segunda-feira, 8 de outubro de 2012

A Bola deturpa deliberadamente o trabalho de J Sousa

Na primeira página da sua edição de hoje o anti-FC Porto, jornal desportivo A Bola, um jornalista pró-slb, cretino e intelectualmente desonesto, escreve que Jorge Sousa inventou um penalti a favor do FC Porto! Claro, se fosse favorável ao seu clube do coração, o Benfica, seria um penalti mais que justificado. O insuspeito benfiquista e anti-portista João Gobern no programa "triodeataque" concedeu que pelo menos o segundo penalti foi justificado...!
Estes energúmenos  não param de destilar o seu ódio visceral contra o clube do Dragão!

9 comentários:

  1. Talvez a Bola esteja para o Benfica como o Jogo está para o FCP...!
    Não, não tenha dúvidas porque não está, não vejo nenhum jornalista de OJOGO atacar o SLB. Antes pelo contrário, há alguns a escrever a favor do Benfica!

    Agora o que eu não tenho dúvidas é que mais uma vez Jorge Sousa esse grande "Super Dragão", fez uma arbitragem muito habilidosa...

    Não, Jorge Sousa, não fez nenhuma arbitragem habilidosa. Marcou os dois penaltis justíssimos, que tinha de marcar. Por muito menos já eu vi marcar penaltis favoráveis aos dois grandes de Lisboa: SLB e SCP.
    E também não é incansável a beneficiar o FC Porto, porque logo de início mostrou que ia ser rigoroso, quando exibiu um cartão amarelo ao Lucho e a seguir outro ao James, na minha opinião muito forçados. E ainda outro discutível ao Fernando, porque a determinada altura do jogo o Rojo ceifou nitidamente o Jackson deixando-o prostrado durante uns minutos à entrada da grande área do Sporting e, o Jorge Sousa nem falta assinalou, e, era falta (agressão camuflada)para cartão vermelho directo. E PF não conteste se não me quiser irritar.
    Quanto a analisar as arbitragens do Jorge Sousa o amigo é suspeito e não merece credibilidade.
    Já lhe disse que não gosto das arbitragens do Jorge Sousa, porque faz-me lembrar as arbitragens do Pedro Proença (Super Águia)que até é sócio do Benfica e vocês acham que ele não beneficia suficientemente o vosso clube!

    Tudo isto sem que tenha tido influência na vitória do FCP, pois ela foi indiscutível e merecida.

    Aqui estamos de acordo...o Sporting lutou muito mas pouco fez em termos de jogadas assertivas para justificar outro resultado que não fosse a sua derrota.
    Mais! Há muitos anos que vejo jogar os clássicos FC Porto x Sporting e há sempre confusão provocada pelos futebolistas do Sporting: têm mau perder (sarrafeiros)e são indisciplinados (sempre a discutir as decisões dos árbitros!!!Com árbitros estrangeiros não tinham hipóteses)

    Quanto a pôr a clubite de lado, não estou de acordo, antes prefiro que seja franco do que hipócrita.
    E não acredito que a maioria dos portistas ache os penaltis duvidosos. Daqueles que conheço só um se manifestou como refere.

    A minha experiência de 50 anos a assistir a jogos de futebol diz-me o contrário, nós é que temos razão de queixa relativamente a penaltis a nosso favor que ficam por marcar...

    Armando Monteiro

    ResponderEliminar
  2. Elias, o capitão do Sporting, estranhou ver um árbitro do Porto a arbitrar um clássico em que uma das equipas era do Porto. É normal, um tipo que não sabe nada sobre o futebol português, estranhar um facto que acontece há muitos anos e até bastava ver quem arbitrou, por exemplo, o Sporting - F.C.Porto da época passada - Pedro Proença, de Lisboa. O que não é normal é um tipo destes ser capitão do Sporting. Mas naquela barafunda - contaram-me coisas do Sporting que nem nos clubes regionais se vêem... -, nada é de admirar.
    Um clube que só ganhou ao Gil Vicente graças a um penalty sobre Luís Carlos não assinalado e empatou frente ao Estoril porque foi escandalosamente beneficiado, devia ter pudor de falar de arbitragens.

