas, Vaná 65', Oleg Reabciuk 65', Saidy, João Pedro 45',
Mikel Agu 65', Bruno Costa, Otávio 45', Ewerton, Hernâni 45', Aboubakar,
Majeed Waris 45', Soares 65', Adrián López 45', Marius Mouandilmadji
Treinador: Sérgio Conceição


LOSC LILLE
Mike Maignan, Adama Soumaoro, Kévin Malcuit 68', Kouadio Dabila,
Júnior Alonso, Xeka, Maia, Yassine Benzia 68', Nicolas Pépé,
Jonathan Bamba, Loic Remy 68',
Suplentes: Jakubech, Hervé Koffi, Edgar Ié, Gabriel, Zeki Celik 68',
Ruben Droehnle, Rominigue Kouamé, Gabriel Magalhães, Arton Zekaj,
Thiago Mendes 68', Imad Faraj, Lebo Mothiba 68', Anwar El-Ghazi,
Jonathan Ikoné
Treinador: Christophe Galtier

EFICÁCIA FRANCESA FEZ A DIFERENÇA
FC Porto volta a perder frente ao Lille, por 2-1, no primeiro encontro da Algarve Football Cup

O FC Porto perdeu esta sexta-feira frente aos franceses do Lille (2-1), no Estádio do Algarve, em jogo de preparação referente à Algarve Football Cup. Xeka (64m) e Mothiba (87m) marcaram para o Lille, enquanto Hernâni fez o golo dos Dragões (72m), que voltam a entrar em campo no próximo domingo (20h00, Sport TV), diante dos ingleses do Everton.
Em mais um desafio de preparação para a temporada que arranca oficialmente a 4 de agosto, com a Supertaça, o FC Porto entrou melhor e o primeiro aviso foi dado logo aos quatro minutos: num bom desenho ofensivo dos Dragões, Óliver Torres deixou Marega na cara de Maignan, mas o guarda-redes do Lille negou o golo ao avançado maliano. Pouco depois, Soumaoro fez o mesmo a André Pereira com a baliza deserta, impedindo mais um remate certeiro do português nesta pré-época (15m).
O FC Porto teve mais posse de bola e rematou mais vezes do que o Lille na primeira parte, mas a velocidade dos homens mais adiantados da equipa francesa criou dificuldades à defensiva portista em alguns momentos. Pépé (20m) e Bamba (34m), que até foram os melhores elementos do Lille nos 45 minutos iniciais, ficaram perto de desfeitear Fabiano. Apesar dos lances de golo registados em ambas as balizas, o 0-0 não se desfez e o jogo chegou ao intervalo na mesma.
A etapa complementar começou com uma oportunidade flagrante para o FC Porto: Marega arrancou pelo lado direito e cruzou para Adrián López, que colocou a bola mesmo ao jeito do pé esquerdo de Hernâni. O avançado, em ótima posição, rematou ao lado (48m), tal como Pépé no frente a frente com Fabiano (64m). Minutos depois, o guarda-redes dos Dragões nada pôde fazer para evitar o golo de Xeka, servido por Soumaoro na sequência de um pontapé de canto (64m).
A reação portista não demorou muito e chegou pelo pé esquerdo de Hernâni, mas é justo dizer que o desvio em Souamoro foi determinante para os campeões nacionais chegarem ao empate (72m). O jogo partiu-se com o passar do tempo e foi num contra-ataque bem explanado que o Lille chegou à vitória: El Ghazi serviu Mothiba e este não deu hipóteses a Vaná, estabelecendo o 2-1 final favorável à equipa francesa (87m). Nas grandes penalidades, fator que poderá decidir o vencedor da Algarve Foorball Cup, o Lille também levou a melhor (4-3).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.