domingo, 10 de novembro de 2013

Um bandalho que dá por Lobo

09/11/2013 - Comunicado do FC Porto
O PREÇO DO PROTAGONISMO
A Comissão de Inquérito da Liga Portuguesa de Futebol Profissional arquivou o inquérito aos alegados incidentes no Estoril-FC Porto. Ficou assim provado que o presidente da Associação de Futebol de Lisboa não só não foi insultado, como também não foi agredido.
E ficou provado porque as diferentes pessoas que estavam no camarote do Estádio António Coimbra da Mota, como o seleccionador nacional, o delegado da Liga e dirigentes do Estoril Praia, não viram quaisquer agressões ou quaisquer insultos, porque nunca aconteceram.
Mais uma vez ficou demonstrado que não vale a pena procurar protagonismo à custa do FC Porto, que se manteve serenamente em silêncio até ao final deste caso.
O administrador Adelino Caldeira fez entrar logo a seguir às declarações do presidente da Associação de Futebol de Lisboa uma acção em tribunal e aí será novamente demonstrado como eram falsas e difamatórias as declarações de um senhor que até pelo seu passado devia ter mais pudor em acusar sem razão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.