domingo, 15 de dezembro de 2013

A exibição do FC Porto não foi brilhante nem consistente

Apesar do resultado
15/12/2013 - Rio Ave 1 FC Porto 3
O FC Porto ganhou, conseguiu a vitória e os 3 pontos da ordem, mas continua pouco consistente na defesa e a não convencer na construção de jogadas de ataque.
Nota-se no meio campo alguma anarquia, falta alguém que ponha ordem nas jogadas da equipa, que distribua o jogo com precisão e alimente o ataque. Uma espécie de João Moutinho. Além de que continua a produzir um futebol lento e muito denunciado, chegando a dar a sensação duma equipa cansada e sem chama.

Pelo seu lado o Rio Ave marcou o seu golo e deu a sensação de que com um pouco mais de atrevimento e coragem quem sabe se não teriam conseguido outro resultado mais favorável para as suas cores.
Continuo com a opinião de que a condição física da equipa portista não é famosa, é por demais evidente que falta velocidade pelas faixas à equipa.
Conclusão: este futebol versão Paulo Fonseca continua a não convencer ninguém...!



RIO AVE
FC PORTO
13.ª JORNADA
121'  Edimar 
36'  Maicon 51'  Jackson Martínez 82'  Danilo 








Rio Ave: 93 Ederson, 12 Lionn, 46 Marcelo (80'), 2 Alberto Rodríguez, 15 Tiago Pinto, 6 Luís Gustavo, 30 Wakaso, 10 Diego, 17 Ukra, 11 Braga (c), 26 Edimar,

Suplentes: 1 Salin, 9 Hassan, (88' Ukra), 14 André Vilas Boas, 16 Nuno Lopes, 25 Roderick, 37 Joeano, (72' Braga), 87 Renato Santos, (88' Diego)

Treinador: Nuno Espírito Santo

FC Porto: 1 Helton, 2 Danilo (63'), 4 Maicon, 30 Otamendi, 26 Alex Sandro (89'), 25 Fernando, 3 Lucho (c), 20 Carlos Eduardo, 17 Varela, 9 Jackson Martínez, 19 Licá

Suplentes: 24 Fabiano, 8 Josué, 11 Ghilas, (90' Jackson Martínez), 13 Reyes, 16 Herrera, (75' Lucho), 28 Kelvin
(72' Licá), 35 Defour

Treinador: Paulo Fonseca

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.