segunda-feira, 9 de março de 2015

Convocados para o Basileia e Lopetegui

09/03/2015 - Óliver e Gonçalo chamados para a Champions
​​Médio está recuperado da lesão e avançado ocupa a vaga de Jackson na lista de eleitos para o duelo com o Basileia​​​

Óliver Torres e Gonçalo Paciência reentram na lista de convocados de Julen Lopetegui para o duelo com o Basileia, da segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League. O médio espanhol está de regresso 20 dias depois de se ter lesionado, no
primeiro jogo com os helvéticos
, enquanto o avançado do FC Porto B, que voltou a treinar com o plantel principal, se estreia nos eleitos do técnico espanhol em jogos da principal competição europeia de clubes.
Lista de 19 convocados: Helton e Fabiano (g.r.); Danilo, Martins Indi, Maicon, Marcano, Alex Sandro, Casemiro, Rúben Neves, Evandro, Herrera, Óliver Torres, Quintero, Quaresma, Brahimi, Tello, Hernâni, Aboubakar e Gonçalo Paciência.

Lopetegui: “Temos de fazer as coisas fantasticamente”

​Em conferência de imprensa de antevisão da partida contra o Basileia (terça-feira, 19h45), Julen Lopetegui previu que a equipa suíça vai obrigar o FC Porto a

“fazer as coisas fantasticamente” se quiser passar aos quartos-de-final e
“representar o país e a cidade entre as oito melhores equipas da Europa”.
O técnico considera que o campeão suíço é uma equipa “muito completa”, com “carácter e experiência”, e pediu o “alento de que a equipa precisa” por parte dos adeptos na partida da segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

Lopetegui recordou que a equipa está apenas no intervalo da eliminatória:
“Estamos a falar da UEFA Champions League. Temos uma grande oportunidade de poder representar o país, a cidade do Porto e o clube entre as oito melhores equipas da Europa, algo que será muito difícil. Estamos empatados e temos de ganhar frente a um adversário que nos vai obrigar a fazer fantasticamente as coisas, um grande jogo e chegar aos limites, porque estamos na Champions. Há equipas de grande nível que não chegaram a esta fase”.
Defendendo que o Basileia possui jogadores que “estão habituados a atacar e o fazem bem”, o espanhol definiu a partida como um “jogo no limite”: “Temos de estar bem nos aspectos defensivos e ofensivos, ter a concentração em níveis elevados e, objectivamente, dar a melhor resposta possível. Temos a intenção e a vontade de superar um grande adversário, que fez um grande caminho na Champions e já não é a primeira vez que o faz. Tem jogadores técnicos, velozes, com experiência, carácter e é uma equipa completa, senão não estaria onde está. É uma equipa que tem muitos argumentos, uma vasta experiência na competição e que vai obrigar-nos a fazer um jogo bom para podermos passar”.

Recusando-se falar das ausências – “estamos focados nos que vão estar presentes, o futebol tem circunstâncias e temos de saber dar as respostas” -, Julen Lopetegui anteviu um jogo “suficientemente bonito, atractivo e da máxima dificuldade”: “Temos de ser capazes de disfrutar do espectáculo. Temos a vontade e a ambição de, através do trabalho individual e colectivo, chegar às últimas oito equipas da competição”.

O técnico conta ainda com o 12.º jogador para atingir os quartos-de-final: “Temos a certeza de que os adeptos vão dar-nos esse alento de que precisamos quando temos de ir ao limite. Vai ser magnífico. O facto é que começámos esta viagem sem bilhete, tivemos de o ganhar, tínhamos muita vontade de jogar a Champions e temos vontade de continuar a jogá-la. O objectivo é continuar na prova”.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.