segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Blog portista mal informado

26/01/215 . Depois de Lopetegui ter tido o seguinte desabafo:

“Houve falta de tranquilidade, que acabou por nos prejudicar.

Teria sido diferente se a tivéssemos tido e se o árbitro tivesse visto um penálti sobre o Gonçalo”.


O que motivou o seguinte meu comentário:

O João Capela marcar um penálti favorável ao FC Porto...?!

É mais fácil um camelo passar pelo buraco duma agulha, do que o benfiquista João Capela marcar um penálti favorável ao FC Porto.

Portanto, Lopetegui ou tem estado muito desatento ou é crédulo e ingénuo...!

Razão pela qual não compreendo como um administrador dum blog que se diz portista pôde produzir a seguinte afirmação:


...depois da nomeação provocatória de João Capela - sim, não é por ele ter feito uma boa arbitragem que mudo de opinião...


João Capela fez uma boa arbitragem...?!

Não e não, na minha opinião o que ele fez foi uma arbitragem muito habilidosa. Visto ter utilizado uma dualidade de critérios disciplinar gritante. Teve visão de lince para marcar e punir as faltas dos portistas, ou seja, contra a equipa portista e não reprimiu como devia o jogo duro, certas entradas para intimidar dos jogadores do Marítimo, chegando mesmo a não assinalar faltas que pudessem ser perigosas para os visitados. E em contra partida esteve sempre muito predisposto e lesto para advertir com as respectivas cartolinas os portistas à mínima que eles fizessem...!

Contra factos não há argumentos

Esta época têm-se verificado os seguintes critérios disciplinares:


Começa a ser vulgar, os árbitros serem benevolentes com as faltas cometidas pelos jogadores encarnados, dificilmente exibem os cartões aos jogadores do clube da águia.
Mas mais, os benfiquistas são permanentemente protegidos pelos árbitros que são rigorosos em não permitir o jogo duro às equipas que jogam contra o Benfica, pois reprimem com severidade as entradas mais duras dos adversários dos benfiquistas...! Assim sendo é muito mais fácil conseguir bons resultados... vitórias na Liga Portuguesa de Futebol.


E a provar estas teses, estão os factos do Benfica nos campeonatos europeus com os jogos dirigidos por juízes do apito estrangeiros não se ter conseguido: impor, qualificar, sendo eliminado logo à primeira...!

2 comentários:

  1. Se em vez de vivermos tão obcecados com as atuações dos árbitros, olhássemos mais para aquilo que NÃO jogamos e exigíssemos mais a uma equipa paga a peso de ouro...

    ResponderEliminar
  2. Muito bem amigo,
    Mas este facto não invalida os outros factos de estarmos constantemente a ser prejudicados pelas arbitragens. Além disso todos aqueles que são portistas devem estar atentos e apoiar as posições dos dirigentes do FC Porto pois eles estão a tentar defender os interesses dos portistas...

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.