sábado, 1 de setembro de 2012

Liga- Olhanense 2 FC Porto 3

01/09/2012 - Acertei em cheio no meu prognóstico de que o João Ferreira (pode ser João) é um juiz do apito anti-portista. Foi caseiro e extremamente permissivo nas jogadas a varrer dos futebolistas do Olhanense! Houve até uma agressão (pisadela deliberada)  do Maurício ao Jackson que o "pode ser João" resolveu deixar passar sem punição!
E não entendi os excessos, todo aquele espalhafato do Sérgio Conceição no final do jogo...! 
Pelos vistos, o final do jogo ficou marcado por uma troca de palavras com Nélson Puga, médico do FC Porto. "Uma pessoa ligada ao banco do FC Porto dirigiu-se a mim por causa de eu ter bracejado e, eventualmente, do trabalho do árbitro. É fácil ser fraco com os fortes e forte com os fracos"
E conforme o prometido cá estou a comentar: O Sérgio Conceição perdeu uma boa ocasião de ficar calado. Depois dos excessos cometidos pelos seus pupilos perante a complacência do "pode ser João" não se admite a sua atitude, entenda-se, os seus desplantes...! Daqui lanço-lhe um desafio: quero ver se na altura em que o Olhanense defrontar o Benfica, ele, Sérgio Conceição tem "tomates" para reclamar da actuação do árbitro que apitar esse Jogo. É que a  jogar com a dureza/rudeza que utilizou com os jogadores portistas, de certeza que verá serem expulsos alguns dos seus jogadores, e, então terá ocasião de se manifestar...e nessa altura veremos se será capaz de fazê-lo. 

Quanto à exibição de equipa do FC Porto: não gostei de ver a desorientação da equipa portista nos últimos 5 minutos. Foi lamentável, irritante e ...
Vítor Pereira: mostramos a nossa qualidade
Creio que o técnico azul e branco não se referia aos últimos minutos do jogo com o Olhanense, o que a confirmar-se seria preocupante...!
FICHA DE JOGO
Liga, 3.ª jornada - Estádio do Algarve, no Porto - Assistência: 9.498 espectadores
Árbitro: João Ferreira [pode ser João (Setúbal)]
Assistentes: Luís Ramos e Pais António
OLHANENSE: Ricardo; Luís Filipe, Vasco Fernandes, Maurício e Babanco; Fernando Alexandre e Jander; Ivanildo, Rui Duarte e Abdi; Yontcha
Substituições: Yontcha por Targino (55m), Ivanildo por David Silva (67m)
Não utilizados: Bruno Veríssimo, Nuno Reis, Nuno Piloto, Rui Sampaio, Nuno Silva.
Treinador: Sérgio Conceição
FC PORTO: Helton; Danilo, Maicon, Otamendi e Alex Sandro; Lucho, Defour e João Moutinho; Hulk, Jackson Martinez e Atsu.
Substituições: Atsu por James Rodriguez (36m), Lucho por Varela (68m), Defour por Castro (79m).
Não utilizados: Fabiano, Kleber, Miguel Lopes e Mangala.
Treinador: Vítor Pereira
Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Abdi (14m), James Rodriguez (43m), Jackson Martinez (49m), Hulk (73m), Targino (86m)
Cartões amarelos: Alex Sandro (15m) Fernando Alexandre (20m), Abdi (27m)

2 comentários:

  1. Francisco Marques!

    Podia ter publicado o seu comentário mas não o fiz porque me conseguiu irritar com a sua visão dos árbitros!

    Vou ser franco: a sensação que tenho é que o Francisco Marques consegue ser mais tendencioso pelo seu Benfica do eu pelo meu FC Porto.

    Não obstante as suas falinhas mansas, denúncia uma visão, na minha opinião, muito desfocada/distorcida dos factos.
    E pela última vez vou-lhe dar a minha opinião sobre os árbitros que citou:
    1- Bruno Paixão e o João Ferreira (pode ser o João) são dois casos perdidos, cometem erros grosseiros contra o FC Porto.
    2- Artur Soares Dias, Jorge Sousa, Xistra (conhecido por xistrema), Paulo Baptista, Duarte Gomes, na dúvida decidem contra os Dragões porque receiam a Comunicação Social afecta ao Benfica que é muito poderosa e, como pretendem continuar a ser árbitros de futebol( actualmente ganham relativamente bem) há que prejudicar o FC Porto para serem simpáticos ao Jornal A Bola e quejandos. Eles sabem que se errarem contra o FC Porto a coisa passa, porem se errarem a favor é um alarido descomunal.
    Benquerença, este tanto pode prejudicar como beneficiar, tem uma conduta instável...
    O benfiquista Pedro Proença, um bom árbitro, que se esforça por ser imparcial. Mesmo com todos os erros que possa cometer é melhor do que a maioria dos sabujos que pululam na arbitragem Nacional.
    E mais não digo, espero que depois de lhe dar a minha opinião, não me chateie mais com as suas.

    Ah! Já me esquecia de citar o famigerado Lucílio Baptista (felizmente já retirado) o qual permitiu que o Katsouranis partisse a perna ao Anderson e nem sequer falta marcou

    Passe bem

    ResponderEliminar
  2. Francisco Marques! Se não consegue ler o que escrevo, aprenda.

    Aconselho-o a ler o meu último post

    E não chateie.

    Passe bem,

    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.