segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Lucas Lima, Taça da Liga, FC Porto B e Lopetegui

12/01/2015 - A Doyen já terá apresentado uma proposta ao Santos pelo médio de 24 anos Lucas Lima, mas um clube chinês também está na corrida e já ofereceu 8 milhões de euros.

Lucas Lima pode ser o próximo jogador a deixar o Santos e, a julgar pelo site brasileiro "terra.com.br", o destino pode passar pelo FC Porto. O primeiro passo terá sido dado pelo empresário Renato Duprat, representante da Doyen, que detém 80 por cento dos direitos sobre o médio e que terá feito uma proposta aos dirigentes do Santos.A mesma notícia que aponta o Lucas Lima aos azuis e brancos refere haver também uma proposta de 8 milhões de euros de um clube chinês pelo médio de 24 anos. O Santos atravessa uma fase financeira delicada, o que poderá levar os seus dirigentes a vender alguns jogadores para pagar até ordenados em atraso.


Taça da Liga


Julen Lopetegui sublinhou a necessidade de entrar em campo com a mesma atitude competitiva de sempre, para evitar surpresas. "A referência mais próxima que temos do União da Madeira é o jogo que ganharam - e bem - ao Braga, na primeira jornada. Esperamos um jogo com as características próprias de um adversário muito organizado, agressivo e forte nas segundas bolas. Vamos ter que contrariar isso, tentando impor o nosso futebol e superar o adversário com as nossas armas. E a melhor forma de o fazer é respeitando-o, ao máximo", alertou o técnico espanhol, em declarações na página oficial do FC Porto na Internet. Objetivo: "Encaramos o jogo com a perspectiva de ganhá-lo, como todos os jogos, para somar três pontos, mas depois ainda faltam dois jogos. O primeiro lugar vai ser disputado até ao final". Oportunidades: "Vamos ter jogos à quarta e ao domingo praticamente durante um mês e meio, depois chega a Liga dos Campeões e ainda temos dois jogadores a menos no plantel, porque o Brahimi e o Aboubakar estão na Taça das Nações Africanas. Por isso, temos que aproveitar todas as opções que temos e tirar proveito de todos os jogadores do plantel, gerindo os diferentes momentos de cada um e as alternativas que entendemos serem as lógicas para cada adversário".

Oportunidade para quem joga menos


 Evandro, médio do FC Porto, deverá ser titular na receção ao União da Madeira, esta terça-feira no Dragão. O brasileiro falou ao site do clube.
Para quem joga menos: "A expectativa que temos é a de vencer mais um jogo, que pode ser mais uma oportunidade para os jogadores que têm jogado menos."

A camisola do FC Porto: "Vestir a camisola do FC Porto é sempre especial, seja qual for a competição, e este é mais um jogo que queremos vencer, ainda mais porque jogamos no Estádio do Dragão. Queremos estar sempre em primeiro e nesta competição não será diferente"

Oportunidades: "Sempre que as oportunidades surgirem, tenho de estar preparado, tal como a equipa estará para as dificuldades que o União da Madeira nos criar."

Adversários fechados: "Todas as equipas que jogam no Estádio do Dragão adoptam uma postura mais fechada, procurando tirar-nos espaço para jogar e surpreender-nos em contra-ataque.".

Gonçalo Paciência e Ivo convocados


 Tal como era esperado, Lopetegui operou uma pequena revolução na lista de convocados do FC Porto para a recepção ao União da Madeira, da Taça da Liga. Fabiano, Danilo, Martins Indi, Casemirio, Tello e Herrera ficam de fora das opções do treinador espanhol, entrando para os seus lugraes Helton, Diego Reyes, Alex Sandro, Rúben Neves, Ivo Rodrigues e Gonçalo Paciência. Perspectiva-se, por isso, um onze com muitas alterações nesta partida.


Rúben Neves

O médio Ruben Neves está recuperado e União da Madeira é o adversário "ideal" para o seu regresso
Com o meio-campo estabilizado (formado pelo tridente Casemiro-Herrera-Óliver), Lopetegui optou por adiar o regresso de Rúben Neves aos convocados, apesar de o médio já estar disponível para a recepção ao Belenenses. Amanhã há Taça da Liga frente ao União da Madeira, da II Liga, e este é o adversário ideal para o jovem internacional português voltar à competição, um mês depois da lesão no joelho direito. Até pelo facto de ser formado localmente - as regras da prova obrigam à utilização de dois de início -, Rúben Neves tem mesmo sérias possibilidades de regressar pela porta da titularidade. Refira-se que, no plantel principal, só há mais três jogadores formados localmente: Ricardo Nunes, Ricardo Pereira e Quaresma.
Rúben Neves pode surgir no onze como trinco, se à frente dele forem utilizados Evandro e Quintero, ou como médio-interior, se Campaña for aposta para a posição 6, como aconteceu em Vila do Conde, também para a Taça da Liga.
Só esta manhã é que Lopetegui vai ensaiar a tática, e a lista de convocados será divulgada no final. Expectativa para saber se serão chamados elementos da equipa B e se Helton volta a ser opção para a baliza. Com o Rio Ave, não saiu do banco...


