terça-feira, 3 de março de 2015

Árbitro nomeado para Braga e convocatória dos "Bês"

03/03/2015 - Jorge Sousa dirige Sporting de Braga - FC Porto​​

O árbitro Jorge Sousa foi nomeado, esta terça-feira, para dirigir a partida entre o Sporting de Braga e o FC Porto, no Estádio Municipal de Braga (sexta-feira, 20h30), relativa à 24.ª jornada da Liga.
O juiz da Associação de Futebol do Porto será auxiliado por Álvaro Mesquita e Bruno Trindade.

Árbitro internacional desde 2006, Jorge Sousa, de 39 anos, já apitou duas partidas dos Dragões esta época, nos clássicos no Estádio do Dragão frente a Benfica, para a 13.ª jornada da Liga (0-2), e Sporting, para a terceira eliminatória da Taça de Portugal (1-3). Na Liga, em que já apitou dez jogos, Jorge Sousa mostrou 61 amarelos, somando apenas uma expulsão. Curiosamente, na Segunda Liga, o juiz portuense "expulsa" mais: dirigiu nove jogos e mostrou 49 amarelos, subindo o número de cartões vermelhos para cinco.

Convocatória dos “Bês” para Inglaterra


​Dragões defrontam o Norwich na derradeira jornada do grupo A da Premier League International Cup

​O guarda-redes Caio, os defesas David Bruno e Diogo Verdasca (Sub-19) e o médio Pité (na foto) são as novidades na lista de convocados elaborada por Luís Castro para a viagem do FC Porto B a Inglaterra, onde defronta o Norwich City, esta quarta-feira, às 14h30, no Colney Training Centre, em jogo a contar para a terceira e última jornada do grupo A da Premier League International Cup.

Em relação à convocatória para a recepção ao Beira-Mar (3-2), registaram-se as saídas do guarda-redes Kadú, dos defesas Víctor García, Diego Reyes e Diego Carlos, do médio Clever (Sub-19) e dos avançados Ruben Macedo (Sub-19) e Anderson.

Lista de 15 convocados: Caio e Raul Gudiño (g.r.); André Silva, David Bruno, Diogo Verdasca, Francisco Ramos, Frédéric, Lichnovsky, Graça, Leandro Silva, Pité, Rafa, Roniel, Tomás Podstawski e Tony Djim.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.