sábado, 6 de setembro de 2008

Sistemas tácticos

Acho graça aos treinadores de bancada cá do sítio porem-se a especular sobre tácticas (4x3x3,4x4x2)!
1)Esqueceram-se de referir que o principal motivo que levou o Profe a introduzir alterações na equipa para o jogo contra os benfas,foi o facto de ter o Mariano lesionado e por conseguinte não poder contar com ele.
2)Qualquer sistema táctico resulta,se entretanto estiver bem ensaiado.Se os automatismos funcionarem.Se a equipa jogar duns para os outros d'olhos fechados.E se existir grande entre-ajuda entre todos os sectores(elementos) da equipa.
3)Alem disso,um sistema táctico deve sempre ser escolhido em função das características dos melhores jogadores do Plantel.E não forçar jogadores a desempenhar papeis para os quais eles não estão preparados.Depois há jogadores mais versáteis do que outros.Disciplina táctica é só para os menos dotados tècnicamente.Porque num momento de inspiração um jogador talentoso pode resolver o jogo numa jogada individual(slalon).É por isso que os treinadores dão uma certa liberdade a certos jogadores (chamados vagabundos).Recordo-me duma ocasião ter sugerido a um treinador do FC Porto(antes da era JMourinho)que colocasse determinado jogador a jogar pela faixa lateral,ao que ele me respondeu,não pode ser porque ele não sabe jogar nas faixas laterais.Isto só para frisar que cada jogador tem características próprias.Se bem que por vezes hajam adaptações que resultem.
4)Há tambem outro aspecto que gostaria de salientar.Dado que existem adversários que são nitidamente,mais fracos e outros até mais fortes do que o FC Porto,é evidente que não é indiferente jogar sempre da mesma forma contra essas equipas quer sejam fortes ou mais fracas.Noto que por exemplo na Champions League ninguém faz isso.Todo mundo joga em 4x4x2 e por vezes em 4x5x1,sistemas que permitem povoar mais o meio-campo de modo a assegurar em primeiro lugar eficácia defensiva,para a seguir partir com segurança para o contra-ataque.Este sim,o contra-ataque,o sistema mais (venenoso)perigoso do futebol.Não é por acaso que é vulgar ouvir-se dizer que os jogos se ganham e perdem no meio-campo.Só equipas como o Real no tempo dos galácticos é que se podiam dar ao luxo de jogar em ataque contínuo.
5) E em última análise,é o treinador que sabe quem está apto a jogar,porque acompanhou os trabalhos durante a semana e tem conhecimentos técnicos(científicos) sobre o assunto.

2 comentários:

  1. Monteiro:
    O encanto do futebol é esse mesmo:todos nós somos treinadores, todos nós damos a táctica, todos nós fazemos as substituições...se isso se perder, perde-se tudo, morre a paixão e futebol, passará a ser um espectáculo cinematográfico.Eu recuso-me a ser um espectador do novo futebol: o futebol das pipocas!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Sim Vila Pouca, mas não vá o sapateiro alem da chinela...!

    Abraço

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.