segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Convocados para o BATE e o árbitro e Lopetegui

24/11/2014 - Pede-se um dragão com chama a fim de elevar bem alto a marca FC Porto

Lopetegui chamou 20 jogadores para o jogo da quinta jornada da UEFA Champions League (terça-feira, 17h00)

​As inclusões de Tello e Ricardo Nunes são as novidades na lista de convocados elaborada por Julen Lopetegui para o jogo frente ao BATE Borisov, na Bielorrússia, que se disputa esta terça-feira, às 17h00 (em Portugal Continental), referente à quinta jornada do Grupo H da UEFA Champions League.

O técnico espanhol, que orientou esta segunda-feira o último ensaio antes do desafio com os bielorrussos, no Estádio do Dragão, acrescentou assim os nomes do avançado espanhol e do guarda-redes português aos 18 eleitos para o último compromisso oficial dos Dragões.

Lista de 20 convocados: Fabiano, Andrés Fernández e Ricardo Nunes (g.r.); Danilo, Martins Indi, Maicon, Marcano, Casemiro, Quaresma, Brahimi, Jackson Martínez, Quintero, Tello, Evandro, Herrera, Adrián López, Alex Sandro, Óliver Torres, Rúben Neves e Aboubakar.

O árbitro é o romeno Ovidiu Alin Hațegan


Ovidiu Alin Hategan chefia equipa de arbitragem no jogo desta terça-feira com o BATE Borisov (17h00)

​Ovidiu Alin Hațegan vai dirigir o jogo entre BATE Borisov e FC Porto. O juiz romeno, de 34 anos, vai ter a auxiliá-lo os compatriotas Octavian Sovre e Sebastian Gheorghe (assistentes), Alexandru Dan Tudor e Sebastian Costantin Coltescu (assistentes adicionais) e Radu Ghinguleac (quarto árbitro).
O árbitro já se cruzou com os Dragões por uma vez, na época passada, tendo apitado o encontro com o Áustria Viena (1-1), no Estádio do Dragão, na fase de grupos da Champions League.

Lopetegui: Queremos o primeiro lugar

O treinador do FC Porto, Julen Lopetegui, explicou à imprensa da Bielorrússia a opção por viajar apenas na véspera do jogo com o BATE Borisov.

A decisão de chegar na véspera: "Se fossemos dois dias antes para treinar no Borisov Arena teríamos que viajar durante uma hora e meia para chegar ao estádio e outra hora e meia de volta para o hotel. Este é um jogo muito importante para nós,contra uma equipa que vai obrigar-nos a jogar ao nosso melhor nível. Decidimos que a melhor coisa para os jogadores seria evitar a viagem de três horas".

Atlético de Bilbau chegou na véspera e perdeu: "O Atlético de Bilbau fez isso pelas mesmas razões que já expliquei antes. Quando se perde um jogo é porque há muitos fatores envolvidos. O BATE Borisov venceu porque foi melhor, aliás, mostrou nesse jogo que pode competir por um lugar nos oitavos de final".

O melhor FC Porto: "Vamos tentar apresentar o plantel mais competitivo para este jogo. Este é um jogo da Liga dos Campeões contra uma equipa que certamente irá colocar-nos dificuldades e nós queremos terminar a fase de grupos em primeiro lugar".

Facilidades depois da goleada: "Definitivamente não. O BATE é uma equipa que fez uma qualificação brilhante para a Liga dos Campões. Trata-se de um clube habituado a ganhar títulos, mereceu a vitória contra o Atlético de Bilbau e fizeram bons 20 minutos contra nós. Estamos conscientes de que defrontaremos uma equipa que merece o nosso máximo respeito. Não pode ser de outra maneira, é um jogo da Liga dos Campeões".

Preparação sem internacionais: "Quando 14 jogadores são convocados para as respetivas seleções nacionais é um sinal muito bom para o clube, porque prova que tem jogadores com qualidade para representar os seus países ao mais alto nível. Não são as condições ideais para se preparar um jogo importante, mas é um problema para muitas equipas, por isso é encarado com naturalidade".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.