sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Rússia 1 Portugal 0

Os russos, mais adaptados ao campo sintético, mais poderosos fisicamentecom maior capacidade de choque, aliado a um futebol mais cerebral, conseguiram levar de vencida uma equipa portuguesa de "brincas na areia"! Claro que o árbitro húngaro também deu uma pequena ajuda ao permitir certas entradas mais rudes por parte dos da casa, (ilegais, ou à margem das leis)! Ficou-me até a sensação de nos minutos finais, ter ficado uma grande penalidade por marcar a favor da selecção das quinas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.