terça-feira, 3 de junho de 2008

Tentativa de contestação do mérito do FCP na secretaria

Ontem, na entrevista publicada a "O JOGO", Paulo Bento dizia que : "nada há que coloque em causa a forma, justa, como o FC Porto se sagrou campeão". Pois, o FC Porto foi campeão. Tricampeão, para ser exacto, e de forma justa, como sublinhou o Paulo Bento. Pelos vistos agora isso não interessa nada. Aliás, a última temporada já foi praticamente apagada da memória colectiva até por ser particularmente traumática para a maioria dos adeptos de futebol portugueses. O FC Porto tricampeão com 20 pontos de vantagem e sem adversários à altura não existe: foi substituído pela equipa que pode ficar de fora da Liga dos Campeões. Pelo caminho, apagou-se também da memória uma das piores temporadas de sempre do Benfica, que por esta altura também não existe: foi substituído pelo "novo Benfica", uma equipa tão diferente da anterior, que pode apurar-se para a pré-eliminatória da Liga dos Campeões apesar de ter ficado em quarto lugar no campeonato. E é por isso que, apesar de simpático, Paulo Bento está errado. A forma justa como o FC Porto se sagrou campeão não foi colocada em causa pelos seus adversários dentro dos relvados, é um facto. Mas está a ser contestada na secretaria. E aí, sem a bola a atrapalhar, pelos vistos, os adversários sentem-se mais à vontade…

Crença (bom substituto para o Assunção)
"Fernando tem uma capacidade universal no meio-campo. Acredito muito nele"
Daúto Faquirá, Treinador de futebol

1 comentário:

  1. Cada dia que passa mais fica notório o que está por trás desta nojeira.
    Até podemos perder uma batalha, mas vamos ganhar a guerra.
    Um abraço

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.