sábado, 27 de setembro de 2008

FC Porto: Equipa em construção

*
26-09-2008
FUTEBOL
F.C. Porto - Paços de Ferreira, 2-0
Detalhe provisório
Dois golos, e muitos que poderiam ter sido e não foram, sublinharam, com invulgar requinte, a vitória lógica do tricampeão, que não somou apenas novo e simples triunfo. Ao desfecho, o único expectável, o F.C. Porto acrescentou o aperfeiçoamento de uma original faculdade, revelando uma admirável imunidade à pressão negativa que irrompe extemporaneamente entre aplausos.
Mais do que a barreira psicológica em que soube envolver-se, o F.C. Porto revelou alternativas criativas na ausência de Lucho. E especialmente credíveis. Como Raul Meireles, talvez o melhor exemplo da noite, em que não lhe bastou a condição de um dos mais ilustres intérpretes das transições rápidas que fazem do campeão um caso sério de velocidade e de autoridade atacante.
Particularmente interventivo nos dois instantes que resultaram em golo, Raul marcou e deu a marcar. Primeiro, num remate primoroso, num cálculo cruel de força e colocação, directamente proporcional à sábia avaliação permitida pela fracção de segundo de um passe atrasado de Lisandro.
Sensivelmente uma hora depois, Raul voltava ao local das decisões, desenhando com Hulk um triângulo perfeito, apesar de móvel, deixando que o brasileiro terminasse o que começara. Serviu-lhe a assistência sem margem para erro e com a precisão que o autor do golo imaginara.

O destino do jogo, que começara a ganhar forma em poucos segundos, na imagem gerada pela aproximação inicial do F.C. Porto à baliza adversária, ficava irreversivelmente traçado.

FICHA DE JOGO
Liga 2008/09, 4ª jornadaEstádio do Dragão, no Porto26 de Setembro de 2008Assistência: 31.816 espectadores

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa)Assistentes: Hernâni Fernandes e Ricardo Santos 4º árbitro: Augusto Costa

F.C. PORTO: Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves «cap» e Lino; Tomás Costa, Fernando e Raul Meireles; Lisandro, Farías e RodriguezSubstituições: Sapunaru por Candeias (56m); Farías por Guarin (56m); Lisandro por Hulk (70m)Não utilizados: Nuno, Pedro Emanuel, Benítez e MarianoTreinador: Jesualdo Ferreira

PAÇOS DE FERREIRA: Cássio; Ricardo, Ozeia, Tiago Valente e Josa; Filipe Anunciação, Pedrinha «cap» e Paulo Sousa; Cristiano, Leandro Tatu e Filipe Gonçalves Substituições: Filipe Gonçalves por Rui Miguel (46m), Paulo Sousa por Chico Silva (74m), Pedrinha por William (74m)Não utilizados: Coelho, China, Edson e Dedé Treinador: Paulo Sérgio Brito
Ao intervalo: 1-0Marcadores: Raul Meireles (14m), Hulk (72m) Disciplina: cartão amarelo a Tiago Valente (33m), Raul Meireles (49m), Josa (80m) e Ozeia (85m)

2 comentários:

  1. Vitória justa, indiscutível, mas com uma exibição fraquita.
    Melhor claramente na 1ª parte que na 2ª.
    Estamos na fase de comer sardinha, mas acredito que vamos chegar à lagosta, lá mais para a frente.
    Helton, agora, vai ser o bode expiatório?
    Com Tomás Costa está resolvido o problema da lateral direita da defesa.
    Centrais razoáveis, melhor o B.Alves que o Rolando.
    Lino, boa 1ª parte, belas combinações com Rodríguez.Pior na 2ª a baixar na fase que o Paços foi mais atrevido e ele precisou de defender, que é o seu calcanhar de aquiles.
    Fernando, vai ser o Trinco!
    R.Meireles o melhor para mim.Grande jogo, com 1 golo e uma assistência para outro.
    Lisandro muito perdulário, apesar de abnegado.Com o Licha da época passada, tinha ganho todos os jogos do campeonato.
    Farías uma nulidade.
    C.Rodríguez, fez coisas muito boas e outras más. Começou bem, em grande mesmo, mas foi perdendo gás.
    Candeias, apenas razoável, mas melhor que o também entrado Guarín, que jogou pouco.
    Hulk muito bem.Quero vê-lo de início ao lado de Lisandro.
    Para terminar:achei curioso que ontem, que estavamos a ganhar e a jogar bem melhor que em Vila do Conde, Jesualdo a faltar ainda muito tempo para o intervalo, colocou a aquecer três jogadores.
    Foi para espevitar, certamente. Em Vila do Conde não o fez.Conclusão: ainda se pode aprender aos 63 anos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Vila Pouca, concordo com o teu comentário,com uma pequena diferença que é a de ter muitas dúvidas ácerca do Fernando.Na minha opinião ainda não sei se será aquele trinco que eu gostava de ver na equipa.Aposto na possibilidade da evolução do Pelé para ocupar o lugar.

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.