segunda-feira, 10 de novembro de 2014

As façanhas de Lucílio Baptista o nomeações

10/11/2014 - Registo

Lucílio Baptista o nomeações das equipa de arbitragem

O actual campeonato (nasceu inquinado), época 2014/2015, há muito que tem o destino traçado e o seu desfecho não passa pelos relvados, mas antes pelos restaurantes das Portas de Santo Antão.
Nomear o Paixão para o jogo da Madeira foi demasiado evidente que tinha em vista ajudar a equipa do antigo regime num jogo previsivelmente difícil.
O Lucílio Batista nas nomeações dos árbitros só pode dar nisto e sabe-se para quem ele trabalha há muitos anos. Depois da taça Lucílio podemos vir a ter o campeonato Lucílio.
E não vejo ninguém a denunciar estes arranjinhos.

Relativamente ao FC Porto:
J04 - Guimarães: golo mal anulado a Brahimi aos 83'. Fora-de-jogo no limite, em caso de dúvida MARCOU
J05 - Boavista: entrada dura de Maicon na lateral do meio-campo. Cartão vermelho directo (ver critério mais à frente)
J06 - Sporting: Agressão de Slimani logo no início do jogo. Penalty por mão na bola do Maurício.
J07 - Braga: Um penalty não assinalado para cada lado. O do Porto deu cartão amarelo ao Alex.
J08 - Arouca: Dois penalties por assinalar a favor do Porto, uma expulsão perdoada ao Arouca por entrada dura sobre o Brahimi (critério diferente do aplicado ao Maicon)
J10 - Estoril: Acabar a 1ª parte com 20 jogadores na área do Estoril e o Quaresma a armar o cruzamento. Permitir anti-jogo e perda de tempo em excesso. Não marcar penalty no lance do 2-2 (ainda bem que entrou, mas aquela mão foi demasiado escandalosa e ele preparava-se para não assinalar). Já agora, deixem-me dar-vos uma visão do campo: depois do Óliver marcar, o Soares Dias demorou vários segundos a apontar para meio campo. Vários segundos em que ele olhou para o auxiliar, para os jogadores do Estoril, e procurou algum sinal. Não sei se há imagens de TV, mas se houver reparem nisso!

Ajudas ao Benfica:
J02 - Boavista: Acabaram a jogar contra 10
J04 - Setúbal: Com o resultado em 0-1, anulam lance ao Setúbal por fora-de-jogo inexistente. Em caso de dúvida, MARCOU.
J05 - Moreirense: aos 20 minutos, com o resultado em 0-1, Enzo entra de sola no peito (!) dum jogador do Moreirense. Cartão vermelho directo que foi transformado em nada, nem falta. Acabaram a jogar contra 10.
J06 - Estoril: (além dos 3 golos inacreditavelmente facilitados) 2º amarelo perdoado ao Enzo. Mais tarde, Enzo simula falta arrastando a perna e sacando 2º amarelo ao adversário, quando o jogo estava 2-2. Acabaram a jogar contra 10.
J07 - Arouca: Minuto 73, resultado 0-0, canto a favor do Benfica transforma-se em contra-ataque perigoso do Arouca. Samaris tem uma entrada violentíssima às pernas do adversário. Cartão amarelo (critério bem diferente do aplicado ao Maicon). Repito, o resultado estava em 0-0.
J08 - Braga: Sem consequências, mas Eliseu comete 2 penalties sobre Pardo (1 em cada parte). Ganhou o direito a ver um amarelo. Enzo provoca e empurra Danilo perto do fim, mas ambos levam amarelo e o Danilo acaba expulso. Acabaram a jogar contra 10.
J09 - Rio Ave: ao minuto 67, o Rio Ave empata. Golo anulado porque o jogador tem um joelho (!) à frente da linha da bola... Em caso de dúvida, MARCOU. Mas só marcou depois da bola entrar na baliza...
J10 - Nacional: Festival de cartões para o Nacional de forma despropositada. Golo do Benfica em posição duvidosa, em caso de dúvida... NÃO MARCOU!!! O mesmo auxiliar, na 2ª parte, com um jogador 1 metro em jogo, em caso de dúvida (mas qual dúvida?!?)... MARCOU!!!!!

Relativamente ao Sporting


J04 - Belenenses: canto nos minutos finais a favor do Belenenses, penalty grosseiro por assinalar.
J06 - Porto: ver acima
J08 - Marítimo: com o resultado em 1-0 na primeira parte, fora de jogo mal tirado a Mazoo que seguia completamente isolado em posição frontal.
J10 - Paços Ferreira: fora-de-jogo bem assinalado a Slimani que anula golo a Montero. Slimani está deslocado, faz-se à bola, interfere no lance, e está sempre no enfiamento do passe.

DENOMINADORES COMUNS:
- Em caso de dúvida, a decisão foi sempre desfavorável ao Porto. E nunca com o mesmo critério.
- Em caso de dúvida, a decisão foi sempre favorável ao Benfica. E nunca com o mesmo critério.
- Os que mais gritam (Sporting) são os que menos razões têm.

Quero acreditar em duas coisas: na boa fé das pessoas, e que no fim isto se equilibra tudo. Mas deste modo, já com 10 jornadas, para equilibrar, vai ser preciso alterar muitas coisas... Já só peço que seja equilibrado daqui para a frente, sem compensarem a favor! Caso contrário, já todos sabemos, teremos, a choradeira final, que é a que dá mais nas vistas!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.