Taça da Liga - Seis novidades nos convocados para jogo com o União


Helton, Reyes, Alex Sandro, Rúben Neves e os “bês” Gonçalo Paciência e Ivo

O guarda-redes Helton, os defesas Reyes e Alex Sandro, o médio Rúben Neves e os “bês” Gonçalo Paciência e Ivo (na foto) são as novidades na lista de convocados de Julen Lopetegui para a recepção ao União da Madeira (terça-feira, 20h15), a contar para a segunda jornada do grupo D da Taça da Liga. As duas formações estão no topo da classificação, com três pontos

Rúben Neves regressa após recuperar de lesão, enquanto Gonçalo Paciência e Ivo, do FC Porto B, se poderão estrear ao serviço da equipa principal; Alex Sandro cumpriu um encontro de castigo na recepção ao Belenenses, juntando-se a uma lista que inclui também Helton (ainda sem minutos esta temporada, devido à grave lesão sofrida em Março de 2014) e o mexicano Diego Reyes. Relativamente à última convocatória, para o referido jogo de sábado, da 16.ª jornada da Liga portuguesa, saem dos eleitos Fabiano, Danilo, Martins Indi, Casemiro, Tello e Herrera.

O grupo liderado por Julen Lopetegui voltou a treinar esta segunda-feira, no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, numa sessão que voltou a não contar com o argelino Brahimi e o camaronês Aboubakar, que se preparam para a participação na CAN (Taça das Nações Africanas), assim como Otávio, que se limitou a tratamento e trabalho de ginásio.

Lista de 18 convocados: Helton e Andrés Fernández (g.r.); Maicon, Marcano, Quaresma, Jackson Martínez, Quintero, Reyes, José Ángel, Evandro, Adrián López, Ricardo, Campaña, Alex Sandro, Óliver Torres, Rúben Neves, Gonçalo Paciência e Ivo Rodrigues.

Benfica B com penalty vence FC Porto B reduzido a 10 unidades desde os 12’



O Benfica B derrotou o FC Porto B, por 3-2, numa partida da 22ª jornada da II Liga. A equipa encarnada passou a somar 38 pontos, ocupando a terceira posição, enquanto os portistas mantiveram os 32 pontos e passando a estar na 10ª posição.

Gonçalo Guedes, na marcação de uma grande penalidade, inaugurou o marcador para o Benfica B aos 13 minutos, segundos depois de Rafa, lateral esquerdo do FC Porto B, ter visto o vermelho directo aos 12 minutos no lance de que resultou o penálti.

Apesar de jogar em inferioridade numérica, o FC Porto B conseguiu dar a volta ao marcador. Francisco Ramos empatou aos 36 minutos e Gonçalo Paciência, com um belo golo, colocou os dragões na frente do marcador aos 53'.

A vantagem portista durou apenas quatro minutos, já que Fábio Cardoso empatou e o mesmo jogador, aos 73 minutos, fez o 3-2 final.

FC Porto B: Gudino; David Bruno, Lichnovsky, Diego Carlos e Rafa; Pité, Leandro Silva e Francisco Ramos; Kayembe, Ivo e Gonçalo Paciência.

Suplentes: Kadu, Victor Garcia, Tomás Potwaski, Leander Siemann, Pavlovski, Fraderic Maciel e André Silva.


Benfica B: Bruno Varela; Nélson Semedo, Fábio Cardoso, Lindelof e Pedro Rebocho; Dawidowicz, João Teixeira e Hélder Costa; Victor Andrade, Nuno Santos e Gonçalo Guedes.

Suplentes: Miguel Santos, Alexandre Alfaiate, João Nunes, Marcos Valente, Renato Sanches, João Carvalho e Sarkic.

36’ GOLO!

Francisco Ramos empata com um remate cruzado que Bruno Varela não é capaz de segurar.

40’ Sai Diego Carlos, lesionado, entra Tomas Podstawski.

45’ Sai Ivo Rodrigues, entra Victor Garcia.
Luís Castro volta a compensar a defesa, privada de Rafa, que foi expulso.

53’ GOLO!

FC Porto Passa para a frente. Grande golo de Gonçalo Paciência! O avançado vem da esquerda para o meio, enche o pé à entrada da área e bate Bruno Varela ao terceiro remate do jogo. Os dragões estão com menos um, mas já viraram o resultado.

76’ Sai Pité, entra André Silva. O FC Porto B tenta carregar.

90’ CARTÃO VERMELHO Renato Sanches dos benfiquistas expulso (aos 90 minutos sem influência no resultado). O árbitro viu uma cotovelada sobre um jogador portista.

"Agora são roubos de catedral" Super Dragões


A claque dos Super Dragões, que só entrou para a bancada depois de ultrapassados os primeiros seis minutos do FC Porto, tinham uma mensagem escrita em duas tarjas. "Se roubo de igreja era habitual, agora são roubos de catedral." Uma expressão com óbvia ligação a Pedroto, falecido há 30 anos.


Julen Lopetegui - "O FC Porto não dá patadas"


O treinador do FC Porto, considera que os adeptos portistas têm razão em protestar as arbitragens.

Adeptos contestam arbitragens: "Os adeptos do FC Porto revelaram a sua opinião, uma opinião que, no meu entender, é acertada, no sentido em que houve jogos em que nos prejudicaram claramente. Insisto, são erros e também já errei. Os erros de arbitragem, é um facto, prejudicaram-nos e beneficiaram outros. Os adeptos mostraram o que pensam e apoiaram-nos de princípio a fim."

Médios amarelados: "Os três médios viram cartão amarelo. O FC Porto joga de forma agressiva, mas não dá patadas, é agressivo a recuperar a bola e é uma equipa, em muitos aspectos, exemplar. Os amarelos aos médios condicionaram a equipa, o Óliver foi pisado na área e o árbitro considerou simulação... Atenção, também acho que não era fácil ver o penálti. Espero que os erros sejam equilibrados até final, a bem da Liga."


Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.