domingo, 11 de novembro de 2012

Pinto da Costa: "Uma bofetada aos invejosos"

Arsène Wenger, actual treinador do Arsenal, considerou o FC Porto como um exemplo na descoberta de valores no mercado sul-americano, Pinto da Costa "agradeceu" as palavras e recordou o dia em que o francês esteve perto de ser treinador dos dragões.
Pinto da Costa não deixou passar em claro o recente elogio de Arsène Wenger ao FC Porto, quando apresentou o clube como exemplo de uma "política inteligente e visionária", destacando a constante descoberta de valores no mercado sul-americano.
Para Pinto da Costa este reconhecimento dum dos treinadores mais prestigiados do mundo, é "uma bofetada aos invejosos deste mundo", conforme escreveu na página que assina na revista Dragões. Na sua intervenção mensal, Pinto da Costa recordou já ter estado perto de contratar o actual treinador do Arsenal, numa altura em que ele ainda orientava o Mónaco.
Nessa história, Pinto da Costa conta que Luciano D'Onófrio chegou mesmo a vir ao Porto com Wenger e que tudo tinha ficado acertado, depois de Artur Jorge sair para o Matra Racing, em 1987, a seguir à conquista da Taça dos Campeões Europeus. Porém, Wenger não conseguiu libertar-se do clube do Principado e as duas partes acabaram por seguir caminhos distintos. "Mas a minha admiração pelo seu trabalho nunca diminuiu", sublinha Pinto da Costa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.