sábado, 13 de outubro de 2012

Bruno Paixão não se conforma com a descida de nível

Não obstante as asneiras que tem acumulado nas suas actuações ao longo dos últimos anos, Bruno Paixão ainda se sente lesado! Irra...é preciso ter lata! Na opinião do Bruno: são todos burros e ele é o único inteligente!
Confirmando a notícia de ontem de O JOGO, que deu conta, em primeira mão, que o árbitro Bruno Paixão perdeu o estatuto de internacional, o juiz vai recorrer aos tribunais para contestar a decisão.
Bruno Paixão vai recorrer ao Tribunal Administrativo de Lisboa depois de a Comissão de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não o ter incluído na lista de árbitros internacionais de 2013 enviada à FIFA. Segundo a agência Lusa, fonte ligada ao processo afirma que Bruno Paixão contesta a classificação da época 2011/12, o 14.º lugar, que, juntamente com o 17.º da temporada anterior, lhe retira as insígnias da FIFA.
Os fundamentos do recurso que Bruno Paixão pretende interpor junto do Tribunal Administrativo prendem-se com a decisão da Comissão de Arbitragem em baixar a nota de 3,4 para 2,00 que lhe foi atribuída pelo observador Humberto Gonçalves pela sua atuação no jogo Gil Vicente-Sporting da época passada.
Face ao protesto avançado pelo Sporting, que se queixou do trabalho do juiz setubalense, o presidente da Comissão de Arbitragem da Liga remeteu-o para o Conselho Técnico, o qual, depois de analisar o relatório do observador e as imagens do jogo, decidiu baixar a nota de Bruno Paixão.
Esta alteração acabou por ter implicação direta na classificação do árbitro de Setúbal, que baixou de 8.º para 14.º lugar, quando, de acordo com os regulamentos, um árbitro internacional que obtenha uma classificação abaixo do 12.º lugar em dois anos consecutivos perderá as insígnias da FIFA.
A decisão de recorrer a um tribunal civil, já devidamente ponderada e a ser concretizada em breve, assenta no pressuposto de que está em causa a violação do direito laboral, uma das exceções previstas pela FIFA relativamente a recursos para instâncias fora da esfera desportiva.

3 comentários:

  1. Como já tinha prometido: comentários a destilar veneno, foram para o lixo

    AM

    ResponderEliminar
  2. Não me interessa provar se está enganado...
    Diga-me as suas fontes e eu terei opinião...~
    Diz-me com quem andas e dizer-te-hei quem és

    AM

    ResponderEliminar
  3. Veio nos jornais não é nada! Especifique, se quiser...para eu poder ajuizar...caso contrário o caixote do lixo é serventia da casa.

    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.