sábado, 31 de janeiro de 2009

Andrés Madrid antiga paixão do Jesualdo

Dado o facto de ultimamente ser um jogador pouco utilizado no Braga devido a constantes lesões musculares, temos muitas dúvidas sobre o seu possível desempenho neste momento. Façamos no entanto, votos para que seja uma contractação rentável, e que consiga justificar a aposta do FC Porto nele, ajudando a equipa. Para já ficamos na espectativa, se bem que não tenhamos grandes ilusões a respeito das possibilidades do médio conseguir impôr-se para já na equipa. Trata-se dum jogador em baixo de forma, física e psicológica. Se o António Salvador, um dirigente extremamente calculista o deixa sair agora é porque neste momento já não terá muito interesse para o Braga. E sendo assim, como poderá ter interesse para o FCP?

Notícia à parte, há um desenvolvimento obrigatório. Afinal, Andrés Madrid é uma paixão antiga de Jesualdo e até se pode dizer que chega ao FC Porto com um atraso considerável, de alguns anos mesmo. Desde a entrada de Jesualdo no Dragão, no início da época de 2006/07, que o médio foi sendo apontado à lista de compras, ou pelo menos, na lista de desejos. O JOGO quis saber porquê; em que se baseia essa obsessão? Acabado de chegar de um estágio em Barcelona com Pep Guardiola, José Pedro, preparador-físico que trabalhou com Jesualdo e Madrid no Braga, não podia ser mais claro. "É um jogador distinto, que tem duas características fundamentais: sentido posicional e leitura de jogo fantástica. Isso permite-lhe fazer muitas recuperações, porque vê as coisas antes de elas acontecerem. Adivinha as intenções do adversário. Depois de recuperar, consegue organizar o ataque numa primeira fase", garante José Pedro.


1 comentário:

  1. Monteiro vem por emprestimo com opção de compra. Se nestes meses que faltam mostrar valor e merecer continuar...continua, caso contrário regressa à base.

    Um abraço

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.