domingo, 21 de outubro de 2012

Profissionais de futebol contratados pelo FCP

Sobre o comportamento dos futebolistas do FC Porto nos jogos e na sua vida privada direi o seguinte:
1) Na minha opinião, no departamento de futebol do FC Porto, devem ou deviam caso não existam, ser impostas normas rígidas relativamente: à disciplina, ao comportamento profissional e até no foro da sua vida privada devem ser impostas regras de modo a não afectar o seu rendimento em campo nos jogos.
2) Os responsáveis, dirigentes técnicos, ficavam assim unicamente incumbidos de tratarem dos assuntos técnicos, tais como: a motivação psicológica, a preparação física e técnica e as tácticas ou estratégias a adoptar nos jogos.
3) Aliás à semelhança do que já existe em clubes altamente profissionalizados como o Real Madrid e o Barcelona, onde as regras de comportamento profissional e da vida privada são bastante rígidas.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Francisco Marques!

    Você vê filmes a mais...! ...essa do guarda Abel já tem barbas...!Vocês não sabem outra! É como nós falarmos do Calabote ou da mão do Vata...
    Quanto ao comportamento dos futebolistas profissionais, eles ganham muito dinheiro e por isso têm obrigação de ter uma conduta irrepreensível de modo a justificar o que ganham.

    Por exemplo no Real Madrid, até impõem o que eles podem e não podem comer...
    No Barcelona, o Messi só agora é que pode sair com a "girl friend" dele! Até há bem pouco tempo, era só: comer, dormir e treinar...

    Também ganham rios de dinheiro!!!

    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.