quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Um bom (excepcional) exemplo

Nem sempre o dinheiro compra tudo...!
O catalão "Mundo Deportivo" revela na sua edição desta terça-feira que as três ofertas que, no último verão, haviam chegado ao Barcelona para contratar Lionel Messi eram oriundas do Real Madrid, do Bayern de Munique e do Chelsea, clubes equipados pela Adidas e que esta funcionara como mediadora. Perante a hipótese de ver o seu astro ingressar num dos clubes por si equipados, a marca alemã até se comprometeu a ajudar com 125 milhões de euros quem conseguisse contratar o argentino, valor correspondente a metade da cláusula de rescisão exigida pelo Barcelona para o libertar. Além disso, a Adidas ainda aumentaria em 40 por cento o valor do contrato já em vigor com a equipa que passasse a ter Messi nas suas fileiras.
Mesmo assim, o futebolista, que se mostrou sempre muito grato ao Barcelona por tudo o que fez por ele, desde os 13 anos até alcançar o estatuto de melhor do mundo, nem quis ouvir os números colocados em cima da mesa para que deixasse o clube catalão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.