quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Benfica e Sporting procuram lançar a confusão

Arbitragem na segunda parte do jogo com o Estoril ainda dá muito que falar.

As críticas de Sporting e Benfica à arbitragem de Vasco Santos na segunda parte do jogo com o Estoril mereceram esta quinta-feira uma resposta por parte do FC Porto. Se por um lado os dragões ironizam com o boicote à comunicação social defendido por Bruno de Carvalho, sem esquecer Tondela, por outro falam em hipocrisia do Benfica, recordando mesmo o jogo do Dragão.

"A mais surpreendente de todas estas reações talvez tenha sido a do Sporting, por dois motivos. Por um lado, porque os sportinguistas estão proibidos de ver televisão, de ler jornais, de consultar sites na internet, de partilhar publicações nas redes sociais, etc. Como é que souberam, então, o que se passou no Estoril? Por outro, porque é no mínimo risível que num clube que ainda na segunda-feira venceu em Tondela graças a um escândalo monumental e que já foi beneficiado, com reflexos na pontuação, em pelo menos quatro outros jogos, haja ainda quem não tenha vergonha na cara para ousar falar de arbitragem", apontou o clube na newsletter "Dragões Diário".

"No outro lado da Segunda Circular, onde vergonha na cara não costuma abundar, o cenário não é muito diferente. Também o Benfica, através da conta Twitter a que só têm acesso jornalistas criteriosamente escolhidos pelos cabecilhas do regime, ousou colocar em causa o mérito do FC Porto. Quanta hipocrisia! Todos os pontos conquistados pelos Dragões neste campeonato foram-no no campo, sem quaisquer ajudas, muitas vezes contra terceiros. Aqui ninguém quer ganhar títulos como o Benfica ganhou os últimos quatro. Aqui ninguém quer pontuar da forma infame como o Benfica conseguiu pontuar há quase três meses no Estádio do Dragão", defendeu o FC Porto.


"Estas alturas em que as pernas tremem e os corações se apertam na capital, ao ponto de o desespero colocar Benfica e Sporting a discursar em uníssono e dos arautos das fake news de Lisboa ativarem diligentemente todos os meios que têm à disposição contra o FC Porto, são os momentos ideais para recordar um facto que ninguém conseguirá desmentir: os analistas de arbitragem da imprensa portuguesa são unânimes ao considerar que o FC Porto é, de longe, a equipa mais prejudicada por erros dos árbitros na edição de 2017/18 da liga".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.