quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O discurso de José Mourinho

Muito inteligente José Mourinho sabe como ninguém argumentar em sua defesa e do Grupo de Trabalho que orienta! Por isso: bravo, José Mourinho!
"O empate ter-me-ia sabido a vitória se tivéssemos marcado só dois golos. Mas fizemos três, porque o de Callejón é legal", defendeu o técnico madridista sobre o golo anulado no empate a dois golos.
Mourinho desvalorizou o segundo lugar do Real Madrid no Grupo D, com menos um ponto do que os oito dos alemães, recordando que a equipa está na "poule" "mais difícil".
"O Real Madrid esteve sempre nos postos de classificação, não sei qual é o drama. Estamos perto de passar. Se acabarmos em segundo é um problema para os primeiros, mais para eles do que para nós. Não vejo motivos para decepção. Podia-nos ter acontecido o mesmo que ao City [em posição muito difícil no grupo]", reforçou.
O treinador português encarnou o papel do adepto e assumiu que, apesar do empate, preferiria um jogo como o de hoje com o Borussia Dortmund a um de outros grupos "que parecem da Liga Europa".
No entanto, Mourinho apontou "dois, para não dizer três" erros defensivos graves aos seus jogadores, que não podem ser cometidos diante "de uma grande equipa".
"As duas vezes que ganhei a Champions fiquei em segundo no grupo. Não sou supersticioso, mas isto faz-me pensar que tanto faz ser segundo como primeiro. Ainda podemos chegar à liderança e é o que vamos tentar".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.