terça-feira, 10 de junho de 2014

E a palhaçada continua nas eleições para a LPFP

10/06/2014 - Mário Figueiredo agarrado como "lapa" ao cargo na Liga Portuguesa de Futebol Profissional
Figueiredo teima em perpetuar-se no poder à revelia dos associados...!

Futebol - Liga só aceita candidatura de Mário Figueiredo
De acordo com a Mesa da Assembleia Geral da Liga, a primeira candidatura A não vinha instruída de qualquer declaração de aceitação subscrita pelo candidato nela proposto para presidente da Liga.

Em relação à candidatura B, encabeçada por Rui Alves, o argumento para a rejeição decorreu da não apresentação de qualquer lista candidata à Comissão Disciplinar e à Comissão Arbitral, acrescendo o facto de à data do termo do prazo de apresentação de candidaturas, o candidato em causa estava registado, na Conservatória do Registo Criminal, como presidente da SAD do Nacional.

Quanto à candidatura C, encabeçada e subscrita por Fernando Seara, foi considerada inválida por não apresentar qualquer lista candidata à Comissão Arbitral.

Refere, ainda, o presidente da Mesa da Assembleia Geral da Liga, que as declarações de subscrição apresentadas pelas candidaturas A e B devem considerar-se caducadas por terem sido outorgadas em vista de candidatos a presidente da Liga que, no caso da candidatura A, não aceitou integrar a referida candidatura e, no caso da candidatura B, não é elegível para o cargo.

PS - Candidatura C
Fernando Seara anunciou, esta terça-feira, em comunicado, que vai afastar-se do processo eleitoral da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, embora considere que a justificação apresentada para a rejeição da sua candidatura não tem suporte legal.

"Não posso deixar de expressar a minha profunda indignação relativamente aos fundamentos de rejeição da lista por mim apresentada, os quais não têm qualquer suporte regulamentar e violam frontal e gravemente o direito associativo", lê-se em comunicado subscrito pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Sintra.

(Golpada de Carlos Pereira)Na segunda-feira, o presidente da Mesa da Assembleia Geral da Liga, Carlos Pereira, rejeitou as candidaturas de Fernando Seara e Rui Alves e apenas admitiu a lista encabeçada por Mário Figueiredo, actual presidente daquele organismo, para as eleições que estão marcadas para quarta-feira.

"Sem prejuízo desta imensa indignação que não posso - nem admito - esconder ou branquear, quero comunicar que, perante todos os acontecimentos que pretenderam envolver o meu nome, decidi que, honrando a minha dignidade pessoal, não posso permanecer ligado a estas eleições e a estes acontecimentos", acrescenta Seara.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.