segunda-feira, 9 de junho de 2008

Num mundo de mercenários, excepção à regra

Apesar de várias vezes a concorrência ter acenado com quantias fabulosas ao excelente jogador que é Gerard, ele sempre declinou, demonstrando assim o seu amor ao seu Liverpool.

O capitão do Liverpool Steven Gerrard voltou, segundo a Imprensa inglesa, a declinar um convite de José Mourinho, numa decisão que contou com o apoio total dos responsáveis do clube, que não querem perder o seu jogador mais emblemático.
Quando era o responsável pelo Chelsea, o Special One afirmou, por várias vezes, que um meio-campo que contasse com Gerrard e Lampard seria praticamente imbatível.
Porém, as duas tentativas para contratá-lo saíram furadas ao actual técnico do Inter, uma vez que Gerrard nunca se mostrou tentado pelos milhões que lhe acenavam.
Aliás, na segunda abordagem, os responsáveis do Liverpool decidiram blindar o seu capitão, tendo-lhe aumentado o contrato e o vencimento.
Desta vez, os nerazzurri ofereciam 30 milhões de libras (37,4 milhões euros) para terem o médio.

Diga-se de passagem, em abono da verdade e na minha opinião, o valor deste fora de série do futebol internacional, é no mínimo 50 milhões de euros. Qualquer quantia menor que esta poder-se-ia considerar um insulto, atendendo à real valia do jogador.

1 comentário:

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.