quinta-feira, 12 de junho de 2008

LF Vieira determina e manda publicar :

Teatro em Portugal [peça de escárnio e ...(constatação)]

LF Vieira : Comandante (virtual) do Regimento Militar Portugal, determina e manda publicar:
LF Vieira comandante do (hipotético) Regimento Militar Portugal, entende que dispõe de competência e autoridade para determinar o que é correcto e o que não é correcto, e assim, impôr a lei das suas determinações.
Considera-se detentor da verdade, e, absolutamente inquestionável. E ai de quem se atreva a pôr em causa a sua autoridade, será imediatamente flagelado, sem apelo nem agravo.
Por tal motivo, resta-nos a nós (restantes cidadãos portugueses) simples e insignificantes (indefesos) soldados do “Regimento Militar Portugal”, aceitar como lei, e, por conseguinte cumprir sem discutir, sem sequer ter a veleidade de pensar, todas decisões do ( quem se julga ) comandante das tropas e juiz do supremo tribunal (em causa própria, e, sem concessão de recurso).

LF Vieira o candidato a mini-déspota.

1 comentário:

  1. O João Vale e Azevedo também fez trinta por uma linha e agora anda fugido à polícia.
    Um abraço

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.