quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Critérios disformes da FPF

 15/01/2015 - A FPF resolveu promover uma gala para galardoar diversas personalidades do desporto.

Pois muito bem! Se se compreende e se pode aceitar que as personalidades distinguidas o foram por mérito próprio, já não se compreendem as omissões de que foram alvo outras personalidades com mérito mais que reconhecido em Portugal e até internacionalmente, como é por exemplo o caso do grande Mestre José Maria Pedroto, uma autoridade no desporto rei…!
Mas mais, considero verosímil e lógica a seguinte relação: Eusébio está para Cristiano Ronaldo como José Maria Pedroto está para José Mourinho; pelo que temos de condenar veementemente estes vergonhosos critérios. Se se pretende homenagear e muito bem, Eusébio, há que forçosamente em abono da mais elementar justiça homenagear também José Maria Pedroto, a personalidade que verdadeiramente se bateu pela ética desportiva, denunciou os atropelos à mesma e contribuiu decisivamente para a imposição da verdade desportiva em Portugal.

Por outro lado, não se aceita, mas compreende-se: o Mestre Pedroto atingiu toda a sua grande notoriedade ao serviço do FC Porto, e por conseguinte para os srs da FPF há que ignorar; o que denuncia a intenção deliberada de quem nos órgãos de decisão da FPF, detém o poder, de condenar ao ostracismo tudo que diga respeito aos títulos desportivos conquistados pelos Dragões. Por estas e por outras é que cada vez mais se impõe a descentralização do poder em Portugal.
Os oportunistas “lambe botas” estão (e os que não estavam emigraram para lá; a saber:
dirigentes, árbitros e jornalistas desportivos) na capital e há que defender o “tacho” conseguido à custa de muito esforço a rastejar…!!!


Ivo Rodrigues atleta promissor

Ivo Rodrigues é, neste momento, o projecto mais consistente da formação do FC Porto. Uma das provas desta aposta efectiva esteve na recente renovação de contrato, a segunda num curto espaço de tempo. Em maio, e na iminência de o perder para um clube italiano, a SAD renovou-lhe contrato até 2018 e colocou uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros; depois, em Novembro, voltou a chamá-lo para lhe acrescentar um ano ao contrato, dez milhões à cláusula e, claro, alguns euros ao ordenado. Durante o último verão, também chegaram propostas ao Dragão, sendo que uma delas, de um clube estrangeiro, previa o empréstimo de um ano com opção de compra de seis milhões de euros no final da temporada. A resposta dos responsáveis do FC Porto foi pronta e negativa.

Ivo Rodrigues regressa agora à equipa B, ainda que com a promessa de novas oportunidades com o plantel de Lopetegui. Mesmo assim, o avançado de 19 anos (faz 20 em março) deixou uma mensagem nas redes sociais para marcar a estreia. "Apesar de ter saído lesionado, cumpri um dos meus maiores sonhos e também um dos maiores sonhos da minha família e amigos. Sentimento indescritível, não há palavras!", começou por escrever, antes de apontar ao futuro. "Vou trabalhar sempre para atingir todos os meus objetivos, por mim e pelas pessoas que me acompanham sempre. Orgulho em ser portista e cumprir um sonho de infância. Obrigado às pessoas que sempre acreditaram em mim", acrescentou.


Adnan Januzaj apontado ao FC Porto


A imprensa inglesa garante esta quinta-feira que o FC Porto é um dos clubes europeus interessado no jovem belga do Manchester United.

FC Porto, Juventus e Paris Saint-Germain surgem esta quinta-feira na imprensa inglesa como estando na corrida pela contratação de Adnan Januzaj durante o actual mercado de transferências.

Adnan Januzaj não tem sido opção para Louis van Gaal, daí o interesse do jogador belga de 19 anos em mudar de ares, vontade que, segundo o tablóide inglês The Sun o FC Porto, bem como Juventus e PSG, pretendem aproveitar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.