segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Surripiado do blog do Dragão até à morte: http://www.dragaodoente.blogspot.pt/
Rui Rasca da Silva foi ao panfleto da queimada TV, o segundo canal do Benfica e foi entrevistado pelo freteiro, com calo no cu como o macaco, Delgado. Como é óbvio, quando se junta o mais fanático benfiquismo, lá tinha de vir a cassete do mais primário anti-portismo. É natural, é preciso manter a aura. Um, o freteiro, é um rato de esgoto que Moniz tratou como um mentiroso sem vergonha na entrevista que o panfleto deu ontem à estampa - foi o freteiro, a mando de Vieira, que disse que Moniz era o ponta-de-lança de interesses espanhóis para tomar de assalto o Benfica -, já Rui Rasca da Silva é um troglodita que ganhou protagonismo e popularidade junto de uma franja de adeptos do clube do regime, graças a mandar bocas foleiras contra o F.C.Porto e seus dirigentes. Sobre o reatar de relações entre os dois clubes, mas quem disse à figurinha, que, mesmo que eles quisessem, nós queríamos?
Ainda a propósito das eleições do clube do regime: se tivesse de dar um prémio para ao cúmulo do cinismo e da hipocrisia, ele iria direitinho para Rui Costa, pelo apoio a Vieira. 
Os amigos do Kadafi dos pneus

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Francisco Marques!

    O Benfica foi grande no tempo do Eusébio, há 40 anos atrás, presentemente o melhor clube português relativamente a títulos ganhos e qualidade, é o meu FC Porto!
    Vocês até podem ter mais adeptos mas o melhor clube relativamente a qualidade é o FCP, você não aceita porque é Camões.
    Quanto à corrupção, só existe na cabeça de certos benfiquistas a fim de justificarem os vossos fracassos... ganhe juízo e veja se atina.

    AM

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.