quarta-feira, 24 de março de 2010

Taça de Portugal - Rio Ave 1 FC Porto 3

Na equipa do FC Porto a qualidade está lá, continua intacta, a motivação e a atitude também, falta porém atingir a serenidade necessária de modo a que os Dragões consigam acertar mais os passes, ligar o seu futebol, ganhar consistência e garantir mais eficácia defensiva.
Destaques: a defesa esteve pendular salvo uma ou outra falha. Na posição de trinco Fernando continua a ser a melhor opção. O Tomás Costa quando entrou viu-se que procurou cumprir. O meio-campo com Raul Meireles e Ruben Micael controla bem a bola, mas é um pouco macio, precisa de ganhar mais capacidade de choque. Belluschi um jogador intermitente, funciona bem a espaços com a agravante de defender mal. Guarin, continua esforçado mas trapalhão. Falcao, joga bem e nunca vira a cara à luta, o mesmo esforçado de sempre. Orlando Sá, nota-se que tem falta de ritmo mas mostrou pormenores e força de vontade. É um jogador a rever e com larga margem de progressão. Para terminar devo dizer que gostei da entrada do Miguel Lopes para juntamente com Fucile reforçar a faixa direita impedindo as acções ofensivas do Rio Ave pela ala lateral.


Arbitragem de Soares Dias: o mesmo de sempre, Dois pesos e duas medidas no ajuizar das faltas das duas equipas. Extremo rigor, excesso de zelo e preocupação em sancionar as faltas dos jogadores Azuis e Brancos, chegando ao ponto de intimidar com cartões amarelos injustificáveis, e facilitando nas faltas dos adversários do FC Porto ficando várias faltas por marcar.


Taça de Portugal, meia-final, primeira mão
24 de Março de 2010
Estádio do Rio Ave Futebol Clube, em Vila do Conde

Árbitro: Artur Soares Dias (AF Porto) Assistentes: José Cardinal e Rui Licínio Quarto árbitro: Raul Válega



RIO AVE: Carlos; Zé Gomes, Gaspar, Fábio Faria e Sílvio; André Vilas Boas, Tarantini e Vítor Gomes; Bruno Gama, Bruno Moraes e Chidi
Substituições: Tarantini por Nélson Oliveira (69m), Chidi por Bruno Fogaça (69m) e Bruno Gama por Sidnei (76m).
Não utilizados: Mora, Ricardo Chaves, Jeferson e Wires
Treinador: Carlos Brito



FC PORTO: Beto; Fucile, Rolando, Bruno Alves e Alvaro Pereira; Fernando, Belluschi, Guarín, Raul Meireles e Ruben Micael; Falcao
Substituições: Fernando por Tomás Costa (65m), Belluschi por Miguel Lopes (71m) e Falcao por Orlando Sá (80m)
Não utilizados: Nuno, Valeri, Nuno André Coelho e Farías
Treinador: Jesualdo Ferreira

Ao intervalo: 1-1.Marcadores: Ruben Micael (19m), Bruno Moraes (36m), Raul Meireles (54m) e Guarín (75m)Disciplina: cartão amarelo para Fucile (53m), Fernando (61m) e Ruben Micael (65m)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.