terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Fernando, Reyes e Ricardo para Madrid

09-12-2013 - Os regressos de Fernando, após ter cumprido castigo com o Sporting de Braga, de Reyes e de Ricardo às escolhas de Paulo Fonseca são as novidades da lista de convocados do FC Porto para o encontro com o Atlético de Madrid, da 6.ª jornada do grupo G da UEFA Champions League, a disputar na quarta-feira, às 19h45, no Estádio Vicente Calderón, em Madrid. De saída das escolhas de Paulo Fonseca estão Carlos Eduardo e Kelvin, que não estão inscritos nas competições europeias.
​No último ensaio em solo português, no Centro de Formação Desportiva PortoGaia, Paulo Fonseca teve 21 jogadores à disposição. Ausentes do treino desta manhã estiveram Lucho González, a realizar tratamento a uma mialgia no adutor direito e Kadú, que treinou com a equipa do FC Porto B. Também não marcaram presença Izmaylov, por estar devidamente autorizado a tratar de assuntos de natureza familiar, e o lateral uruguaio Fucile, autorizado a tratar de assuntos pessoais.
A comitiva do FC Porto parte esta terça-feira rumo à capital espanhola, estando a chegada ao aeroporto prevista para as 12h00 locais (11h00 em Portugal Continental). Às 18h00 locais (17h00 em Portugal Continental), Paulo Fonseca e um jogador do FC Porto farão, em conferência de imprensa, a antevisão do encontro frente ao Atlético de Madrid. Meia hora depois, os Dragões treinam no Estádio Vicente Calderón, com os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social.
Lista de 19 convocados: Helton e Fabiano (g.r.), Danilo, Lucho, Maicon, Josué, Jackson, Quintero, Ghilas, Reyes, Herrera, Varela, Licá, Ricardo, Mangala, Fernando, Alex Sandro, Otamendi e Defour.


10-12-2013 - Paulo Fonseca: "Não nos resta alternativa senão vencer o jogo"


​Paulo Fonseca não foge ao carácter decisivo do duelo com o Atlético de Madrid, marcado para esta quarta-feira, às 19h45, no Estádio Vicente Calderón, referente à 6.ª e derradeira jornada da fase de grupos da UEFA Champions League. O técnico portista elogia o adversário mas promete uma equipa ambiciosa na capital espanhola.
​“O Atlético de Madrid tem feito uma época estrondosa e a verdade é que só perdeu um jogo ainda, sendo que em casa só consentiu um empate diante do Barcelona. Isto atesta bem o seu valor enquanto equipa. Não nos resta pensar noutro resultado que não a vitória. Não temos alternativa para passarmos à fase seguinte. Estamos aqui com a ambição de vencer o Atlético de Madrid”, começou por afirmar Paulo Fonseca na conferência de imprensa de antevisão do encontro, apontando a principal razão para o FC Porto estar ainda a lutar por uma vaga na próxima fase da prova.
“Não vencemos nenhum jogo em casa e fora temos feito uma campanha positiva. Claudicámos nos jogos em casa e não era esse o propósito quando iniciámos esta campanha. Queríamos resolver em casa a passagem à fase seguinte e não fomos capazes de o fazer”, reconheceu o treinador dos Dragões, ciente das dificuldades mas crente na capacidade dos seus jogadores. “Espero, acima de tudo, vencer. Temos a perfeita noção que só um FC Porto ao nível do que fez na primeira parte do jogo diante do Atlético de Madrid será capaz de vencer no Vicente Calderón”.
“Eu acredito cegamente que podemos vencer em Madrid. Antes de mais, temos que nos preocupar connosco, e só depois pensar no outro jogo. Se não vencermos o nosso jogo, o outro não interessa”, comentou Paulo Fonseca sobre o facto de o FC Porto estar também dependente do resultado do jogo entre Áustria Viena e Zenit. Sobre a utilização de Lucho González frente aos “Colchoneros”, o treinador do tricampeão nacional revelou “esperança” em que o médio internacional argentino possa ser opção para este jogo.


PS - Sub19 empatam com Sporting de Braga
 
07/12/2013 - A formação Sub19 do FC Porto empatou 0-0, este sábado, com o Sporting de Braga, somando o segundo empate no Campeonato Nacional de Juniores A e, curiosamente, com o mesmo adversário (na primeira volta, o resultado foi de 1-1). Após este resultado com o segundo classificado, o FC Porto mantém-se na liderança, com 44 pontos, mais 17 do que o Sporting de Braga.
O jogo foi muito disputado e intenso, tendo a formação minhota entrado melhor no desafio, cabendo aos portistas equilibrar as operações no decorrer da primeira metade. A iniciativa de chegar ao golo esteve sempre do lado dos Dragões, mas o adversário conseguiu anular as situações através de uma grande entrega.
Na segunda parte, o ritmo foi mais lento e o FC Porto não conseguiu criar grandes oportunidades de golo, resultando a mais flagrante um cabeceamento na sequência de um canto.
A equipa dos Sub19 alinhou com: Filipe Ferreira; Marcelo (Sérgio Ribeiro, 60m), André Ribeiro, Ricardo Tavares e Rafa; Vítor Andrade (cap.), Raul (Rui Moreira, 60m) e Belinha (Rúben Macedo, 78m); Ruben Alves, Graça e Jonathan.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Abrimos portas à frontalidade, mas restringimos sem demagogia, o insulto e a provocação.