quinta-feira, 6 de março de 2008

FC Porto 1 Schalke 04 0

Ao fim dos 90 minutos estavamos a ganhar 1 a 0.

É curioso como uma equipa de jogadores em força conseguiu derrotar uma (suposta) equipa de craques nas grandes penalidades!
Por aquilo que se viu, no FCP, só Lucho tem categoria para marcar penaltis.
Em contra partida no Schalke 04 todos eles são exímios marcadores do castigo máximo.
Alem disso comparando os guarda-redes, tudo leva a querer que o Schalke 04 também está muito melhor servido nessa posição.
Agora uma sugestão. Aconselho todos os jogadores do Plantel do FCP a fazerem musculação no ginásio e a treinarem afincadamente os remates à baliza. Isto se realmente quiserem ter dimensão europeia.
Mais uma vez no futebol, a força venceu a técnica. Já lá dizia o saudoso Artur Baeta: “o futebol é 90% transpiração e 10% inspiração”.
Quero com isto significar que quando se tem jeito (tipo brinca na areia) mas pouco desenvolvimento muscular, os resultados raramente são animadores.
A equipa do FC Porto é constituída por 3 ou 4 craques, os outros são só bons jogadores. O que para consumo interno é suficiente, já para disputar a Liga dos Campeões com alguma possibilidade de êxito, precisariam de trabalhar muito mais, para conseguirem ter dimensão europeia e vencer na liga dos campeões.

2 comentários:

  1. Pois, ainda na ressaca de uma eliminação frustrante, não deixo de considerar válido tudo o k por aqui foi escrito...

    Faltou frieza na finalização e, como é bom de ver, um pouquinho mais de qualidade. Num Porto Luchodependente, mostrou-se alguma falta de estofo nas nossas pretensas vedetas. Sim, tenho Quaresma no ponto de mira:)

    Fiquei aziado com os malabarismos circenses do cigano, incapaz de perceber k o futebol é um jogo...colectivo. Talvez nem seja mesmo culpa dele. Alguém, já lhe deveria ter dito alguma coisa...

    Qt ao resto, ser eliminado pelo Schalke, uma equipa repleta de traspiração e pouco mais, será um fantasma k nos perseguirá durante a temporada...

    ResponderEliminar
  2. O problema das bolas paradas no Porto já se arrasta há algumas temporadas. Não fazemos golos de livres, os nossos cantos geralmente são marcados à maneira curta porque não conseguimos na área finalizar. Agora, são os penalties... Paciência, são aspectos que terão que ser melhorados nos próximos tempos.

    O guarda-redes Neuer parece que ainda não tinha convencido os adeptos germânicos. Parece que ontem foi mesmo a sua noite.

    Os atletas do Porto trabalharam muito nas duas mãos, mas faltou sorte. Mesmo tendo perdido ninguém duvida que no conjunto das duas mãos o Porto foi melhor! Futebol é isto, hoje perde-se amanhã ganha-se. Eu não crucifico Quaresma, mas para alguns portistas ele já foi um herói e hoje apenas o consideram um estorvo. Mais uma vez, é assim o futebol!

    Cumprimentos.

    www.guardiaodainvicta.blogspot.com

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.