    ResponderEliminar
  3. Qualquer jornal sério, que coloque em primeiro lugar o interesses do futebol, um jornal que não funcionasse apenas como um chiqueiro cheio porcos vermelhos, destacaria o positivo do clássico, em particular o golo do ponta-de-lança colombiano e não o acessório, requentada conversa de calimero. É assim que se defende o futebol. Mas não e não é pelo Sporting - eles não querem saber dos lagartos para nada! -, apenas porque dá jeito para as suas campanhas de desinformação, e, já bem conhecidas do clube do regime e dos seus papagaios, Cervan, bisonte Gobern e rasca da silva. Assim, o chiqueiro da queimada, através dos seus porquinhos de serviço, faz uma capa miserável, anti-futebol e fala nos coitados de Alvalade. Coitados porquê? Por serem incompetentes, por não jogarem a ponta dum corno e trocarem de treinador como quem troca de camisa?

    ResponderEliminar
  4. Francisco Marques!

    Vamos lá a ver: não me venha com insinuações dos jornalistas da Bola que são benfiquistas, porque então eu remeto-o para os artigos do Miguel Sousa Tavares. a propósito leia o que ele escreve hoje no seu jornal de eleição.

    Se é a favor do Porto, é limpinho como a água!

    Isso é que era bom, é precisamente o contrário, a máquina da propaganda benfiquista é muito superior à do FC Porto, nisto é que é insofismável. Por exemplo: A Bola é um órgão oficial de informação encarnada... na RTP não dizem que o FCP mercê do goal-average vai em primeiro disseram o FCP colou-se ao Benfica no 1º lugar...são pequenos pormenores, se calhar para si não têm importância, mas têm e muita, pois por aqui se vê o grau de veracidade e isenção de quem dá a notícia. SIC e TVI idem aspas, eu assisto aos comentários deles quando transmitem jogos do FCP e verifico que vestem a camisola do SLB: os erros dos árbitros a favor do Dragão são repetidos, os erros a favor do SLB são escamoteados, raramente repetem.

    AM

    ResponderEliminar
  5. ...até na equipa B tentam atingir o Benfica!
    Então vou informá-lo: o Penafiel empatou com o FCP B com um golo em fora de jogo.
    Estamos empatados portanto

    Noticia do jornal Sol de 19 de Agosto de 2011...

    Ó Francisco Marques, você ou é inocente ou deliberadamente mal intencionado...

    Então não sabe que o Sol é do doente benfiquista que é filho do Freitas do Amaral?!

    AM

    ResponderEliminar
  6. ..."Intenso holofote de classe cedo encandeou o leão...",

    E o Francisco Marques por acaso foi ver quem assina o artigo? Aposto que deve ser dragão...he,he,he...!

    Quanto ao nível dos adeptos: é claro que se calhar é capaz de haver mentecaptos no FCP, mas isso é comum em todos os clubes, e por isso, citar coisas do género, só serve para inflamar/incendiar os ânimos.

    AM

    ResponderEliminar
  7. Amigo Armando essa do senhor ter 50 anos a ver futebol e conseguir ver que o Porto é o mais prejudicado...

    Fernando Marques, manifestei-lhe um sentimento e você não o levou a sério... só lhe vou dizer o seguinte: o Francisco não quer é ver! Porque se não reparava que nos últimos trinta anos o FCP é o clube português com mais títulos internacionais, e isto não é por acaso, ou o PC também comprou os árbitros estrangeiros?!
    Ó Francisco trate-se que você não consegue enxergar direito...e não vou acrescentar mais nada portanto.

    ...Jorge Sousa a Pedro Proença, de facto eles são muito parecidos... com uma diferença, o "Super Dragão" ajuda o seu clube do coração, o "Super Águia"...

    Tanto um como outro sofrem de excesso de zelo quando apitam os seus clubes. E ponto.

    ...não acha estranho que nem Benfica nem Sporting...,

    Não acho estranho, não: o Sporting e o Benfica se não ganham licitamente tentam ganhar na porrada, e, por isso, os juízes do apito têm de actuar...

    António Garrido...!

    Há que tempos não oiço falar dele...! Agora reconheço que é capaz de ser um expert em arbitragem e, por isso, o interesse em contratar um colaborador do seu nível para ensinar as regras no Dragão...se é que trabalha mesmo para os portistas...

    AM

    ResponderEliminar
  8. O Francisco Marques faz-me perder tempo com as suas tratantadas! Não leia só o conveniente para si, tome conhecimento da informação veiculada pela oposição também, antes de vir para aqui com patranhas...

    AM

    ResponderEliminar
  9. Ah! E dê uma vista d'olhos pelo artigo do Miguel Sousa Tavares em A Bola d'hoje


    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.