quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Presidente do Sporting pressiona para condicionar os agentes da arbitragem

Não obstante serem leões, os patrões dos orgãos do poder do futebol Nacional: Hermínio Loureiro presidente da Liga de Clubes e Vítor Pereira presidente dos árbitros, ainda assim parecem não estar satisfeitos, pois os dirigentes do Sporting, a começar pelo seu presidente e a acabar no treinador da sua equipa principal de futebol, passam a vida a reclamar sobre as arbitragens...! Uma forma de pressão intolerável que condiciona, e muito, os agentes do apito, e, que é preciso denunciar e reprimir, a bem da ética desportiva.
Pelos vistos, enquanto uns podem criticar abertamente e permanentemente os árbitros, sem sofrerem sanções, outros, mal abram a boca, serão logo severamente sancionados (punidos)...!

15:10 Futebol Sporting
Presidente do Sporting critica situação na arbitragem

À partida para Madrid, onde o Sporting defronta esta noite o Real Madrid em jogo de atribuição do troféu Santiago Bernabéu, o presidente leonino, Soares Franco, teceu duras críticas à arbitragem nacional: “As coisas na arbitragem não começaram bem. Devemos dar o benefício da dúvida, mas também lançar uma mensagem de cautela. Esta época todos os dirigentes e adeptos sabem que para ir à Liga dos Campeões, directamente, só sendo campeão...".

2 comentários:

  1. Já não há pachorra para os chorões leoninos.É sempre a mesma história, pressionar para condicionar o árbitro do próximo jogo.
    Será por culpa do árbitro que estão a levar 5 em Madrid?
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Mais do mesmo...

    Começou com Paulo Bento, criticando e condicionando as arbitragens futuras, e agora termina no presidente sportinguista. Sempre detestei a forma como os leões se arvoram em grandes paladinos da transparência, curiosamente ficando calados quando são perpetrados roubos descarados a seu favor.

    Porqe será?

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.