sexta-feira, 6 de março de 2015

Convocados para Braga e Lopetegui

06/03/2015 - ​Julen Lopetegui chamou 19 jogadores para o jogo que abre a 24.ª jornada da Liga portuguesa

​O avançado Aboubakar está de regresso à lista de convocados elaborada por Julen Lopetegui para a deslocação a Braga, marcada para esta sexta-feira, às 20h30, no Estádio Municipal de Braga, e referente à 24.ª jornada da Liga portuguesa.

No derradeiro ensaio antes do desafio com os bracarenses, que decorreu esta quinta-feira, no Olival, Julen Lopetegui não teve à disposição Adrián López e Óliver Torres, que prosseguem a recuperação das respectivas lesões: ambos realizaram trabalho de ginásio e treino condicionado.

Depois do treino, que contou com a presença de Gonçalo Paciência, os jogadores Aboubakar, Marcano, Reyes, Rúben Neves, Helton, Indi, Evandro, Herrera, Jackson Martínez e Ricardo Nunes foram sujeitos a um controlo antidoping por parte da UEFA.
Lista de 19 convocados: Helton e Fabiano (g.r.); Danilo, Martins Indi, Maicon, Marcano, Casemiro, Quaresma, Brahimi, Jackson Martínez, Quintero, Tello, Evandro, Herrera, Hernâni, Ricardo, Alex Sandro, Rúben Neves e Aboubakar.

Lopetegui
O jogo em Braga é de “máxima dificuldade”

​Lopetegui considerou que o adversário desta sexta-feira (20h30) é completo, ambicioso e “gosta de atacar”​

Um jogo entre os actuais segundo e quarto classificados da Liga portuguesa (ou de qualquer outra competição) dificilmente poderia merecer outro rótulo. Na conferência de imprensa de antevisão do Sporting de Braga-FC Porto (sexta-feira, 20h30), Lopetegui considerou que o encontro é de “máxima dificuldade” e deixou elogios à equipa liderada por Sérgio Conceição, que tem muito mais armas para além da agressividade na procura da bola.

“Vamos jogar ante uma boa equipa, com uma boa trajectória, que em casa tem um registo fantástico e é muito completa. É boa nos aspectos tácticos e individualmente tem jogadores muito bons. Vai obrigar-nos a fazer um grande jogo e a atingir o nosso máximo para obter os três pontos, que são o nosso objectivo”, afirmou o treinador, que frisou ainda que o Sporting de Braga “gosta de atacar muito”. “As equipas do Sérgio são muito ambiciosas e sabemos o que vamos encontrar”, reconheceu.

Na resposta à pergunta de um jornalista sobre a agressividade dos minhotos, o técnico espanhol sublinhou precisamente que o Sporting de Braga (que em casa soma nove vitórias, um empate e apenas uma derrota) tem um vasto arsenal de recursos, que ultrapassa o campo defensivo: “Eles vão tentar utilizar as suas armas, nós também, e a disputa pela bola será forte. O futebol tem momentos para tudo e os argumentos deles são muito mais do que esses e cabe-nos dar a resposta adequada a esse tipo de situações”.

Para além deste olhar sobre o encontro de sexta-feira, Lopetegui mostrou-se pouco disponível para outras considerações, visto que o grupo portista não está disponível para desperdiçar “um único átomo de energia” em questões laterais. O treinador basco considerou que a estabilidade defensiva (zero golos sofridos nos últimos cinco jogos na Liga) é determinante para o sucesso – “há momentos em que não tens o controlo do jogo e se os superamos sem sofrer isso é muito importante” – e lembrou que todo o plantel está “preparado” para a fase crítica da época. “Muitas vezes um bom plantel não faz uma boa equipa e estamos a trabalhar para ter uma grande equipa. Temos trabalhado fantasticamente bem e temos de trabalhar mais”, concluiu.

1 comentário:

  1. Registo
    Boa Miguel,

    Mais um "post" perfeitamente documentado...! Gostei.
    Não sei é se vale a pena gastar cera com tão fracos defuntos...
    Os pseudojornalistas afectos aos lampeões são deliberadamente intelectualmente desonestos, se calhar, eles estão tão obcecados pelo seu fanatismo que nem se apercebem do ridículo das posições deles.

    Abr@ço,

    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.