sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Braga elimina FC Porto da Taça nos 8.º de final

Que aconteceu hoje ao Vítor Pereira para fazer as substituições que fez! Mesmo admitindo que seria forçoso fazer a gestão do Plantel, e, não foi por isso que a estratégia do treinador falhou, não se compreende que ele não tenha notado que o Kleber por muito boa vontade que tenha não consegue dar seguimento a uma única jogada e que portanto a determinada altura do jogo, havia que substitui-lo por alguém mais eficaz na finalização, ou seja, pelo Jackson.
Só um homem perturbado faz as substituições que ele fez, pois com a estratégia dele entregou nitidamente o "ouro ao bandido"! A equipa durante o jogo até produziu jogadas de belo efeito, mas acabaram sempre por revelar a inépcia dos avançados na finalização!
Taça de Portugal - Braga 2 FC Porto 1
Quanto à arbitragem só posso dizer que hoje tivemos por juiz do apito um "pulha" que adoptou sempre dois critérios e duas medidas na marcação das faltas e na atribuição (exibição) dos cartões amarelos que penalizaram nitidamente o FC Porto.
FICHA DE JOGO - Taça de Portugal, oitavos-de-final
30 de Novembro de 2012 - Estádio Municipal de Braga
Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria)
Assistentes: Bertino Miranda e Luís Marcelino
Quarto Árbitro: Vasco Santos
SC BRAGA: Quim; Salino, Douglão, Nuno André Coelho e Ismaily; Custódio e Hugo Viana; Alan (cap.), Mossoró e Ruben Amorim; Éder
Substituições: Ruben Amorim por Ruben Micael (61m), Mossoró por Paulo César (88m)
Não utilizados: Beto, Hélder Barbosa, Elderson, Djamal e Carlão
Treinador: José Peseiro
FC PORTO: Fabiano; Miguel Lopes, Abdoulaye, Otamendi e Mangala; Fernando (cap.), Castro e Defour; James, Kleber e Atsu
Substituições: Miguel Lopes por Danilo (59m), Fernando por Lucho (59m) e Atsu por João Moutinho (81m)
Não utilizados: Kadú, Jackson, Varela e Alex Sandro
Treinador: Vítor Pereira
Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Mangala (13m), Danilo (74m, p.b.), Éder (80m)
Cartões amarelos: Castro (18m e 72m), Miguel Lopes (20m), Otamendi (64m), Custódio (65m), Mossoró (68m), Lucho (74m), Ruben Micael (75m), Kleber (86m), Mangala (90m)
Cartão vermelho: Castro (72m)

4 comentários:

  1. Está tudo bem... Salvador ficou contente, e nós andamos atrás de outras coisas...
    Alterar 7 jogadores ??? Vitor Gaspar, não estás só no reino da fantasia !!!

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde,

    Tínhamos uma pedra enorme no trilho, que teríamos de mover para continuar o percurso rumo à final da Taça de Portugal, não conseguimos, e pela segunda época consecutiva, vemos a final por um canudo, desta vez não de Coimbra mas de Braga.
    Na antevisão ao jogo tinha dito que a incógnita para o jogo de hoje era saber até que ponto VP estaria disposto a arriscar, fazendo a gestão do plantel, um pouco à semelhança da eliminatória anterior, na qual venceu e convenceu na Madeira diante do Nacional. Todavia na minha opinião, a valia do Braga não permitiria grandes mexidas, sob pena de entregarmos o ouro ao bandido, e assim foi.

    Fica a lição para o futuro. O nosso miolo tem de jogar sempre com Lucho ou Moutinho. São estes dois atletas que tem capacidade técnica e táctica para pensar e delinear o jogo.
    A rotação deve ser feita, mas com astúcia.

    Abraço e bom fim de semana

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Kléber incapaz de dar uma para a caixa?

    Na minha opinião, vale o que vale, é nesta tua frase que reside a questão.

    Os Dragões até produziram algumas jogadas bem congeminadas e melhor executadas, que com outro goleador mais eficaz poderia produzir um resultado diferente.
    Também acho que o Vítor Pereira é um treinador mediano mas com tendência e condições para evoluir,ou seja, com possibilidades de chegar ao topo. E é por isso que não compreendo como é que ele ainda não conseguiu descortinar que o Kleber não é goleador, pelo menos para já e não sei se um dia virá a ser. É que o Kleber ontem foi um autentico defesa do Braga dada a sua inoperância.
    Queres saber uma coisa? Aqui há uns tempos atrás li que o FC Porto estaria interessado no Eder, ele depois aparece a jogar no Braga!
    A FC Porto-Futebol,SAD que tente negociar com o Braga o Eder cedendo o Kleber por empréstimo e oferecendo algum dinheiro...!

    O Jackson não tem substituto à altura para o caso dele se lesionar ou estiver impossibilitado de jogar por lesão ou castigo...

    AMonteiro

    ResponderEliminar
  4. Paulo!
    Estou em parte de acordo com o seu comentário, digo em parte porque na minha opinião o problema principal da equipa portista esteve na falta do Jackson, porque quando o Chá- Chá- Chá joga (para alem de desestabilizar os defesas contrários)quase sempre marca, e é com golos que se ganham os jogos. Portanto se em vez do J Martinez põem a jogar um fulano que não dá uma para a caixa, o resultado só pode ser funesto.

    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.