domingo, 16 de maio de 2010

Taça de Portugal - Desportivo de Chaves 1 FC Porto 2

Vitória sem glória da equipa do FC Porto!
Resultado ao fim da primeira parte: Desportivo de Chaves 0 FC Porto 2
Resultado da segunda parte: Desportivo de Chaves 1 FC Porto 0
Não gostei da prestação da equipa do FC Porto neste jogo. Após uma primeira parte razoavelmente jogada, a equipa Azul e Branca entrou  para a segunda parte displicente sem atitude e o resultado foi que a partir de determinada altura começou a ver-se um futebol lento, atabalhoado, desligado por parte dos dragões e um Desportivo da Chaves a começar a acreditar, revelando grande atitude e vontade de tentar levar o jogo para prolongamento o que não aconteceu por um triz.
Eu, se fosse o treinador desta equipa do FC Porto sentir-me-ia muito desolado e frustrado com a exibição da minha equipa.
Uma palavra para a actuação do juiz do apito: ficou manchada pela expulsão injusta do capitão do FC Porto. Pensando bem, tinha de ser o homem é anti-portista de nascença e tem nítidos preconceitos contra a maneira de jogar do Bruno Alves. Este se jogasse pelo Benfica de certeza que mereceria até o aplauso do Pedro Proença. Jogar com atitude e raça, só é permitido aos jogadores encarnados. e aos adversários dos azuis e brancos.

FICHA DO JOGO
Final da Taça de Portugal 2009/10

Estádio do Jamor, em Oeiras (16 de Maio de 2010)

Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)
Assistentes: Tiago Trigo e Ricardo Santos
4º árbitro: João Capela
GD CHAVES: Rui Rego; Danilo, Lameirão, Ricardo Rocha e Eduardo; Siaka Bamba; Edu, Bruno Magalhães, Castanheira «cap.» e Samson; Diop
Substituições: Castanheira por Flávio Igor (60m), Samson por Diego (61m) e Diop por Clemente (79m)
Não utilizados: Daniel Casaleiro, Vítor Silva, Heslley Couto e João Fernandes

Treinador: Tulipa
FC PORTO: Helton; Miguel Lopes, Rolando, Bruno Alves «cap.» e Alvaro Pereira; Fernando, Guarín, Raul Meireles e Belluschi; Hulk e Falcao
Substituições: Raul Meireles por Tomás Costa (46m), Miguel Lopes por Rodríguez (63m) e Guarín por Valeri (71m)
Não utilizados: Beto, Maicon, Farías e Addy

Treinador: Jesualdo Ferreira
Ao intervalo: 0-2
Marcadores: Guarín (14m), Falcao (23m) e Clemente (85m)
Disciplina: Cartão amarelo a Bruno Alves (12 e 90m), Bruno Magalhães (18m), Danilo (24m), Ricardo Rocha (40 e 90m), Eduardo (42m). Cartão vermelho, por acumulação, a Ricardo Rocha (90m) e Bruno Alves (90m).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.