quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Só os líricos acreditaram ser possível com o actual treinador

11/12/2013 - Que é preciso para a direcção do FCP reconhecer que falhou com a contratação do Paulo Fonseca?!
Ao intervalo Atlético de Madrid 2 FC Porto 0
O que é preciso acontecer para os dirigentes do FC Porto verem que a equipa está mal treinada?! Que Paulo Fonseca não tem competência para treinar os Dragões?!
A equipa revela má condição física e técnica, principalmente em termos de: velocidade (reflexos, agilidade, capacidade de explosão) de pernas e de execução.

Foi por demais evidente, ao longo de todo o tempo de jogo, que a equipa portista nunca teve pernas para competir com a velocidade dos seus adversários d'hoje, sempre muito mais rápidos e assertivos.
E por via da sua deficiente condição física, a equipa não consegue jogar em antecipação aos contrários, praticando um futebol lento e denunciado...!!!

Além disso, também os automatismos não saem. A páginas tantas, é ver os portistas a agarrarem-se à bola e cada um a querer fazer sozinho aquilo que competia à equipa (ao conjunto), pelo que acabam por serem constantemente desfeiteados  devido à sua falta de velocidade, lá está, insisto, devido ao seu défice físico...!
Resultado final Atlético de Madrid 2 FC Porto 0
A contratação de Paulo Fonseca está a revelar-se um autêntico fiasco, e só os dirigentes do FC Porto com Pinto da Costa à cabeça se recusam a ver a evidência, porque não querem reconhecer que falharam rotundamente...!!!
Durante todo o jogo os Dragões nunca tiveram pernas, nem velocidade, para conseguirem desfeitear os colchoneros. Resultado os madrilenos ganharam como e quando quiseram. Só não esmagaram por um acaso, mas esteve quase...!!!

ATLÉTICO DE MADRID
FC PORTO
6.ª JORNADA
214'  Raúl García 37'  Diego Costa 
0







Competição:UEFA Champions League - Estádio:Vicente Calderón, Madrid
Assistência:
Árbitro:Deniz Aytekin (Alemanha)
Assistentes:Markus Häcker e Holger Henschel; Bastian Dankert e Daniel Siebert
4º Árbitro:Marco Achmüller

Atlético de Madrid: 1 Aranzubia (27'), 17 Manquillo, 12 Alderweireld (54'), 23 Miranda, 22 Insua (65'), 14 Gabi (c), 6 Koke, 8 Raúl García, 16 Óliver, 19 Diego Costa, 7 Adrián
Suplentes: 45 David Gil, 2 Godín, 18 Giménez, 27 Lucas, 10 Arda Turan, (62' Óliver), 9 Villa, (46' Diego Costa), 21 Baptistão, (82' Adrián)
Treinador: Diego Simeone
FC Porto: 1 Helton, 2 Danilo, 4 Maicon, 22 Mangala (78'), 26 Alex Sandro, 25 Fernando, 35 Defour (38'), 3 Lucho (c) (31'), 8 Josué (6'), 9 Jackson Martínez (41'), 17 Varela

Suplentes: 24 Fabiano, 10 Quintero, 11 Ghilas, (64' Lucho), 16 Herrera, (78' Defour), 19 Licá, (46' Josué), 21 Ricardo, 30 Otamendi
Treinador: Paulo Fonseca

1 comentário:

  1. Nem de propósito, hoje antes do jogo de Madrid, encontrei no Porto Vitalis um jovem licenciado em educação física, Dr. Canedo,que me confirmou aquilo que eu já adivinhava, também na sua opinião os portistas estão mal preparados física e técnica.

    ResponderEliminar

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.