quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Champions League- FC Porto 3 Dínamo de Kiev 2

24 de Outubro de 2012 - Afinal esta equipa do Dínamo não é tão má como certa Imprensa fez crer! Trata-se duma equipa incómoda, possante, rápida, quase todos os seus futebolistas são bons de bola, e jogam duns para os outros quase de olhos fechados. São também muito difíceis de desarmar quando de posse da bola e muito perigosos nos lances de bola parada! Disto isto, a conclusão que se pode chegar é que os Dragões tiveram que suar as estopinhas para levar de vencida esta difícil equipa do Dínamo: chata e que nunca desiste, passa os 90 minutos  do desafio sempre em movimento.
Destaques na equipa portista: pouco se poderá individualizar porque a equipa actuou em bloco, mas seria injusto não realçar a acção do Jackson, não só pelos 2 golos que marcou, mas também pelo espírito de luta que imprimiu durante quase todo o jogo. Já é neste momento um elemento preponderante na equipa pelos golos que marca! Quero também realçar a acção e clarividência do Lucho, um elemento que ajuda a pôr ordem no meio-campo, joga e faz jogar! Varela marcou um bom golo e parece-me melhor a apoiar o defesa lateral que o jovem Atsu. James teve pormenores de classe, embora porque sempre muito vigiado não conseguiu dar tanto nas vistas como de costume. Moutinho talvez por ter jogado pela selecção não foi tão influente no jogo da equipa como costuma ser. Os centrais embora não estivessem totalmente mal foram quanto a mim responsáveis pelos dois golos do Dínamo. Gostei do Mangala, esteve quase sempre bem e cortou muito jogo pelo ar, o homem é bom mesmo no jogo aéreo! 
FICHA DE JOGO - Liga dos Campeões, Grupo A, 3.ª jornada
Estádio do Dragão, no Porto - Assistência: 29.317 espectadores
Árbitro: Pavel Kralovec (República Checa)
Assistentes: Roman Slysko e Martin Wilczek
Quarto árbitro: Antonin Kordula
Assistentes adicionais: Radek Prihoda e Micahl Patak
FC PORTO: Helton; Danilo, Maicon, Otamendi e Mangala; Fernando, João Moutinho e Lucho; Varela, Jackson Martínez e James
Substituições: Varela por Atsu (64m), João Moutinho por Defour (75m) e James por Miguel Lopes (90m+2)
Não utilizados: Fabiano, Castro, Kleber e Abdoulaye
Treinador: Vítor Pereira
DÍNAMO KIEV: Shovkovskiy; Betão, Mikhalik, Khacheridi e Taiwo; Miguel Veloso, Vukojevic e Garmash; Yarmolenko, Ideye Brown e Gusev
Substituições: Vukojevic por Kranjcar (84m)
Não utilizados: Koval, Mehmedi, Marco Ruben, Bogdanov, Haruna e Ninkovic
Treinador: Oleksiy Mykhaylychenko
Ao intervalo: 2-1
Marcadores: Varela (15m), Gusev (21m), Jackson Martínez (36m e 78m), Ideye Brown (72m)
Cartão amarelo: Garmash (81m), Betão (90m+3), Miguel Veloso (90m+4) e Maicon (90m+4)

1 comentário:

  1. Parabéns ao Porto pela vitória e pela quase passagem assegurada à fase seguinte.
    Embora não fosse um jogo deslumbrante por parte do FCP, foi no entanto um bom jogo, com uma vitória inteiramente justa.A equipa do Dinamo é uma equipa incómoda e que mostrou estar bem organizada, dificultando ao máximo a tarefa do FCP, mas de facto, Jackson Martinez provou ser uma mais valia nesta equipa ao apontar 2 golos plenos de oportunidade,e que contribuiram de forma decisiva para esta boa vitória.
    Agora ér só carimbar a passagem na próxima ronda.
    Saudações desportivas.
    Francisco Marques

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.